6 coisas que você já limpou com álcool, mas não deveria (pode ser fatal)

Dicas para uma limpeza eficiente e livre de riscos

No cotidiano agitado, o álcool se destaca como um aliado multifuncional, presente em muitos lares. Sua versatilidade é inegável, sendo um desengordurante eficaz, eliminador de germes e até mesmo um removedor de manchas persistente. No entanto, é importante lembrar que nem todos os objetos e superfícies são compatíveis com a sua aplicação.

Muitas vezes, o que parece uma solução rápida de limpeza pode resultar em danos irreversíveis.

6 coisas que você não deveria limpar com álcool

Superfícies delicadas na limpeza

O álcool, apesar de ser um grande aliado na luta contra germes e sujeiras, pode se mostrar um vilão quando utilizado em certos materiais sensíveis.

Couro, vinil, borracha e certos tipos de plástico podem sofrer com os efeitos do álcool, resultando em manchas, ressecamento e até mesmo rachaduras. Ao invés de revitalizar esses materiais, você poderia inadvertidamente estar acelerando seu declínio.

Leia mais: Não vá ao supermercado sem antes conhecer a regra dos três

Móveis laqueados

A aplicação de álcool em móveis laqueados pode ter consequências indesejadas, comprometendo a beleza da sua mobília. O álcool pode alterar a coloração da superfície, deixando-a embaçada ou desbotada. Antes de optar pelo álcool como sua opção de limpeza, considere os potenciais riscos e escolha alternativas mais suaves.

Telas eletrônicas, quando se faz a limpeza

Dispositivos eletrônicos com telas brilhantes, como smartphones, tablets e laptops, possuem revestimentos especiais que podem ser sensíveis ao álcool.

Uma aplicação descuidada pode resultar em manchas persistentes ou distorções na tela, afetando a experiência de visualização. Para a limpeza dessas telas, um pano úmido e macio é mais indicado.

Óculos com revestimentos especiais

Óculos modernos frequentemente vêm equipados com revestimentos que melhoram a visibilidade e durabilidade das lentes, como anti-reflexo e anti-riscos. No entanto, esses revestimentos podem ser danificados pelo álcool, comprometendo a nitidez da visão e a longevidade dos óculos. Optar por produtos específicos para a limpeza de óculos é a escolha mais prudente.

Leia mais: 5 truques para remover as manchas do box e ter um banheiro impecável

Pisos encerados

Quando se trata de pisos, o álcool é muitas vezes considerado uma solução rápida e eficaz. No entanto, ao lidar com pisos encerados, essa abordagem pode ser prejudicial. A aplicação do álcool pode desgastar a camada de cera protetora, resultando em perda de brilho e desbotamento. Para manter a beleza e integridade dos seus pisos, escolha métodos de limpeza mais adequados.

Proximidade do calor, cuidado na limpeza

Embora seja amplamente conhecido que o álcool é altamente inflamável, é sempre bom reforçar essa informação. Evite ao máximo aplicar álcool em superfícies próximas a chamas, como fogões ou aquecedores.

Gostou deste artigo? Então, confira vários outros semelhantes aqui no site Brazil Greece!

você pode gostar também