Tudo Sobre O Carnaval No Brasil: História e Curiosidades!

Tudo o que você precisa saber sobre a folia mais esperada do ano que agita multidões 

Veja neste artigo tudo sobre o carnaval no Brasil.

O Carnaval no Brasil é, sem dúvidas, a folia mais esperada do ano. Inclusive, a maior festa popular do país agita multidões, seja nos desfiles de escolas de samba, bloquinhos ou frevo. Então, saiba mais sobre o maior espetáculo da Terra, desde sua invenção até as tradições. 

Antes de mais nada, a história do Carnaval do Brasil começa ainda nos tempos de colonização, entre os séculos XVI e XVII. Pois os portugueses trouxeram a festa para cá, inicialmente, como uma brincadeira popular. Porém, com o passar do tempo, a festa foi evoluindo com suas práticas. 

Então, aos poucos, as pessoas começaram a usar máscaras, formar sociedades carnavalescas e, consequentemente, popularizou a festa entre as camadas mais humildes. Mas foi no século XX que o Carnaval do Brasil ganhou novas nuances, graças ao surgimento do samba. 

História do Carnaval no Brasil 

Tudo sobre o carnaval no Brasil.

Primeiramente, os portugueses trouxeram o Carnaval para o Brasil pelo entrudo, brincadeira popular portuguesa que se espalhou no país até o século XIX. Porém, a prática enfrentou certa repressão a partir daí, desaparecendo por completo no século XX. 

Enquanto o movimento contra o entrudo se fortalecia, especialmente com a ajuda da imprensa, as elites imperiais criaram bailes nos clubes e teatros. Mais além, criaram as sociedades carnavalescas, começando pelo Congresso Sumidades Carnavalescas. 

Ou seja, o entrudo, brincadeira popular que até gerava renda extra para a população foi reprimida. As festas elegantes de Carnaval, pelo contrário, só tomaram força. Mas, o povo não desistiu e criou sua própria forma de se divertir. 

Então, foi assim que surgiram os ranchos e cordões. Os ranchos eram cortejos praticados por pessoas da zona rural. Enquanto os cordões inseriam manifestações populares, como tocadores e capoeira, em andanças similares a procissões religiosas. 

Um pouco mais sobre a sua  história…

Depois, no século XIX, surgiram também as marchinhas, fortalecidas com a figura de Chiquinha Gonzaga e sua famosa “Ô abre alas”. Então, na década de 1910, nasce o samba, graças à  música “Pelo Telefone”, de Donga e Mauro de Almeida. 

E é aí que o país conhece o ritmo que é o símbolo do Carnaval no Brasil. Mas, a gente sabe que história não para por aí. Pois na Bahia da transição entre os séculos XIX e XX, surgiram os primeiros afoxés. 

Também, os corsos desfiles de carros conversíveis da elite carioca. Além disso, as escolas de samba surgiram já na década de 1920, no Rio de Janeiro. Então, a partir daí, escolas e marchinhas passaram a conviver em harmonia na construção do Carnaval no Brasil.

Na década de 1950, Salvador viu surgir os primeiros trios elétricos que tomaram as proporções que conhecemos hoje em 1979. Inclusive, este foi o ano em que Morais Moreira adicionou o batuque às composições do afoxé. 

Mas, convenhamos, pouca coisa simboliza tanto o Carnaval no Brasil como o Sambódromo. Inclusive, os desfiles das escolas de samba passaram a acontecer no Sambódromo em 1984, construção que teve o projeto de Oscar Niemeyer.   

Como é o Carnaval no Brasil?

O Carnaval no Brasil, assim como todas as expressões culturais brasileiras, é bastante diverso. Enquanto Rio de Janeiro e São Paulo se rendem aos desfiles de escolas de samba, Recife e Olinda explodem em cores com o frevo. 

As duas cidades se enchem com os famosos bonecos de Olinda, sempre representando alguma personalidade brasileira ou figura típica regional. Além disso, entre os famosos blocos de carnaval pernambucanos, está o Galo da Madrugada. 

Em Salvador, os trios elétricos arrastam multidões no circuito Barra Ondina, protagonizados por celebridades de peso, por exemplo, Ivete Sangalo e Claudia Leitte. Além das festas mais conhecidas, outras tradições permanecem. 

As marchinhas de Carnaval, especialmente nas cidades pequenas, continuam em todo o país. Porém, cada região celebra de uma forma diferente, seja sob a forma de blocos, festas específicas, shows e outras comemorações. 

Inclusive, podemos destacar, entre as principais festas de Carnaval do Brasil: 

 

  • Rio de Janeiro: escolas de samba e blocos de rua 
  • São Paulo: desfiles e blocos de rua
  • Olinda: blocos e muito frevo 
  • Recife: blocos, com destaque para o Galo da Madrugada
  • Salvador: seis dias de festa com os trios elétricos 
  • Ouro Preto: pacotes de festa vendidos principalmente pelos estudantes, desfiles e blocos 
  • Fortaleza: blocos e shows de rua 
  • Florianópolis: desfiles, blocos de carnaval, concursos e bailes da terceira idade
  • Diamantina: blocos, batucadas e Carnaval de rua 

Quando é o Carnaval? 

Antes de mais nada, o Carnaval é uma data móvel, uma vez que obedece ao domingo de Páscoa como o primeiro domingo após a primeira lua cheia depois do equinócio de primavera/outono. O Domingo de Carnaval, então, é aquele contado retroativamente aos sete domingos. 

Tradicionalmente, o Carnaval no Brasil é comemorado nos meses de fevereiro ou março. Além disso, as festividades começam no sábado e só terminam na quarta-feira de Cinzas. 

Curiosidades sobre o Carnaval no Brasil 

Tudo sobre o carnaval no Brasil.

Além da alegria e diversidade do Carnaval no Brasil, algumas curiosidades são bem interessantes: 

  • Ainda que seja uma festa, o Carnaval no Brasil não é feriado. Por isso, nem todo  mundo declara ponto facultativo, apesar de ser praticamente unânime 
  • O Carnaval carioca está entre os maiores do mundo. Inclusive, já entrou para o Livro dos Recordes. Pois, pelo menos, 2 milhões de pessoas participam da festa
  • O primeiro rei Momo foi eleito em 1933, por concurso 

 

Gostou de saber mais sobre o Carnaval do Brasil? Já participou de alguma festa? Qual delas é a sua favorita? 

LEIA MAIS: Recife: Conheça A Bela Cidade Do Brasil Que Atrai Até Os Tubarões!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais