Curiosidades

Práticos e elegantes: 13 apelidos que hoje viraram nomes próprios

Práticos e elegantes: 13 apelidos que hoje viraram nomes próprios
By     -   On

Ao longo dos anos, a escolha de nomes para bebês tem sido uma tarefa importante para os pais, que buscam nomes que reflitam suas crenças, valores e personalidade. No entanto, com o tempo, novos nomes surgiram e muitos apelidos que antes tinham seu uso apenas entre amigos e familiares, passaram a ter seu uso também como nomes próprios. Então, esses apelidos transformados em nomes se tornaram tão populares que hoje têm registros nos cartórios.

Apelidos que viraram nomes

Ao longo dos anos, alguns apelidos que costumavam ser usados informalmente entre amigos e familiares se tornaram tão populares que acabaram virando nomes próprios. Os cartórios, que antes se limitavam a registrar nomes mais tradicionais, passaram a registrar também esses novos nomes que se originaram a partir de apelidos.

Lista de apelidos

  1. Léo — O apelido de Leonardo, Léo ganhou tanta popularidade que hoje é registrado nos cartórios como um nome próprio.
  2. Duda — Originalmente usado como apelido para Eduarda ou Eduardo, Duda se tornou um nome comum para meninas.
  3. Júlio — Júlio era originalmente um apelido para Júlio César. Mas hoje é um nome próprio masculino.
  4. Bel — Apelido para nomes como Isabel, Belinda e Belina, Bel se tornou um nome curto e popular para meninas.
  5. Gui — Usado como apelido para Guilherme, Gui se tornou um nome popular para meninos.
  6. Bia — Apelido para Beatriz, Bia é um nome curto e popular para meninas.
  7. Nanda — Apelido para Fernanda, Nanda se tornou um nome próprio feminino.
  8. Zezé — Originalmente um apelido para José, Zezé é hoje um nome próprio usado tanto para meninos quanto para meninas.
  9. Lila — Apelido para nomes como Liliana e Lívia, Lila se tornou um nome próprio feminino.
  10. Theo — Apelido para Teodoro, Theo é um nome próprio masculino que se tornou muito popular nos últimos anos.
  11. Lulu — Apelido para nomes como Luciana e Luísa, Lulu se tornou um nome próprio feminino.
  12. Nino — Apelido para nomes como Antônio e Constantino, Nino é um nome próprio masculino.
  13. Cacá — Apelido para nomes como Carlos e Carolina, Cacá se tornou um nome próprio tanto para meninos quanto para meninas.

Por fim, você gostou de conhecer os apelidos que viraram nomes próprios? Então não perca tempo e visite nossa página para conferir mais conteúdos como esse, dentre outros assuntos. Entre agora no Brazil Greece!

Agência Texty

Agência Texty é uma equipe de redatores profissionais especializados em marketing de conteúdo, produção de conteúdo para web, inbound marketing, estratégias de SEO avançadas.