Curiosidades

5 sinais de que o seu celular está sendo hackeado e você não percebeu

5 sinais de que o seu celular está sendo hackeado e você não percebeu
By     -   On

Com o uso cada vez mais frequente de dispositivos eletrônicos, o cuidado com a privacidade virtual tem se tornado um assunto sério. Nos nossos celulares, laptops, tablets e outros dispositivos, temos quase toda a nossa vida guardada. E ninguém deseja que a sua vida caia nas mãos de um estranho. Bem, mas infelizmente cada vez mais ataques hackers e invasões de dispositivos se tornam mais comuns. Porém, como saber se o seu celular foi hackeado? A boa notícia é que há alguns sinais e separamos eles a seguir para você.

Sinais de que o seu dispositivo foi hackeado

1. Drenagem rápida da bateria

Um dos sinais mais comuns de que o seu celular está sendo hackeado é a drenagem rápida da bateria. Portanto, casso a sua bateria esteja durando menos do que o normal, pode ser que algum aplicativo contaminado está rodando em segundo plano.

Leia mais: Dorme durante a decolagem ou durante o pouso do avião? Melhor pensar bem

2. Aquecimento excessivo

Outro sinal é o aquecimento excessivo do aparelho. Exceto quando você o expõe a altas temperaturas, caso ele esquente em razão, pode ser um sinal de que está havendo um uso além do normal do seu eletrônico. E esse uso pode ser devido a um aplicativo infectado.

3. Aumento no consumo de dados

Seguindo o mesmo raciocínio citado anteriormente, se você perceber um aumento repentino no consumo de dados do seu celular, isso pode ser um sinal de que alguém esteja hackeando o seu dispositivo. Os aplicativos infectados precisam de dados para rodar, mesmo em segundo plano. Portanto, observe esse fato.

4. Comportamento estranho do celular

Se o seu celular começar a se comportar de maneira estranha, como desligar sozinho, reiniciar sem motivo aparente ou apresentar mensagens de erro frequentes, isso pode indicar que algo está errado. Esses comportamentos podem ser causados por softwares maliciosos que estão interferindo no funcionamento normal do seu dispositivo.

Leia mais: Por que você deveria desligar os dados móveis do seu celular ao deitar?

5. Aparição de aplicativos desconhecidos

Outro sinal para ficar atento é a aparição de aplicativos desconhecidos. Se você notar a presença de aplicativos que você não instalou ou se não conseguir desinstalá-los, isso pode indicar que alguém teve acesso ao seu dispositivo e instalou softwares maliciosos.

Como se proteger?

Certo, agora você já é capaz de identificar se há alguém espionando o seu celular. Mas a boa notícia é que é possível se proteger. Por isso, separamos algumas dicas!

1. Mantenha o sistema operacional e os aplicativos atualizados

Atualizar o sistema operacional e os aplicativos do seu celular é fundamental para garantir a segurança do dispositivo. As atualizações geralmente incluem correções de segurança que podem ajudar a proteger o seu celular contra ataques.

2. Evite baixar aplicativos de fontes desconhecidas

Sempre baixe aplicativos apenas de fontes confiáveis, como a Google Play Store ou a App Store da Apple. Baixar aplicativos de fontes desconhecidas é a forma mais fácil de infectar o eu celular com aplicativos maliciosos.

3. Utilize um antivírus confiável

Certifique-se de escolher um antivírus de uma empresa confiável e mantenha-o sempre atualizado.

4. Revise as permissões dos aplicativos

É importante revisar as permissões concedidas aos aplicativos instalados no seu celular. Certifique-se de que os aplicativos tenham acesso apenas às informações necessárias e revogue as permissões de aplicativos suspeitos.

5. Desconfie de mensagens e links suspeitos

Tenha cuidado ao clicar em links ou abrir mensagens suspeitas. Phishing é uma técnica comum usada por hackers para obter acesso aos dispositivos das vítimas. Portanto, evite fornecer informações pessoais ou confidenciais por meio de mensagens ou links suspeitos.

Seguindo essas dicas você estará a um passo de deixar o seu dispositivo protegido contra qualquer ataque.

Talvane Póvoa

Com formação em Engenharia Agronômica, certificação em Comércio Exterior e MBA em Formação Geral Para Altos Executivos pela USP, ele possui amplo conhecimento bancário devido ao trabalho prestado ao Banco do Brasil. É uma entusiasta de viagens, negócios e cultura, com uma paixão pela culinária. Encontrou na escrita uma maneira de compartilhar seus conhecimentos em uma variedade de temas.