Os maiores erros de português que os brasileiros ainda cometem

Esses erros parecem bobos, mas são mais frequentes do que você imagina...

Comunicar-se de forma eficaz requer um domínio sólido da língua portuguesa, e devido à densidade desta língua, erros de português são comuns.

No entanto, alguns erros frequentes podem escapar, até mesmo para os mais experientes. Confira alguns erros gramaticais mais comuns cometidos por brasileiros e evite deslizes!

Erros comuns cometidos por brasileiros

Onde x Aonde

Quem nunca ficou na dúvida entre “onde” e “aonde”? “Onde” se refere a um lugar em que algo está, enquanto “aonde” é utilizado quando há a ideia de movimento, indicando um destino. Exemplo: “O livro está onde você deixou” e “Vou aonde você foi ontem.”

 A fim x afim

Muitos confundem esses termos, mas eles têm significados diferentes. “A fim” indica uma intenção, como em “Estou a fim de sair hoje.” Já “afim” tem relação com semelhança, como em “Temos interesses afins.”

Senão x Se não

Para não errar, lembre-se: “senão” geralmente significa “do contrário ” enquanto “se não” é utilizado para indicar uma condição. Exemplo: “Eu gostaria de sair para passear, senão vou me sentir entediado o dia todo” e “Vou ao cinema se não chover.”

Em vez de x Ao invés de

Quando quiser expressar substituição, use “em vez de.” Já “ao invés de” é empregado para contrastar duas ações opostas. Exemplo: “Vou pegar o ônibus em vez de caminhar até lá,pois está chovendo” e “Ele escolheu estudar, ao invés de sair.”

Leia mais: 5 palavras da língua portuguesa que são lindas e a gente nem repara

A x Há

“A” é uma preposição, enquanto “há” indica tempo decorrido. Por exemplo, “Estou indo a casa” e “Estudo aqui dois anos.”

A nível de x Em nível de

Evite o uso incorreto de “a nível de.” Prefira “em nível de” para indicar uma análise ou comparação. Exemplo: “Vamos discutir isso em nível de equipe.”

Através de x Por meio de

Ambos indicam modo ou meio, mas “por meio de” é mais indicado para evitar o uso excessivo de “através de.” Exemplo: “Vou enviar o arquivo por meio de email.”

Ratificar x Retificar

“Ratificar” significa confirmar algo, enquanto “retificar” é corrigir. Por exemplo, “Vou ratificar meu compromisso” e “Preciso retificar meu erro.”

Anexo ou Em anexo?

Quando referir-se a documentos, prefira “em anexo.” Use “anexo”  para indicar que algo está anexado. Exemplo: “Segue o relatório em anexo” ou “Aqui está o arquivo anexo.”

Leia mais: Esta é a linguagem secreta do TikTok que todo mundo está usando – conhece?

 À medida que x Na medida em que

“À medida que” mostra uma relação de simultaneidade ou progressão, enquanto “na medida em que” é uma locução causal. Exemplo: “Aprendemos mais à medida que praticamos” e “Ela terá sucesso, na medida em que se esforçar.”

Evitar esses erros comuns de português é fundamental para uma comunicação clara e eficaz. Com essas dicas simples, você poderá escrever de forma mais precisa e confiante.

Gostou deste artigo? Então, confira vários outros semelhantes aqui no site Brazil Greece!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.