As 10 coisas mais irritantes que você pode fazer como um turista no exterior

Será que você faz alguma dessas coisas?

Viajar para o exterior é uma experiência enriquecedora que nos permite conhecer novas culturas, apreciar paisagens deslumbrantes e saborear deliciosas comidas locais. No entanto, essa oportunidade única também traz consigo a responsabilidade de agir como um viajante consciente e respeitoso. Afinal, cada país possui suas próprias tradições, costumes e normas sociais que todos os visitantes devem respeitar.

Veja 10 coisas irritantes que deve evitar em Viagens Internacionais

Esperar que todos falem inglês ou seu idioma

Um erro comum que muitos viajantes cometem é esperar que todos falem inglês. Embora o inglês seja amplamente utilizado em muitas partes do mundo, não devemos exigir que as pessoas em outros países se adaptem às nossas limitações linguísticas. Em vez disso, devemos nos esforçar para aprender algumas palavras-chave e frases úteis no idioma local, demonstrando assim nosso interesse em sua cultura e língua.

Ignorar costumes culturais

Ignorar as normas de etiqueta social e os costumes locais pode levar a situações embaraçosas e desrespeitosas. Antes de viajar para um novo destino, é essencial familiarizar-se com as saudações, a etiqueta à mesa, os costumes religiosos e qualquer outro aspecto cultural relevante. Esse conhecimento pode ser obtido através de guias de viagem, pesquisas na Internet ou até mesmo perguntando a moradores locais.

Vestir-se inadequadamente

A forma como nos vestimos também pode ser uma questão delicada ao viajar. O que é considerado aceitável em nossa cultura pode ser inapropriado ou até mesmo ofensivo em outros países. Portanto, é importante respeitar as normas locais de vestimenta, especialmente em locais religiosos e sagrados. Em muitos países, é esperado que os ombros, braços e pernas estejam cobertos ao visitar templos e locais de culto.

LEIA MAIS: 4 coisas que você faz pensando serem legais, mas os anfitriões odeiam

Não sair do hotel ou resort

Embora muitos hotéis e resorts ofereçam comodidades e experiências incríveis, passar todo o tempo confinado nessas instalações pode resultar em uma visão limitada e superficial do destino visitado. É essencial sair e explorar a área circundante, interagindo com moradores locais, visitando mercados tradicionais e experimentando a autêntica culinária local.

Pressa nas refeições

Cada cultura tem sua própria abordagem única para apreciar as refeições. Enquanto em alguns países, as refeições são rápidas e práticas, em outros lugares, a experiência gastronômica é vista como um momento de socialização e prazer. Ao viajar, tente se adaptar ao ritmo local, saboreando a comida e respeitando os costumes associados às refeições.

LEIA MAIS: Por que você não deveria tomar banho antes de embarcar em um voo matinal?

Assumir que as coisas estarão abertas o tempo todo

Nem todos os países operam sob o mesmo horário de funcionamento das lojas e estabelecimentos comerciais. Alguns lugares podem fazer pausas durante o dia, enquanto outros podem fechar mais cedo ou abrir apenas em horários específicos. Respeite os costumes locais em relação aos horários de funcionamento e planeje suas atividades de acordo.

Desrespeitar monumentos

Monumentos e símbolos culturais são preciosos para as comunidades locais e, portanto, devem ser respeitados. Evite qualquer comportamento que os locais considerem desrespeitoso, como subir em monumentos ou atravessar áreas restritas, apenas para tirar uma foto.

Tentar pagar com a moeda diferente da do país

Embora o dólar americano e o euro sejam amplamente aceitos em alguns destinos turísticos, é sempre melhor usar a moeda local. Isso não apenas facilita as transações, mas também demonstra uma atitude de respeito e compreensão em relação à economia do país visitado.

Levar bagagem em excesso

Evite o excesso de bagagem ao viajar para o exterior. Levar apenas o necessário não só torna a viagem mais leve e conveniente, mas também mostra consideração pelos meios de transporte locais, especialmente em lugares onde carros menores são mais comuns.

Não apreciar a diversidade

O objetivo de viajar para o exterior é apreciar as diferenças culturais e as novas experiências. Em vez de fazer comparações com a cultura e a comida de seu país de origem, abra-se para o novo e desconhecido, buscando enriquecer sua compreensão do mundo e das pessoas que o habitam.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.