Tudo o que você Precisa Saber sobre Dirigir na Espanha!

Confira as regras e procedimentos para uma viagem de carro pelo país

Você já pensou em fazer uma viagem de carro pela Espanha? Então, confira aqui tudo o que você precisa saber sobre dirigir na Espanha!

O país tem belas paisagens e cidades diversificadas, de modo que o carro facilita traçar um roteiro no seu ritmo.

Porém, assim como no Brasil, existem regras para dirigir por lá.

Por isso, trouxemos tudo o que você precisa saber sobre dirigir na Espanha para evitar problemas.

O que você precisa saber sobre dirigir na Espanha

Dirigir na Espanha.

Então, a seguir, listamos os principais tópicos sobre dirigir na Espanha.

Também incluindo carteira de motorista, regras de trânsito e abastecimento.

A carteira de habilitação brasileira é aceita na Espanha?

A CNH brasileira, assim como qualquer carteira de motorista da União Europeia e a carteira internacional, é reconhecida na Espanha.

Inclusive, no caso da carteira de habilitação do Brasil, a validade é consequência de um acordo firmado em 2009 para reconhecimento mútuo.

Porém, caso tenha a carteira internacional, lembre-se de que a mesma tem validade apenas de um ano.

Qual a idade mínima para dirigir na Espanha?

Assim como no Brasil, é preciso ter a partir de 18 anos para dirigir na Espanha.

Posso dirigir com o meu carro na Espanha?

Dirigir na Espanha: Carro.

Sim, porém, é necessário solicitar uma autorização para circulação na alfândega.

Além disso, o documento é temporário e tem validade de seis meses.

Depois, o condutor deve registrar o veículo na Espanha.

Além disso, deve incorporar um adesivo com o país de origem na placa (para países da União Europeia, a bandeira que consta nas placas é suficiente).

Precisa de seguro para dirigir na Espanha?

Sim, é obrigatório contratar com um seguro de validade internacional.

Entretanto, cidadãos da União Europeia, Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein, Andorra ou Croácia podem usar a apólice de seu seguro e trazer o recibo do pagamento comprovando a vigência.

Por outro lado, alguns países demandam a Carta Verde ou Certificado Internacional de Seguro de Responsabilidade Civil, sendo eles:

  • Albânia
  • Azerbaijão
  • Bósnia-Herzegovina
  • Bielorrússia
  • Irã
  • Israel
  • Macedônia
  • Marrocos
  • Moldávia
  • Tunísia
  • Turquia
  • Ucrânia
  • Rússia
  • Montenegro

Mas, é sempre válido consultar o Consulado ou a Embaixada da Espanha para comprovar os requisitos referentes ao seguro. Pois as regras podem sempre mudar.

Como alugar um carro na Espanha?

Dirigir na Espanha: Aluguel de Carro.

Não é difícil alugar um carro para dirigir na Espanha, mas há condições a seguir.

Primeiro, ter pelo menos 21 anos de idade e carteira de habilitação válida.

Além disso, cartão de crédito com limite suficiente para prováveis cauções.

Caso haja mais de um motorista, todos devem ser listados como motoristas adicionais no contrato.

Uma das principais dúvidas sobre dirigir na Espanha diz respeito ao tipo de transmissão dos veículos.

Via de regra, a maior parte dos veículos de aluguel são manuais.

Contudo, há opção de alugar carros com transmissão automática, ainda que as tarifas costumem ser mais altas.

Tem estacionamento gratuito na Espanha?

Dirigir na Espanha: Parquímetro.

Sim, mas estacionar na via pública nem sempre é permitido ou gratuito.

As áreas de estacionamento são reguladas em muitas cidades espanholas, logo, têm que ser pagas.

Para identificar, basta observar se há parquímetros na área.

Tem pedágio na Espanha?

Ainda,  quando dirigir na Espanha, saiba que a maioria das estradas nacionais não possuem pedágio.

Inclusive isso serve para as auto-estradas.

No entanto, há pedágio nas autopistas, cujo valor varia conforme a região.

Além disso, o pagamento é feito em dinheiro ou cartão.

Mas, você pode escapar delas em algumas situações, pois há rotas alternativas gratuitas, basta marcar no seu GPS a opção “evitar pedágios”.

Como abastecer meu carro na Espanha?

Primeiramente, de nada adianta saber tudo sobre dirigir na Espanha sem ter combustível suficiente.

Pois bem, para abastecer, pare na gasolinera (posto de combustível).

Ela pode estar isolada ou em uma estación de servicio.

Além do mais, existem três tipos de combustível na Espanha:

  • gasolina sin plomo 95
  • gasolina sin plomo 98
  • gasóleo ou diesel

Inclusive, o veículo virá com a informação do combustível que utiliza.

Além disso, a maioria dos postos da Espanha funciona no esquema de auto-serviço.

Portanto, se não avistar nenhum funcionário no posto, você deve abastecer seu próprio carro.

Principais regras de trânsito da Espanha

Dirigir na Espanha.

Antes de mais nada, o mais importante sobre dirigir na Espanha é conhecer as leis de trânsito.

Pois isso evita acidentes, multas e problemas com as autoridades.

Portanto, veja:

  • A direção na Espanha é pelo lado direito
  • É obrigatório o uso do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo
  • Todas as estradas possuem limites de velocidade, sendo 120 km/h em autoestradas e autopistas; 90 km/h em estradas convencionais e 30 km/h em zonas urbanas
  • É proibido falar ao celular enquanto está no volante
  • As ultrapassagens só são permitidas pelo lado esquerdo
  • Crianças com estatura inferior a 135 centímetros não podem ocupar o banco dianteiro, devendo utilizar equipamento de segurança homologado. Dispositivos de suporte com encosto para crianças de até 150 centímetros de altura também são recomendáveis. Isso vale para táxis
  • Assim como no Brasil, se beber, não dirija. Além de perigoso, quem dirigir com taxa de álcool superior a 0,5 g/l no sangue (0,25 mg/l no ar exalado) sofre multas e sanções. A lei é severa e pode levar à prisão
  • É obrigatório o uso do capacete em motocicletas, bicicletas e ciclomotores

Recebi uma multa de trânsito na Espanha! E agora?

Ante de tudo, você tem duas formas de pagar a multa.

Primeiro, caso seja autuado já no ato da infração, pague direto ao agente que comunicou a multa.

Mas se a multa for enviada pelos Correios, pague pela Internet, através da Dirección General de Tráfico de España.

Ainda, se estiver no país, você pode pagar também nas agências do banco La Caixa (Caixabank), Correios da Espanha ou Delegacias Provinciais de Trânsito.

Inclusive, você pode efetuar o pagamento com cartão de crédito ou débito.

Além disso,há um desconto de 50% nos pagamentos em até 20 dias corridos.

O que você ainda precisa saber sobre dirigir na Espanha?

Dirigir na Espanha.

  • O uso do pisca-pisca é obrigatório e deixar de utilizá-lo rende multa. Isso vale para ultrapassagens e indicação de direção.
  • Também é obrigatório acender o farol em túneis e vias escuras, sob o risco de multa.
  • Respeite a faixa de pedestres! Lá, o motorista nem precisa esperar o sinal do pedestre para atravessar, basta que ele esteja na faixa. Em algumas delas, um semáforo indica o tempo de permissão e travessia.
  • Andar de bicicleta é tradição na Espanha, então, respeite os ciclistas.
  • Na hora de ultrapassar na estrada, deixe pelo menos 1,50m entre a lateral do carro e a pessoa.
  • Sabe aquela mania de usar a faixa de acostamento para fugir do trânsito? Esqueça! O arcén é reservado às emergências.
  • Caso seu itinerário cruze vilarejos, atente-se ao limite de velocidade. De modo geral, não se pode ultrapassar 50 km/h, às vezes até menos.
  • Para saber o estado das estradas, confira o site da DGT, o equivalente ao Detran espanhol. O órgão também tem um aplicativo gratuito disponível para iOS e para Android.

Por fim, viu só como é fácil saber tudo sobre dirigir na Espanha?

Então, agora é só montar o roteiro e boa viagem!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais