Perdeu? Veja aqui quando serão as próximas chuvas de meteoros

Iniciadas em julho, a temporada das chuvas de meteoros Perseidas fica ativa até dezembro

Na madrugada do dia 13 de agosto, os olhos do mundo se voltaram para os céus. O motivo? A tão esperada chuva de meteoros Perseidas, cujo pico ocorreu às 1h30 da manhã. Se você perdeu, não fique triste. Ainda há mais seis fenômenos previstos para este ano!

Embora os países do Hemisfério Norte tenham tido maior facilidade em observá-los, muitas pessoas conseguiram registrar os riscos luminosos cruzando o horizonte. Contudo, também houve quem ficou frustrado por não ter avistado sequer um pequeno traço, seja devido às nuvens ou mesmo ao esquecimento.

Se você faz parte desse grupo, anote as datas das próximas chuvas de meteoros para não perder a oportunidade!

O que são as chuvas de meteoros?

Antes de tudo, do que se tratam essas chuvas de meteoros? A Perseidas, ativa desde 17 de julho, é bastante comum nesta época do ano. Ela ocorre quando a Terra passa pelo caminho das partículas do cometa 109P/Swift-Tuttle, na constelação de Perseus. Como resultado, os resíduos atravessam a atmosfera terrestre.

No Brasil, a expectativa era de avistar, em média, entre 25 e 30 meteoros por hora. No entanto, isso dependeria da localidade e das condições climáticas. A possibilidade de observar o fenômeno com mais clareza era maior nas regiões Norte e Nordeste.

Apesar de a lua ter colaborado com a luminosidade devido à fase minguante, os registros ficaram aquém do esperado. Por isso, vale a pena anotar as próximas datas e torcer para ter mais sorte.

Quando serão as próximas chuvas de meteoros?

A temporada das chuvas de meteoros Perseidas, como mencionado, começou em julho e deve durar até o final de dezembro. Entre elas, uma se destaca, fazendo valer a pena ficar acordado até tarde para acompanhar os riscos no céu.

Taurids é a próxima chuva de meteoros em 2023

O período ativo da próxima chuva de meteoros será de 10 de setembro a 20 de novembro. Embora a atividade seja mais intensa no Hemisfério Norte, também haverá boa visibilidade no Brasil.

O pico ocorrerá de 10 a 11 de outubro, com uma média de apenas cinco meteoros por hora.

LEIA MAIS: Livros escritos por Inteligência Artificial já chegaram ao mercado: você toparia ler?

Draconids

Em seguida, teremos as Draconids, ativas entre 6 e 10 de outubro no Hemisfério Norte. O pico será na noite de 8 a 9 de outubro, com a expectativa de 10 meteoros por hora.

Orionidas

Ativas em todo o mundo entre 2 de outubro e 7 de novembro, a terceira chuva de meteoros atingirá o pico na madrugada de 21 a 22 de outubro. A expectativa é de até 25 meteoros por hora!

Leônidas

Também com atividade global de 6 a 30 de novembro, a chuva atingirá o pico de 17 a 18 de novembro. No entanto, a média será de 10 meteoros por hora.

LEIA MAIS: Quanto tempo alguém pode sobreviver no espaço sem roupa de proteção?

Geminídeas: a mais esperada chuva de meteoros de 2023

Sem dúvida, esse é o fenômeno que valerá a pena esperar a madrugada toda para ver! As Geminídeas estarão ativas de 4 a 20 de dezembro no Hemisfério Norte, mas há boas chances de serem avistadas nos céus brasileiros. O pico ocorrerá na noite de 14 a 15 de dezembro. E adivinhe quantos meteoros são esperados? Nada menos que 120 por hora! Dá até para fazer um desejo, não é?

Ursids

Encerrando a temporada de chuvas de meteoros Perseidas, as Ursids estarão em atividade de 17 a 26 de dezembro. Na noite de 22 a 23 de dezembro, bem perto do Natal, teremos o pico. A expectativa é de que, nesse período, haja 10 meteoros por hora iluminando os céus.

E aí, anotou tudo? Não perca as próximas chuvas de meteoros, hein? Ah, e não deixe de registrar tudo!

Gostou deste artigo? Então, acesse o Brazil Greece e confira diversos outros artigos interessantes para você!

você pode gostar também