Pico Do Itapeva: Vale A Pena O Preço?

A terra das lavandas e mirantes encanta, mas há formas mais econômicas de visitá-la

O Pico do Itapeva, no Vale do Paraíba, é uma das principais atrações de Campos do Jordão.

Situado a 2.035m de altitude, é também um dos mais altos do país.

Lá em cima, brota um lavandário, o que torna o maciço ainda mais belo.

É preciso pagar para entrar no parque, mas e aí, quanto ao Pico do Itapeva, vale a pena o preço?

O nome do pico significa Pedra Chata, proveniente da língua Tupi.

Ali, existe um mirante de onde avistamos dez cidades do vale, sendo elas Caçapava, Taubaté, Tremembé, São José dos Campos, Pindamonhangaba, Roseira, Aparecida, Cachoeira Paulista, Lorena e Guaratinguetá.

Mas, nem só de natureza vive o pico.

Além do lavandário que fica ao redor, tem lojas de artesanato, doces e roupas de lã dispostas no castelinho construído no topo.

Ah, e para dar uma forcinha aos seus maiores sonhos, uma fonte dos desejos recebe suas moedinhas.

O fato é que o Pico do Itapeva fica dentro de um parque cuja entrada é cobrada.

E aí, vale a pena pagar o preço?

Pico do Itapeva: vale a pena o preço?

Pico do Itapeva em Campos Do Jordão.

Antes de falar sobre o preço da entrada, é preciso explicar por que é cobrado.

O Pico do Itapeva, em si, fica em Pindamonhangaba, uma região que abriga um dos lagos mais altos do Brasil, o Lago do Pico do Itapeva.

O pico é tão alto que, nele, ficam retransmissores de UHF e VHF, além de um laboratório da Força Aérea Brasileira (FAB).

O acesso ao pico foi fechado, mas foi estruturado o Parque Pico do Itapeva, situado na Fazenda Saint Claire.

Antes, o acesso era gratuito, mas por ficar em uma fazenda particular, foi fechado como atração turística e acrescido de infraestrutura.

Entre os itens, a construção do deck/mirante, cafeteria, entre outras.

Aí, vem o motivo da cobrança, uma vez que se trata de uma propriedade privada.

A entrada custa R$ 10,00, permitindo meia entrada para estudantes, idosos e jovens com até 16 anos.

O estacionamento também é pago.

Vale a pena pagar?

Pico do Itapeva em Campos do Jordão: vale a pena?
Rodrigo Soldon from Rio de Janeiro, Brazil, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons.

Olha, depende!

Especialmente se comparado à outra entrada para o pico.

Lá de cima do atual acesso, a contemplação permite uma paz pelo contato com a natureza difícil de descrever.

Sem falar na possibilidade de visitar o lavandário perfumado.

Outro ponto positivo é o pôr do sol contrastando com a paisagem.

Porém, a infraestrutura se resume a isso, o resto, fica por conta da natureza mesmo.

Claro que o ideal é visitar o lugar no verão, uma vez que não vai dar para ver nada lá de cima caso o tempo esteja nublado.

Isso vale inclusive para o antigo parque.

Porém, do outro acesso, era possível avistar mais cidades a uma altitude mais elevada.

Inclusive, porque lá era, propriamente, o pico.

O novo acesso foi estruturado na sua base.

Então, dá para conhecer o parque de graça?

Pico do Itapeva em Campos do Jordão: vale a pena?

Diante da nova estrutura, é legal conhecer a infraestrutura turística, porém, como vimos, não vale tanto a pena pagar entrada acrescida da taxa do estacionamento.

Só que também dá para visitar o pico gratuitamente, sem entrar no parque. Basta subir mais um pouco pela estrada asfaltada mesmo.

Dali, é possível ter uma visão ainda mais bonita e, melhor, de forma gratuita.

Caso a questão seja infraestrutura e alimentação, mas não seja tão exigente, alguns ambulantes vendem comidas típicas por ali.

Mesmo porque, lá do parque privado, não há guias ou placas indicativas que mostrem, por exemplo, quais cidades vai avistar do topo.

Em suma, quanto ao Pico do Itapeva, não vale a pena pagar o preço de entrada no parque privado.

Quer uma dica?

Use o dinheiro em outras atrações ou para comprar aquela cerveja ou chocolate artesanal em Campos do Jordão!

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais