Veja o maior ultramaratonista do mundo que correu da Terra à Lua

A história épica da Batalha de Maratona é repleta de lendas, mitos e feitos heroicos, mas uma façanha notável do mundo moderno ecoa através do tempo, desafiando todos os limites conhecidos. Este feito extraordinário é personificado pelo maior ultramaratonista, o lendário corredor grego que elevou esse esporte histórico a novos patamares, fazendo jus à sua alcunha de “Deus em Movimento” e desafiando as próprias fronteiras da resistência humana.

Mas o que é ultramaratonista?

O ultramaratonista é um atleta especializado em corridas de ultramaratona, que são competições de corrida a pé com distâncias superiores às tradicionais maratonas de 42,195 quilômetros. As ultramaratonas podem variar em comprimento, sendo comuns distâncias como 50 km, 100 km, 100 milhas (160,9 km) e até mesmo corridas de vários dias, onde os participantes cobrem distâncias muito extensas ao longo de vários dias consecutivos.

Os ultramaratonistas precisam ter uma resistência excepcional, tanto física quanto mental, para lidar com as longas distâncias e os desafios associados a corridas que ultrapassam os limites convencionais. Eles muitas vezes enfrentam terrenos variados, condições climáticas extremas e exigências físicas intensas durante suas corridas.

Leia mais: Desafio: você consegue encontrar o peso de todos os animais?

A história atrás do esporte Maratona

Quando os atenienses souberam do desembarque dos persas em Maratona, enviaram o mensageiro Feidípides para pedir ajuda aos espartanos. De acordo com Heródoto, Fidípides percorreu a distância Atenas-Esparta (220 quilômetros) em dois dias! Após receber a resposta de Esparta, ele imediatamente retornou. Em seguida, foi para Maratona, onde participou do confronto.

Segundo Plutarco, após o término da batalha, correu com sua armadura, mesmo ferido, para anunciar a notícia jubilosa aos seus compatriotas ansiosos. Ao chegar lá, a única palavra que conseguiu falar antes de cair morto de exaustão foi “vencemos”!

Exagero ou verdade?

O mensageiro ateniense percorreu 440 quilômetros (provavelmente sob condições quentes de verão) em quatro dias, descansando apenas um dia antes de receber resposta dos espartanos.

Após chegar em Atenas, dirigiu-se a Maratona, cobrindo mais 42 ou 34 quilômetros, dependendo da rota escolhida. No dia seguinte ou subsequente, combateu por duas ou três horas junto com seus compatriotas, vestindo uma armadura de 32 quilos.

Após a batalha, mesmo ferido, correu para informar seus conterrâneos, percorrendo mais 42 quilômetros, possivelmente sangrando e sem remover sua armadura.

Inicialmente, podemos supor que este evento em particular é uma lenda que foi ‘acrescentada’ posteriormente à batalha, a fim de conferir a ela uma dimensão heroica adicional.

Leia mais: Dorme durante a decolagem ou durante o pouso do avião? Melhor pensar bem

O ultramaratonista que provou que tudo é possível

No entanto, existe um atleta que provou que essa conquista não é impossível. O nome dele é Giannis Kouros, e ele é grego também.

Giannis Kouros, nascido em Tripoli da Arcadia em 1956, não é apenas um atleta; ele é uma lenda viva. Desde os seus 16 anos, dedicou-se incansavelmente às corridas de longa distância, estabelecendo-se como o número um em ultramaratonas em todo o mundo. Sua carreira extraordinária é marcada por mais de 160 recordes mundiais quebrados, uma realização que transcende as fronteiras do possível.

Ele tinha vários apelidos, como “Deus em Movimento”, “Grego Dourado”, “Filípides Moderno”, “Inabalável”, “Senhor da Dor” e muitos outros. No entanto, quem tem a sorte de conhecê-lo de perto vê uma pessoa simples e autêntica. Alguns dos seus incríveis recordes já estão registrados no Livro Guinness, e ele próprio é uma lenda para todos os corredores de ultramaratona em todo o mundo.

Em 2005, ele quebrou seu próprio recorde de seis dias, estabelecido 21 anos antes! Isso significa que ele superou o recorde que havia estabelecido quando tinha 21 anos. Impressionante.

Além disso, em 2005 e 2011, se inspirou na conquista de Pheidippides, resultando na organização e participação na “Pheidippidean Race”.

Algumas conquistas do maior ultramaratonista do mundo

  • Grécia, 1983, Spartathlon (Atenas-Esparta) – 250 km em 21 horas, 53 minutos, 40 segundos. Recorde da corrida.
  • Áustria, 1984, (Rio Danúbio) corrida de 3 dias – 320 km em 23 horas, 16 minutos, 15 segundos. Recorde da corrida.
  • EUA, 1984, Nova York, corrida de 6 dias – 1.022,8 km. Quebrou 16 recordes mundiais.
  • Grécia, 1984, Spartathlon (Atenas-Esparta) – 250 km em 20 horas, 25 minutos, 0 segundos. Recorde da corrida.
  • EUA, 1984, Nova York, corrida de 24 horas Sri Chinmoy – 177 milhas. Quebrou 3 recordes mundiais.
  • Austrália, 1984, Colac Vic. corrida de 6 dias – 1.023,20 km. Quebrou 10 recordes mundiais.

Ele continuou a quebrar recordes em várias partes do mundo, incluindo Austrália, Canadá, França, Japão, Inglaterra, Suíça, México, entre outros.

Esses são apenas alguns dos incríveis feitos de Giannis Kouros, que o estabeleceram como uma lenda no mundo das corridas de ultramaratona.

Os especialistas estimam que Giannis Kouros, correu um total da Terra até à … Lua!

esportesexercíciosfamosos