Quer viver bem e barato? 10 cidades brasileiras mais baratas para morar!

O ranking da consultoria Mercer revela as cidades brasileiras onde é mais barato viver, tendo diferentes categorias como base 

Os custos com despesas mensais básicas, como alimentação, transporte e moradia, vêm subindo de forma assustadora. Mas, um ranking atualizado da consultoria Mercer vem para aliviar bolsos e corações. Nele, constam as cidades brasileiras com menor custo de vida, concentradas nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste.

A pesquisa considera diferentes categorias, por exemplo, esporte, lazer, cuidados pessoais e serviços domésticos. Como fator de comparação, a empresa usou a cidade de São Paulo que, a propósito, foi considerada a mais cara para viver no país. A capital paulista é seguida, de pertinho, do Rio de Janeiro e Brasília. 

Quer ver quais são as cidades brasileiras com menor custo de vida para, de repente, já programar a sua mudança?

10 cidades com menor custo de vida no Brasil

Sobral (10º)

A quarta maior economia do Ceará tem, aproximadamente, 150 mil moradores, várias universidades públicas e fica perto de duas capitais: Teresina (PI) e Fortaleza (CE). Nem por isso, deixa de ser uma das cidades brasileiras com menor custo de vida. 

Além da indicação de plataformas de locação de imóveis e imobiliárias, Sobral ainda tem boas oportunidades de trabalho para profissionais de diversas áreas. 

Ji-Paraná (9º)

Um pouco a frente de Sobral, Ji-Paraná, em Rondônia, é a nona cidade mais barata do Brasil para viver. A 16ª cidade mais populosa da região Norte e segunda do estado, tem, aproximadamente, 130 mil moradores. 

Para eles, a cidade oferece boas condições vida, bem como empregabilidade.   

Imperatriz (8º)

No Maranhão, a cidade de Imperatriz desponta como a oitava cidade mais barata do Brasil para viver. O segundo município mais populoso do estado tem custo de vida baixo, além de estar perto de polos empresariais e energéticos do Nordeste. 

Com isso, a cidade ganha em competitividade, bem como na diversidade cultural e comercial.   

Viçosa (7º)

A próxima da lista é Viçosa, no estado de Minas Gerais. Conhecida por sediar instituições de ensino de qualidade, a cidade com pouco mais de 70 mil habitantes guarda a tranquilidade do interior sem, no entanto, perder em qualidade de vida.

Teixeira de Freitas (6º)

Voltando ao Nordeste, temos Teixeira de Freitas, na Bahia, como uma das cidades brasileiras com menor custo de vida. Lar de aproximadamente 160 mil pessoas, o município apresenta altas taxas de crescimento, ao mesmo tempo em que conserva o título de melhor cidade para morar no sul do estado. 

Lá, a população dispõe de boas oportunidades de emprego, instituições de ensino de qualidade, além de intensa vida cultural e turística.  

LEIA MAIS: 5 Cidades Do Interior De São Paulo De Tirar O Fôlego Que Você Tem Que Visitar!

Novo Hamburgo (5º)

A única da lista situada na região Sul do Brasil, Novo Hamburgo integra a região metropolitana de Porto Alegre, distando apenas 40 quilômetros da capital gaúcha. Com cerca de 250 mil habitantes, tem economia baseada na indústria de calçados.

O município é banhado pelo Rio Sinos e, além da proximidade da capital, possui excelente infraestrutura urbana.   

Uberaba (4º)

Já chegando ao topo da lista, temos Uberaba, no Triângulo Mineiro. A oitava maior cidade do estado também concentra importantes universidades, ajudando a compor sua população aproximada a 300 mil moradores. 

Mossoró (3º)

O terceiro lugar das cidades brasileiras com menor custo de vida fica com Mossoró, no Rio Grande do Norte. Famosa pelos eventos culturais e de negócios, tem economia baseada na fruticultura e, claro, as festas juninas no meio do ano. 

LEIA MAIS: Os 4 Países Com Os Melhores Salários E Menores Custos De Vida – Veja Os Preços!

Anápolis (2º)

O município goiano fica a cerca de 40 quilômetros da capital, Goiânia, e leva a medalha de prata entre as cidades brasileiras com menor custo de vida. Anápolis não se destaca, porém, apenas por ser barata para viver, mas sobretudo pela qualidade da infraestrutura urbana, oportunidades de trabalho e lazer. 

Guaratinguetá (1º)

Em primeiro lugar na lista, a paulista Guaratinguetá, no Vale do Paraíba. Graças à infraestrutura turística, arrecada fundos importantes para sua economia, além de manter-se como uma das cidades brasileiras de menor custo de vida.  

Cidades com melhor custo de vida – mais de 900 mil habitantes

A Mercer também listou as cidades mais baratas do Brasil para viver, considerando aquelas com população superior a 900 mil habitantes. Em ordem, temos:

  1. Fortaleza, com serviços domésticos e refeições fora de casa 34% e 32%, respectivamente, mais baratos 
  2. Campo Grande, com custos 25% mais baratos no que diz respeito aos cuidados pessoais 
  3. Recife, com preços de serviços e suprimentos domésticos, sendo 34% e 6%, respectivamente, mais baratos
  4. Belo Horizonte, 23% mais barata do que São Paulo para o lazer 
  5. Campinas, com serviços domésticos e transporte, 6% e 2%, respectivamente, mais baratos  

Então, se interessou em mudar para alguma das cidades brasileiras com menor custo de vida? Pesquise sobre preços de moradia, oportunidades de emprego na sua área e outros fatores essenciais para a vida cotidiana. 

Gostou deste artigo? Então confira muito mais no site Brazil Greece!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais