Curiosidades

Por que você deveria para de usar ‘ok’? O motivo irá te surpreender

Por que você deveria para de usar ‘ok’? O motivo irá te surpreender
By     -   On

Algumas expressões e palavras podem ser uma verdadeira mão na massa, não é mesmo? No entanto, algumas pessoas acabam contando com essa praticidade e utilizando-as para tudo, o que nem sempre pode ser muito legal. Inclusive, especialistas no mercado de trabalho e em carreiras apontam para o perigo de algumas delas, como o “ok” em conversas. Entenda abaixo o motivo.

Como falar muito “ok” pode te prejudicar?

Todo mundo deseja se destacar nas mais diversas esferas da vida, seja ela amorosa, social ou de trabalho. Nesse sentido, apesar de não ser a preocupação de muitas pessoas, a linguagem desempenha um papel fundamental. Afinal, a forma como você expressa suas ideias, sentimentos e personalidade podem ser determinantes para causar boas impressões ou não ao interlocutor.

O uso do “ok”, apesar de comum e casual, quando feito de forma excessiva, pode fazer parecer que possui um vocabulário limitado. No geral, isso é visto com péssimos olhos no mercado de trabalho, então é importante evitar. Com isso em mente, é interessante conhecer a origem da palavra e como ela é utilizada ao redor do mundo.

LEIA MAIS: 7 atitudes que parecem legais, mas te tornam uma pessoa chata

De onde vem a expressão?

A teoria mais aceita sobre o surgimento do “Ok” é que ele foi criado por um editor do jornal Boston Morning Post em 1839. Charles Gordon Greene utilizou a expressão para abreviar “all correct”, que significa “tudo bem”, visto que no sotaque de Boston, ela é pronunciada como “oll korrect”, o que fez com que surgisse o “ok”.

Já outros estudiosos apontam que ela também pode ter origem indígena, pois existe o termo “okeh”, que significa “sim” na tribo nativo-americana Choctaw. Já outros, apontam que a expressão também pode ter sido levada aos Estados Unidos pelos africanos que vieram como escravizados da África.

Por fim, alguns ainda afirmam que ele também pode ter até mesmo origem alemã ou grega, visto que os dois idiomas possuem termos equivalentes.

Gostou deste artigo sobre o uso do “ok” em conversas? Então, confira vários outros semelhantes aqui no Brazil Greece!

Agência Texty

Agência Texty é uma equipe de redatores profissionais especializados em marketing de conteúdo, produção de conteúdo para web, inbound marketing, estratégias de SEO avançadas.