Os 8 Vilarejos Mais Charmosos De Cotswolds Na Inglaterra!

Um desavisado que chegasse a Cotswolds poderia achar que está fazendo um passeio pela Inglaterra medieval.

Aqui as paisagens são literalmente de cinema.

E os encantos atraíram diversos produtores de filmes.

Entre alguns que tiverem cenas rodadas em Cotswolds estão “Harry Potter”“Star Wars: o despertar da força”, “Coração Valente”, “Stardust”, “Orgulho e Preconceito” e o “Diário de Bridget Jones”.

Onde fica Cotswolds

Mapa de Cotswolds.

Cotswolds é uma região que se localiza no centro-sul da Inglaterra.

Esse espaço de cerca de 2 mil km2 fica a cerca de 140 km da vibrante Londres.

E o fato é que é impossível não se encantar com esse pedaço de terra que começa em Bath, ao sul, e se estende até Stratford-upon-Avon, onde nasceu Shakespeare, e Chipping Campden, ao norte.

Além disso, o Rio Tâmisa, cuja nascente é na região de Cotswold, faz a conexão entre essas duas partes do mapa.

Entendendo Cotswolds

Cotswold.

Em Cotswolds você verá colinas cobertas de verde e dezenas de vilarejos cor de mel, a cor calcário se mistura aos fenos resultando em um ambiente rural único do Reino Unido.

E essa Inglaterra rústica tem origem na Idade Média.

Naquela época, a lã de ovelha fabricada na região era uma mercadoria importante da economia inglesa.

Então, a prosperidade nos negócios veio em forma de vilarejos com charmosas cabanas.

E até hoje, pouco mudou na paisagem desse lugar pitoresco.

Famosos na região

Enquanto você anda pelos vilarejos de Cotswolds, existe a chance de cruzar com algumas celebridades britânicas.

Pois cansados dos flashes e do assédio, muitos ilustres moram na região.

E entre as estrelas que vivem no local estão a modelo Kate Moss, as atrizes Kate Winslet (Titanic) e Liz Hurley e Alex James, baixista da banda Blur.

Além disso, alguns não vivem nesse pedaço da Inglaterra, mas sempre que podem fazem uma visita.

Esse é o caso da família Beckham, David e Victoria construíram uma mansão, avaliada em 6 milhões de libras esterlinas, em Chipping Norton.

Por fim, o artista plástico Damien Hirst foi além, ele é dono de uma “modesta” residência com 300 cômodos na vila de Toddington.

O que ver em Cotswolds

Cotswolds, Reino Unido.

A vontade é entrar em cada um dos vilarejos, passar em cada ruazinha e pedir autorização para ingressar em cada cabana de Cotswolds.

Pois há diversas torres, castelos, mansões e igrejas históricas incríveis para visitar.

Além de Pubs antigos que são outra atração, assim como algumas das mais tradicionais casas de chás e restaurantes que servem a culinária típica local.

Entre os castelos medievais estão Berkeley, localizado na cidade homônima, e o Sudeley, situado em Winchcombe.

E entre os palácios de estilo barroco, devemos destacar o imponente Blenheim, em Woodstock.

Quais vilarejos visitar em Cotswolds

A verdade é que cada um dos vilarejos possui um encanto diferente.

Mas vamos listar aqui os sete vilarejos mais charmosos de Cotswolds.

1. Cirencester

Cirencester.

Muitos consideram Cirencester como uma das portas de entrada para os charmosos vilarejos de Cotswolds.

Além disso, também é chamada de ” a capital de Cotswolds”.

Essa é uma cidade com maior estrutura que as suas vizinhas e tem várias construções e edifícios históricos que datam de séculos atrás.

Além disso, por lá você poderá visitar museus, igrejas e desfrutar do vasto comércio.

Na praça do mercado de Cirencester se encontra a Igreja Paroquial de São João Batista, importante ponto turístico do lugar.

Também você pode visitar o  Corinium Museum que é uma das principais atrações do local.

2. Bibury

Arlington Row em Bibury.

Há menos de 15 minutos de carro partindo de Cirencester, fica a pitoresca Bibury.

Ela foi descrita pelo famoso poeta britânico William Morris como sendo “o vilarejo mais lindo da Inglaterra”.

Aqui, o ponto turístico mais famoso é Arlington Row, que é um conjunto de casas antigas com telhados triangulares e com uma arquitetura que data do século XVI.

E esse local é tão icônico que aparece inclusive na capa interna dos passaportes britânicos.

Além disso, Bibury serviu de cenário para os filmes “O Diário de Bridget Jones” e ” Stardust”.

3. Bourton-on-the-Water

Bourton-on-the-Water.

Uma das maiores joias do centro da Inglaterra é Bourton-on-the-Water.

Também conhecido como a Veneza de Cotswolds, este vilarejo foi erguido às margens do Rio Windrush.

Além disso, foram construídas pontes sobre as águas, o que vai te fazer se sentir na cidade italiana.

Entre os principais pontos de visitação estão o Cotswold Motoring Museum para os apaixonados por carros, a Model Village, uma réplica em miniatura da cidade em escala 1/9, e um zoológico de pássaros.

4. Castle Combe

Castle Combe.

Além das casas cor de mel, cor característica da pedra de Cotswolds, há colinas verdes por todos os lados, o que faz de Castle Combe um lugar mágico.

E esse cenário fez parte da gravação de filmes como ” Cavalo de Guerra”, “Stardust” e do original “Dr Doolittle”.

A aldeia fica a meia hora de carro de Bath.

Também, não deixe de visitar a igreja de St. Andrew que é uma viagem no tempo ao século XIII.

Outra dica é fazer um passeio pela propriedade de Manor House, onde você também poderá tomar o famoso chá das 5.

5. Snowshill

Snowshill.

Essa pequena vila é conhecida por ter sido um dos cenários do filme “O Diário de Bridget Jones”, é lá que fica a casa dos pais de Bridget no filme.

E uma curiosidade é que a vila foi coberta de neve falsa especialmente para o filme, já que as gravações foram realizadas durante o verão.

Além disso, o lugar se destaca pela Mansão Snowshill Manor, que possui um lindo jardim e uma arquitetura que remete aos séculos VX e XVI e pela Igreja local que data do século XIX.

Além do mais, como já dá para presumir pelo nome da aldeia, se houver neve por Cotswolds, esse provavelmente será o primeiro lugar em que você poderá vê-la.

E se quiser ver as lavandas famosas locais, o ideal é ir entre junho e agosto.

6. Broadway

Broadway Tower.

Essa cidade é vizinha de Snowshill.

A Broadway de Cotswolds não precisa ir além de sua tranquilidade para ser um espetáculo.

Além do charme natural, a cidade conta com a Torre de Broadway, construída em estilo gótico, que é o ponto mais alto da região de Cotswolds.

E caso você tenha dinheiro sobrando ou queira fazer uma extravagância, hospede-se no luxuoso hotel Lygon Arms, em funcionamento desde 1532!

7. Moreton-in-Marsh

Moreton-in-Marsh.

Essa é uma das cidades em que é possível chegar de trem vindo direto de Londres – embarque na estação Paddington.

Os romanos construíram a localidade, o que torna a cidade rica em história.

Também foi uma importante cidade-mercado no século XIII.

E para não perder a tradição, toda terça-feira um mercado com cerca de 200 tendas é montado para vender centenas de produtos.

Além de bela, Moreton-in-Marsh é muito bem estruturada com hotéis e restaurantes para receber os turistas.

8. Lacock

A Gloucester Cathedral.

Por fim, chegamos a Lacock, esse vilarejo data do século XIII e nela gravaram filmes como: “Orgulho e Preconceito”, “Emma”, “Os amores de Moll Flanders” e o icônico “Harry Potter”.

E se você é fã do bruxinho, provavelmente reconheceu na foto acima um dos cenários que aparece na saga.

A autora dos livros de Harry Potter nasceu na região de Gloucestershire e a Catedral Gloucester apareceu nas gravações como sendo os corredores do Castelo de Hogwarts.

Como chegar a Cotswolds

O modo mais fácil de chegar a Cotswolds é de trem.

Assim, partindo de Londres, é possível desembarcar nas principais cidades da região, como Bath e Gloucester, por exemplo.D

Depois desse ponto, o mais indicado é encarar a mão inglesa e alugar um carro.

Pois como a região é composta por pequenos vilarejos, não há estação de trem neles todos.

Além disso, os ônibus param de rodar cedo, o que faz com que não sejam uma boa alternativa de transporte.

E a vantagem de estar motorizado será poder percorrer as estradas dignas de serem pintadas em um quadro e tirar as suas fotos à vontade.

Mas preste atenção no GPS para não se perder no emaranhado de estradinhas da região.

Corrida do queijo

Antes de tudo, é possível que você ouvido falar de pessoas rolando atrás de um grande pedaço de queijo, essa corrida maluca acontece na região de Cotswolds.

Também conhecida como A Corrida do Queijo, oficialmente chamada de The Cooper’s Hill Cheese Rolling and Wake, ela acontece todos os anos em maio, uma tradição que já dura 200 anos.

Mas caso você não queira correr o risco de se machucar, é só ir em uma das lojas da região e comprar um queijo de Gloucester, tipo utilizado na corrida e dado ao vencedor.

EuropainglaterraReino unidoturismo