Patagônia Chilena: O Que Fazer Em Puerto Natales?

Veja aqui o que fazer em Puerto Natales!

A Patagônia é mesmo uma região de grandes surpresas.

E uma delas fica ali, encostada no Parque Torres del Paine, na bela Puerto Natales.

Além de pequena e acolhedora, é um dos destinos mais austrais do Chile.

Mais do que base para um passeio ao parque, veja que há muito o que fazer em Puerto Natales, na Patagônia Chilena.

Inclusive, o sul do Chile tem paisagens que deixam, com certeza, qualquer visitante sem palavras. Além de sempre com a câmera na mão para registrar tudo!!

É o caso de Puerto Natales, na fronteira com a Argentina.

Rodeada pelas enseadas e baías patagônicas, a cidade tem atrativos que combinam com a região fascinante.

A cidade foi fundada em 1911 e, hoje, conta com mais de 19 mil habitantes, constituindo importante centro urbano na Patagônia.

Além da gastronomia invejável, com pratos típicos patagônicos, Puerto Natales também oferece incríveis paisagens com geleiras, fiordes, vales e montanhas ao fundo.

Portanto, confira aqui 10 coisas para fazer na região.

Onde fica Puerto Natales?

Antes de tudo, Puerto Natales fica na Patagônia Chilena, já na fronteira com a Argentina, às margens do Fiorde Última Esperanza.

Além disso, a cidade mais próxima, no lado do Chile, é Punta Arenas.

Por ficar na porta do Parque Torres del Paine, muita gente prefere se hospedar na cidade. Pois as acomodações são mais baratas sem, no entanto, perder no conforto.

Como chegar a Puerto Natales?

Inicialmente, sem dúvida, a forma mais rápida de chegar a Puerto Natales é de avião!

Há linhas que chegam ao aeroporto Carlos Ibáñez del Campo, em Punta Arenas.

Além disso, as escalas são feitas em Santiago, portanto, não há voos diretos.

Porém, o aeroporto também recebe voos com origem em Ushuaia e El Calafate, na Argentina.

A distância entre Punta Arenas e Puerto Natales é de 250km que pode ser traçada de carro, ônibus ou transfer. O caminho é feito pela Rota 9 Norte.

Também é possível chegar a partir de Puerto Montt, porém, de barco.

Além disso, se vier da Argentina, a cidade faz fronteira com Dorotea, Casas Viejas e Rio Don Guillermo.

Mas caso você tenha oportunidade, recomendamos que independente de por onde optar chegar, alugue um carro para fazer uma roadtrip pela patagônia.

O que fazer em Puerto Natales

1. Visitar o Parque Nacional Torres del Paine

Puerto Natales, o que fazer. Parque Nacional Torres Del Paine.

Antes de mais nada, é impossível não começar a lista do que fazer em Puerto Natales, senão, pelo Parque Nacional Torres del Paine.

A principal atração da Patagônia chilena tem 240 mil hectares de extensão, abrigando florestas e vegetação seca, lagos, cachoeiras e fauna diversa.

Por isso, foi declarado Reserva da Biosfera pela Unesco, em 1978.

Além disso, o parque tem trilhas com diferentes níveis de dificuldade, sendo a W e O, as mais famosas.

A primeira percorre os vales e montanhas, enquanto a última abrange todo o maciço.

Aliás, as torres e montanhas geladas são os cartões postais, se estendendo ao longo das cordilheiras glaciais.

2. Conhecer o Parque Nacional Bernardo O’Higgins

Puerto Natales, o que fazer. Parque Nacional Bernardo O'Higgins.

Dominado por montanhas marcadas por fiordes profundos, este vasto e acidentado parque nacional é muito mais remoto do que Torres del Paine.

Por isso, recebe menor número de visitantes.

Mas, isso não significa que as paisagens não sejam igualmente magníficas!

Basta ver as gigantes geleiras Brüggen e Pius XI por exemplo!

Isso sem falar nas montanhas cobertas por florestas subpolares.

Além dos cumes gelados do Monte Fitzroy e dos vulcões Balmaceda e Lautaro.

Por fim, como o parque é remoto, quem quiser conhecê-lo pode organizar passeios através de agências especializadas.

3. Visitar o Monumento de La Mano

Puerto Natales, o que fazer. Monumento de la Mano.

Às margens do fiorde da Última Esperanza, o Monumento La Mano é uma réplica daquele encontrado em Punta del Este, no Uruguai.

O cartão postal de Puerto Natales é uma obra de Mario Irrazábal, um artista chileno, construída com a ajuda da comunidade local.

Além disso, tem, como pano de fundo, os picos nevados do Cerro Monumento Moore.

4. Passear pela Plaza de Armas Arturo Prat

O ponto de encontro de moradores e visitantes, a Plaza de Armas Arturo Prat é arborizada e cheia de banquinhos.

Além disso, ao redor, estão outras importantes atrações. Por exemplo: o Museu de Histórico Municipal, a Locomotora Mc Lleland e a Paróquia Maria Auxiliadora.

5. Visitar o Museu de Histórico Municipal

Ainda que, à primeira vista, não impressione pelo tamanho, o Museu de Histórico Municipal tem riqueza histórica de suma importância.

Além disso, o acervo guardado em cinco salas reúne objetos de civilizações chilenas antigas, como os Tehuelche e os Kaweskar, até a chegada dos primeiros europeus.

Inclusive, aqui vai uma curiosidade.

Como eles navegaram pela costa e fiordes do sul da Patagônia, viram o brilho da região, graças às fogueiras construídas pelos povos Kawésqar e Aónikenk para evitar o frio.

Então, daí vem o nome de Terra do Fogo, aqui representada pelos artefatos e painéis de informações.

6. Conhecer o Glacier Grey

Puerto Natales, o que fazer: Glacier Grey.

Descendo um vale de montanhas de granito escarpado, desmoronando em icebergs que caem em um lago turquesa, Glacier Grey é uma das paisagens naturais mais espetaculares do sul da Patagônia.

A geleira – parte de um dos maiores campos de gelo além dos pólos – cobre trechos das montanhas do Parque Nacional Torres del Paine e suas adjacências.

Além disso, os passeios são fáceis de organizar através de qualquer uma das agências que operam no parque ou dos hotéis locais.

7. Visitar o Monumento Natural Cueva del Milodón

Puerto Natales, o que fazer. Monumento Natural Cueva del Milodón.

Se você quer saber mais da história da Patagônia, o lugar é a Cueva del Milodón, monumento natural que traz evidências da ocupação da região.

Em 1896, foram descobertos restos mortais, pele e ossos do Milodón, uma espécie de preguiça gigante que habitava a área na pré-História.

Além dos vestígios do bicho, também há sinais da presença humana há, pelo menos, 12 mil anos.

Além do mais, a caverna fica a 25 km de Puerto Natales e impressiona pelo tamanho: 200 metros de profundidade e 30 metros de altura.

Na entrada, o visitante pode conhecer o mirante da Cueva del Milodón.

Além disso, a entrada é paga.

8. Conhecer o Canal de Última Esperanza

Puerto Natales, o que fazer. Canal da Ultima Esperanza.

O Canal da Última Esperanza é um fiorde esculpido em geleiras, emoldurado pelas montanhas nevadas, que fica próximo ao porto de Puerto Natales.

A visita pode ser feita durante passeio de barco de um dia inteiro que permite avistar, além das belas paisagens, leões marinhos, albatrozes e baleias.

O canal foi batizado de Canal de Última Esperanza no século XVI, pelo navegador espanhol Juan Ladrillero.

Ele acreditava ser sua última chance de encontrar passagem pelas ilhas da Terra do Fogo até o Estreito de Magalhães.

9. Apreciar a vista do Mirador Cerro Dorotea

Puerto Natales, o que fazer. Mirador Cerro Dorotea.

O Mirador Cerro Dorotea proporciona vistas incríveis de seu topo!

É possível ver as planícies da Patagônia que se estendem até o Golfo do Almirante Montt.

Além disso, lá de cima, também dá para ver as montanhas nevadas distantes do sul da região patagônica.

Para chegar ao Cerro Dorotea, basta seguir a Rodovia 9 por 10 km até o início da trilha Mirador Dorotea.

Por fim, a caminhada pela trilha íngreme leva cerca de uma hora e é recomendável trazer um casaco, pois o vento pode ser forte.

10. Tirar fotos no Muelle Histórico

Puerto Natales, o que fazer. Muelle Histórico.

Por fim, tem a antiga doca da cidade, também conhecida como Muelle Braun Blanchard, que foi construída em razão da expansão da cidade.

Além disso, na década de 20, foi incendiada por uma revolta dos trabalhadores, restando apenas a estrutura de madeira.

Inclusive, a vista para o fiorde Última Esperanza é imbatível, especialmente durante o pôr do sol.

Portanto, já deu para ver que há muito o que fazer em Puerto Natales!

Por isso, a cidade tem tudo para fazer parte do próximo roteiro de viagem pela América do Sul!

LEIA MAIS: Patagônia: Conheça O Fim Do Mundo Em Uma Roadtrip!

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais