Curiosidades

Uma palavra que você usa todo dia é grega e você não sabia

Uma palavra que você usa todo dia é grega e você não sabia
By     -   On

Quando falamos sobre a origem de palavras e expressões, muitas vezes nos deparamos com histórias interessantes e curiosas. Inclusive, uma das palavras mais utilizadas no mundo atualmente é “OK”. Mas será que essa palavra tem origem grega, como algumas pessoas afirmam?

De acordo com algumas teorias, a origem do termo “OK” remonta ao século XIX, nos Estados Unidos. No entanto, há também a ideia de que essa palavra tenha raízes na língua grega. Vamos explicar essa teoria e entender melhor essa possível relação.

A palavra “ok” veio do grego?

Segundo a teoria que relaciona o “OK” com a língua grega, a palavra teria surgido a partir da expressão “όλα καλά” (óla kalá), que significa “tudo bem” ou “está tudo certo”. Além disso, de acordo com a teoria, essa expressão chegou aos os Estados Unidos devido a imigrantes gregos. Então, ao longo do tempo, transformou-se na forma abreviada “OK”. No entanto, é importante ressaltar que não há consenso entre os estudiosos e linguistas sobre essa relação.

Leia mais: 

A controvérsia e outras teorias

Apesar da teoria da origem grega do “OK” ser interessante, é importante mencionar que há outras teorias que explicam a origem dessa palavra de forma diferente.

Por exemplo, uma das primeiras aparições documentadas do acrônimo “OK” ocorreu em 23 de março de 1839, no jornal “Boston Morning Post”. Assim, acredita-se que a expressão, na época, representava de maneira jocosa a frase “Oll Korrect”, uma grafia alternativa para “All Correct”, que significa “tudo está correto”.

Além disso, outras teorias sugerem que o “OK” surgiu de outras línguas ou culturas. Por exemplo, na língua Choctaw, nativa americana, “okeh” significava “sim”. Também existe a hipótese de que a expressão tenha origens africanas e que os escravos a trouxeram para os EUA.​

Além disso, uma teoria alternativa relaciona “OK” ao finlandês “oikea” (correto), e até à língua mandinga africana “O ke” (certamente)​.

Por fim, além dessas origens linguísticas, a expressão “OK” também tem uma forte conexão com a história política dos Estados Unidos. Em 1840, durante a campanha presidencial de Martin Van Buren, apelidado de Old Kinderhook, o termo “OK” foi seu slogan. Ele não ganhou a eleição, mas o uso de “OK” na campanha contribuiu para a popularização da expressão​.

Ou seja, embora a teoria da origem grega do “OK” seja interessante, é importante ressaltar que não há consenso entre os estudiosos e linguistas sobre essa relação. De qualquer forma, a palavra “OK” é comum hoje em dia em diversos idiomas e culturas, e sua origem exata ainda é motivo de debate. Seja qual for a sua origem, o “OK” é uma palavra que faz parte do nosso vocabulário cotidiano e assim deve permanecer.

Konstantinos P.

Grego, morou na Grécia por quase toda a sua vida e em Londres por 3 anos. Trabalhou como Bar Manager, Bartender e Barista em Londres e na Grécia. Além de ter trabalhado nas melhores cozinhas e bares de Londres e da Grécia. Participou de renomados cursos na área e compartilhou o seu conhecimento com seus alunos pela Europa. Por ser apaixonado pelo seu país, encontrou por meio da escrita uma forma de compartilhar com os brasileiros o seu conhecimento sobre viagens, história, cultura, mitologia grega e culinária geral, trazendo o melhor da Grécia para vocês.