Notícias

Tem um carro velho? Você pode ter direito a receber indenização; confira

Tem um carro velho? Você pode ter direito a receber indenização; confira
By     -   On

O transporte rodoviário é uma das principais fontes de emissão de poluentes na atmosfera, e isso tem impactos negativos na qualidade do ar, no clima e na saúde da população. Por isso, o governo federal está estudando a viabilidade de um novo projeto que visa renovar a frota de veículos de passeio em todo o país, retirando das ruas os carros mais antigos que poluem mais que os modernos.

Renovação da frota de veículos

O governo federal está avaliando a possibilidade de implementar um novo projeto que pode beneficiar donos de carros velhos em todo o país.

Retirando carros antigos das ruas

A ideia é renovar a frota de veículos nacionais, retirando das ruas os automóveis mais antigos por meio do pagamento de indenização aos proprietários. O objetivo do projeto é ajudar o meio ambiente, reduzindo a poluição causada por veículos antigos.

O programa seria uma extensão do incentivo dado atualmente para a renovação da frota de caminhões e outros veículos pesados. O vice-presidente e ministro da Indústria, Geraldo Alckmin, é o responsável pela proposta, que já foi apresentada ao ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Uma equipe técnica do ministério irá estudar o projeto para avaliar a sua viabilidade o mais rápido possível.

LEIA MAIS: Notebooks, drones, iPhones e roupas: veja como participar do Leilão dos Correios!

Processo de indenização

Embora não haja informações sobre como o processo de indenização ocorrerá ou quais serão os valores envolvidos, sabe-se que a fonte de recursos para o pagamento dos ressarcimentos seria um fundo de petroleiras já existente.

Isso significa que o governo não precisaria fazer novos gastos para ampliar os incentivos para a renovação dos carros de passeio.

Projeto Renovar

Foi instituído, ao término do ano anterior, o Programa Renovar, cujo objetivo é renovar a frota de veículos de carga, equipamentos rodoviários, ônibus, micro-ônibus, vans e furgões com mais de 30 anos de uso que continuem em atividade.

A compensação aos proprietários decorre da criação de um fundo alimentado com recursos oriundos de empresas do ramo de combustíveis. Em consonância com a iniciativa do vice-presidente, o escopo do projeto seria ampliado a fim de abranger também os proprietários de veículos antigos que permanecem em circulação.

Gostou desse tipo de conteúdo? Então não perca tempo e visite nossa página para conferir mais conteúdos como esse, dentre outros assuntos. Basta entrar no Brazil Greece!

Agência Texty

Agência Texty é uma equipe de redatores profissionais especializados em marketing de conteúdo, produção de conteúdo para web, inbound marketing, estratégias de SEO avançadas.