O Que Fazer Em El Calafate: 15 Dicas!

A cidade no sul da Argentina é porta de entrada para os famosos glaciares

Está com viagem marcada e não sabe o que fazer em El Calafate? Então, fique aqui que a gente te conta!

A Patagônia Argentina é, sem dúvidas, um destino, ao mesmo tempo, encantador e desafiante.

Uma das cidades mais visitadas é El Calafate, considerada a porta de entrada para o Perito Moreno.

Mas, ela vai além disso!

Então, para provar, trouxemos uma lista com 15 dicas do que fazer em El Calafate

Para começar, El Calafate é cheia de atividades ao ar livre.

Além do deslumbrante Parque Nacional Los Glaciares, há uma infinidade de trilhas, montanhas, lagos e geleiras.

Depois de se ver minúsculo frente à imensidão de um iceberg, admirar a flora e fauna locais, vale repor as energias nos restaurantes típicos e bater perna pelo centro da cidade. 

Se quiser ir mais longe, El Calafate também é um ponto de partida para o Parque Nacional Torres del Paine.

Então, escolha a cerveja artesanal patagônica que vai experimentar e organize seu roteiro com 15 dicas do que fazer em El Calafate para explorar, com maestria, a selvagem Patagônia Argentina. 

O que fazer em El Calafate 

Glaciar Perito Moreno 

O que fazer em El Calafate: Glaciar Perito Moreno.

Uma das geleiras mais espetaculares do mundo e, certamente, a maior das atrações turísticas de El Calafate.

Estamos falando do Glaciar Perito Moreno, que se ergue 60 m acima das águas glaciais do Parque Nacional Los Glaciares.

Inclusive, o iceberg tem quase 5.000 m de comprimento e segue crescendo. 

Como se o próprio tamanho já não impressionasse, pedaços enormes se soltam da geleira, provocando barulhos que parecem trovões.

Inclusive, o fenômeno pode ser vivenciado no passeio de barco contratado, pelo menos, no dia anterior.

Além disso, há também a opção de seguir pela trilha que leva até o mirante de onde é possível ver a geleira.

Os superlativos não acabaram!

Parada obrigatória na lista do que fazer em El Calafate, o Glaciar Perito Moreno fica em uma das maiores reservas de água doce do planeta. 

Parque Nacional Torres del Paine

O que fazer em El Calafate: Parque Nacional Torres del Paine.

 

Ainda que este seja o passeio mais distante, o destaque vai para a majestosidade.

Inclusive, o Parque Nacional Torres del Paine está entre os mais famosos do mundo.

E não é à toa!

Pois o parque reúne paisagens incríveis da Patagônia, oferece roteiros infinitos de trekking e passeios de caminhão.

Portanto, reserve um dia inteiro para o passeio, uma vez que a distância entre Torres del Paine e El Calafate é de 256 km.

No parque, o tempo vai ser pequeno para ver tantas atrações, por exemplo: 

  • Lago Sarmiento
  • Lago Pehoé
  • Glaciar Grey
  • Lago Grey
  • Cachoeira Salto Grande

Lago Argentino

O que fazer em El Calafate: Lago Argentino.

Antes de mais nada, o Lago Argentino é o maior do país e para onde corre todo o gelo proveniente das geleiras.

Inclusive, é uma experiência única acompanhar os blocos enormes deslizando até chegar ao lago.

Além disso, o passeio de barco vai de quatro a seis horas.

Nele, apreciamos as vistas das geleiras Upsala, Spegazzini e Onelli.

Laguna Nimez

O que fazer em El Calafate: Laguna Nimez.

A reserva ecológica da Laguna Nimez fica a 15 minutos a pé do centro da cidade.

Portanto, é essencial na sua lista do que fazer em El Calafate.

Aliás, trata-se do paraíso dos observadores de pássaros porque reúne mais de 80 espécies, principalmente o flamingo.

Ainda, esse pedaço da Patagônia reúne pântanos, estepes desérticos e o Lago Argentino

O circuito é feito ao redor dos pequenos lagos através do calçadão que os margeia.

Tudo bem sinalizado, inclusive com indicações de onde encontrar as espécies de aves.

Por fim, há também binóculos disponíveis para aluguel. 

Centro de Interpretación Histórica

O que fazer em El Calafate: Centro de Interpretación Histórica.

O Centro de Interpretación Histórica é um museu que conta toda a evolução da Patagônia desde a Idade do Gelo.

Além disso, o acervo contém modelos, fotos e descobertas arqueológicas, informações das geleiras, animais extintos, povos indígenas e formação das paisagens. 

Inclusive, as amostras têm explicações em espanhol e inglês. 

Após passar pelas exposições de artefatos culturais e fósseis, saboreie um mate no final da visita, aproveitando para conversar com os guias locais.

Glaciarium and Ice Bar

O que fazer em El Calafate: Glaciarium.

O que é uma lista do que fazer em El Calafate sem uma experiência bem turistona?

Pois a do Glaciarium começa pelo museu com exibições e vídeos sobre a geologia local, mudanças climáticas e formação das geleiras.

O passeio termina com o bar de gelo glacial onde ficamos por 20 minutos desfrutando, acredite, de bebidas geladas.

La Leona

O que fazer em El Calafate: Floresta Petrificada La Leona.

A Floresta Petrificada La Leona é um mundo surreal de fósseis de árvores e dinossauros com mais de 70 milhões de anos.

A paisagem seca e rochosa lembra até a superfície da Lua.

Mas, ainda que pareça desabitada, a floresta não é totalmente sem vida, graças à presença dos guanacos e aves de rapina andinas. 

Além disso, La Leona é uma reserva privada. Portanto, só pode ser visitada com uma excursão guiada.

Inclusive, a vantagem disso é que, conforme você caminha, aprende sobre as florestas, vulcões e dinossauros que já estiveram ali.

Sem falar nas belíssimas vistas dos Andes e do Monte Fitz Roy.

Cerro Frías

O que fazer em El Calafate: Cerro Frías.

Já deu pra ver que as atrações naturais preenchem muito do que fazer em El Calafate, né?

Pois, aqui, vai mais uma!

O Cerro Frías é uma colina a 22 km da cidade e, por não ser rodeada de outras montanhas, tornou-se um mirante com 1.300 metros de altura.

Inclusive, lá de cima, dá para ver o Monte Fitz Roy, Torres del Paine e Lago Argentino.

A visita ao Cerro Frías pode ser feita de várias maneiras, sendo a mais comum por um veículo 4 × 4 que leva até as margens do lago, passando pelo rio Centinela, subindo a colina e terminando na praia cheia de dunas.

Ainda, há passeios a cavalo, trekking e ciclismo.

Pelo caminho, vá contando os condores, guanacos e lebres que aparecem. 

Estancia Cristina

O que fazer em El Calafate: Estancia Cristina.

Quer uma experiência bem patagônica?

Então, inclua uma visita à estâncias na sua lista do que fazer em El Calafate, permitindo-se sentir o estilo de vida rural gaúcho, com tosquia de ovelhas e churrasco argentino.

Uma das mais famosas é a Estancia Cristina, no Parque Los Glaciares, bem às margens do Lago Argentino. A fazenda oferece:

  • passeios de barco à geleira Upsala
  • passeios a cavalo
  • trekking à cachoeira Los Perros ou Cañadón de los Fósiles

Porém, a Estancia Cristina não é a única.

Por exemplo, as Estancias El Galpon de Glacier e 25 de Mayo, também bastante conhecidas, disponibilizam comidas típicas e shows folclóricos. 

Estancia Lago Roca

O que fazer em El Calafate: Estancia Lago Roca.

Atração imperdível em El Calafate, a Estancia Lago Roca fica às margens do lago de mesmo nome.

São inúmeras atividades ao ar livre, incluindo um simples descanso na praia, acampamento noturno e pescaria.

Ainda, ali perto está o Cerro Cristal, cuja subida brinda os olhos com a vista incrível da geleira Perito Moreno. 

Por fim, caso goste de cavalgar, a sugestão é passear pelas florestas e subir o Cordón de los Cristales.

Calafate Mountain Park 

O que fazer em El Calafate: Calafate Mountain Park.

O Calafate Mountain Park é o destino perfeito para quem quer esquiar ou praticar snow tubing.

O parque também tem trilhas e encostas cobertas de neve no inverno, além de pistas para caminhada na neve ou andar de snowmobile.

No verão, você pode fazer mountain bike ou andar de quadriciclo pelos caminhos.

Além disso, uma das atividades populares do parque é o passeio 4 × 4 com guia que leva até a Varanda Calafate.

O trajeto cruza formações rochosas e sobe colinas com vistas para os Andes, Lago Argentino e da cidade.

Explorar a cidade

O que fazer em El Calafate: conhecer a cidade.

O que fazer em El Calafate?

Até aqui, mencionamos os passeios ao ar livre. Mas como não passar pelo básico tour pela cidade?

Por exemplo, a Avenida del Libertador San Martín é repleta de lojas de chocolate, sorveterias, restaurantes e bares.

Sem falar nas cervejarias artesanais e feiras de artesanato.

Além disso, El Calafate tem uma lista impressionante de restaurantes de luxo, servindo tanto o cordeiro patagônico, uma especialidade local, quanto costillas e bife de cordeiro.

Também há compostas e chás de bérbere, a fruta que dá nome à cidade. 

Caiaque no Canal Upsala

O que fazer em El Calafate: Canal Upsala.

Remar de caiaque pelo Canal de Upsala, ao lado de icebergs, é certamente uma experiência cinematográfica!

Impossível não se impressionar com a enorme geleira Upsala e os icebergs.

Embora as temperaturas sejam tão congelantes quanto a água, a roupa seca e a própria estrutura do barco protegem do frio. 

Cavernas Walichu

O que fazer em El Calafate: Caverna Walichu.

As Cavernas Walichu ficam próximas ao Lago Argentino e são acessíveis pela Ruta 11.

O conjunto abriga pinturas rupestres de 4.000 anos, além de incríveis formações rochosas.

Inclusive, especialistas acreditam que, nelas, viveram homens da era Paleolítica Superior, ou seja, a Idade da Pedra Superior.

Por fim, hoje, são o lar de guanacos e raposas.

El Chaltén

O que fazer em El Calafate: El Chaltén.

El Chaltén é um vilarejo que fica dentro do Parque Nacional Glaciar, usado como base para o impressionante Monte Fitz Roy.

Além do monte, a própria vila é uma delícia para visitar, inclusive por oferecer uma experiência realmente patagônica. 

Então, viu só como, diante do tanto que fazer em El Calafate, a cidade não pode ser vista apenas como ponto de partida para o Perito Moreno?

Por fim, para seguir conhecendo o Fim do Mundo, embarque também em uma incrível roadtrip pela Patagônia

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais