Notícias

9 atrações turísticas que vão fechar ainda este ano, em 2024

9 atrações turísticas que vão fechar ainda este ano, em 2024
By     -   On

Se não viu, pode ser que não veja mais! Apesar da retomada do turismo no pós-pandemia, alguns pontos de interesse não resistiram à baixa de visitação. Além disso, locais importantes optaram por revisitar suas estratégias e, mais ainda, sair de vez de operação. Por isso, saiba quais são as atrações turísticas que vão fechar em ainda este ano, em 2024, para não se decepcionar.

9 lugares que você não poderá visitar neste ano de 2024.

Centro Pompidou, Paris

O Centro de Arte Georges Pompidou fechará temporariamente as portar após a Olimpíada de Paris, em julho de 2024. Segundo a entidade, o encerramento se deve a uma reforma que terá um custo de 260 milhões de euros (1,3 bilhão de reais).

Mas, não se preocupe, pois a “Nossa Senhora dos Tubos” deve reabrir em 2030.

Leia mais: Cidade brasileira é o destino favorito dos brasileiros no réveillon

Splash Mountain, Orlando, Flórida, e Anaheim, Califórnia

Aqui, não é bem uma das atrações turísticas que vão fechar, mas que já não operam mais. A icônica Splash Mountain, dos parques da Disney nos Estados Unidos, encerrou suas atividades neste ano.

A tração tem inspiração no filme Song of the South, mas será substituída pelo Tiana’s Bayou Adventure. Esta, por sua vez, se baseia na animação A Princesa e o Sapo.

Notre-Dame, Paris

A catedral de Notre-Dame sofreu um grande incêndio em 2019, por isso, segue fechada em 2024. Após um debate sobre a reconstrução, a decisão foi restaurá-la à sua aparência original. A reabertura deve acontecer somente no final do próximo ano.

Noma, Copenhague, é uma das atrações turísticas que vão fechar em 2024

O renomado restaurante dinamarquês Noma, eleito melhor do mundo, encerrará suas atividades em 2024. No entanto, a ideia não é sair de senha, mas se transformar em “uma cozinha de teste pioneira dedicada ao trabalho de inovação alimentar e ao desenvolvimento de novos sabores”.

Essas são as palavras do próprio empreendimento que, então, volta em 2025.

Leia mais: 4 incensos que podem te trazer paz e prosperidade em 2024

Museu Pergamon, Berlim

Embora Patrimônio Mundial da Unesco, o Museu Pergamon também é uma das atrações turísticas que vão fechar em 2024. Parte do complexo da Ilha dos Museus de Berlim, encerra até 2027 para uma renovação.

O projeto prevê, por exemplo, uma nova zona central de pedestres, salas de exposição adicionais e melhorias gerais.

O Fantasma da Ópera, Nova York: infelizmente, uma das atrações turísticas que vão fechar

O fim de uma era! Depois de 35 anos em cartaz e quase 14 mil apresentações, o musical O Fantasma da Ópera, mais antigo da Broadway, faz sua última temporada em 2023.

Tromba do Elefante, Taiwan

Na verdade, esta é uma das atrações turísticas que vão fechar por segurança! A famosa rocha em Taiwan, que se assemelha à tromba de um elefante, desabou no mar em 15 de dezembro deste.

O local estava em risco há mais de uma década e, por isso, tinha acesso bloqueado desde 2010.

Vinhedo de Leonardo Da Vinci, Milão

As vinhas italianas de Leonardo Da Vinci, em Milão, foram permanentemente transferidas para propriedade privada. O bilionário francês Bernard Arnault, CEO do conglomerado de luxo LVMH, adquiriu as terras em dezembro de 2022, sem anunciar se e quando serão abertas aos visitantes.

Star Wars: Cruzador Galáctico, Disney World

A Disney encerrou em 2023 a atração Galactic Cruiser, uma experiência imersiva num hotel de serviço completo. Só para exemplificar, oferecia treinamento com sabre de luz, encontros com androides e personagens de filmes, além de bebidas na Cantina de Oga.

Decepcionou-se com as atrações turísticas que vão fechar? Então, alivie e planeje sua viagem para uma das cidades brasileiras mais desejadas para viajar no próximo ano!

Luciana Gomides

Jornalista e assessora de comunicação e imprensa com experiência em Comunicação Pública, Gestão de Eventos, Marketing Digital, análise e estratégia, gerenciamento de crises, produção e redação de conteúdo. Já trabalhou em diversos projetos e segmentos na área, inclusive como gerente de Comunicação na Educação Municipal, período em que desenvolveu produtos audiovisuais para permitir o acesso a conteúdos pedagógicos durante a pandemia. Ainda, criou áreas de Ouvidoria e Eventos Virtuais.É pesquisadora de Comunicação Compartilhada/Comunitária, Marketing Público e Políticas Públicas para Comunicação. Atuou na área de turismo e hotelaria. Especialista em Marketing e Assessoria de Comunicação.