7 sinais da linguagem corporal do seu cachorro para ficar atento

Alguns sinais do seu pet requerem atenção.

A linguagem corporal dos cachorros é uma forma de comunicação que muitas vezes passa despercebida pelos tutores. No entanto, entender os sinais que os cães transmitem através de sua postura, expressões faciais e movimentos pode ser fundamental para garantir o bem-estar e a segurança do animal. Por isso, aqui você verá alguns dos principais sinais da linguagem corporal dos cachorros aos quais você deveria ficar atento. Assim, ao compreendê-los, poderá interpretar melhor as necessidades e emoções do seu cão, fortalecendo assim o vínculo entre vocês.

Fique atento a esses sinais da linguagem corporal do seu cachorro

1. Abanar o rabo

O movimento do rabo é uma das formas mais comuns de comunicação dos cachorros. No entanto, nem sempre significa que o cão está feliz. Por exemplo, um abanar de rabo rápido e rígido pode indicar agitação ou até mesmo agressividade. Por outro lado, um abanar de rabo lento e relaxado geralmente indica que o cão está tranquilo e receptivo.

Leia mais: Como fazer o truque do arroz e louro para atrair dinheiro?

2. Postura corporal

Além disso, a postura corporal dos cachorros pode revelar muito sobre seu estado emocional. Assim, um cão com a postura ereta, cabeça erguida e orelhas para frente geralmente está confiante e alerta. Por outro lado, um cão com o corpo curvado, cabeça baixa e orelhas para trás pode estar se sentindo ameaçado ou com medo.

3. Olhar direto

Enquanto isso, um olhar direto e fixo pode ser interpretado como um desafio ou uma ameaça por outros cães ou até mesmo por pessoas. Por isso, que muita gente fala para evitar o contato visual prolongado com um cão desconhecido. Isso faz sentido, pois pode ajudar a evitar conflitos.

4. Lamber os lábios

Quando um cachorro lambe os lábios, mesmo sem ter acabado de comer, pode ser um sinal de ansiedade ou estresse. Esse comportamento pode ser observado em situações desconfortáveis para o cão, como em visitas ao veterinário ou em ambientes barulhentos.

5. Bocejar

Assim como os humanos, os cachorros também bocejam quando estão cansados ou sonolentos. No entanto, o bocejo também pode ser um sinal de estresse. Se o seu cão está bocejando frequentemente em situações que não são relacionadas ao sono, pode ser um indicativo de que ele está se sentindo desconfortável ou tenso.

6. Rosto tenso

Um rosto tenso, com as orelhas para trás e os olhos arregalados, pode indicar que o cão está com medo ou estressado. Portanto, preste atenção a esses sinais, especialmente em situações novas ou desafiadoras para o seu cão, e ofereça o suporte necessário para que ele se sinta mais seguro.

Leia mais: Escolha uma flor e veja o que ela revela sobre sua forma de amar

7. Posição da cauda

Por fim, a posição da cauda também é uma forma do seu cão se comunicar com você. Caso esteja levantada e abanando geralmente indica alegria e excitação. Já uma cauda entre as pernas pode indicar medo, submissão ou desconforto.

Porém, é importante ressaltar que a linguagem corporal dos cachorros pode variar de acordo com a raça e a personalidade de cada animal. Além disso, é fundamental observar outros sinais, como vocalizações e expressões faciais, para uma interpretação mais completa.

você pode gostar também