Dicas

Ele não está tão a fim de você! 7 sinais que mostram desinteresse da pessoa

Ele não está tão a fim de você! 7 sinais que mostram desinteresse da pessoa
By     -   On

Como é bom gostar de alguém, não é? Sentir o coração bater mais forte quando a pessoa chega. Ou, ainda, as famosas “borboletas no estômago” e perceber que tudo faz sentido. Por exemplo, músicas ou filmes românticos. Mas, e quando esse sentimento não é correspondido? Triste, né? Para não se decepcionar, é bom conhecer os sinais de que ele (ou ela) não está tão a fim de você.

Embora o amor ou a simples paixão sejam sentimentos incríveis, nem sempre são recíprocos. E, às vezes, a pessoa está tão apaixonada que costuma confundir os sinais. Daí, acaba se magoando ao perceber que vive um amor não correspondido.

A boa notícia é que existem sinais de que a pessoa não está tão a fim assim de você. Ou seja, formas de se proteger. Vamos ver quais?

Sinais de que ele (ou ela) não está tão a fim de você

1. A pessoa não responde suas mensagens

Ok, pode ser falta de tempo, mas se esse comportamento se repete, é um dos sinais de que ele não está tão a fim de você. Quando a pessoa tem interesse, sem dúvidas, dá um jeito de responder, mesmo que demore.

Da mesma forma, não te atende quando você liga. Isto é, normalmente demora em te atender ou nem responde à chamada.

2. Evita te apresentar para outras pessoas

Já aconteceu de se encontrarem com alguém conhecido da pessoa e ela simplesmente não te apresentar propriamente? Ou, pior, sequer mostrar que está com você? Cuidado! Este é um dos perigosos sinais de que ele não está tão a fim de você.

Da mesma forma, não te mostra nas redes sociais ou raramente sai com você na presença de amigos (seus ou dele). Se a pessoa gosta de você, não tem nenhum problema em aparecer do seu lado.

3. Some aos fins de semana e feriados

A gente sabe que, durante a semana, a vida é mais corrida. Naturalmente, a falta de tempo acaba fazendo com que os casais não se encontrem com tanta frequência.

No entanto, a coisa muda nos dias livres. Em outras palavras, é aos sábados, domingos e feriados que quem se gosta aproveita para ficar juntos. Se, ao contrário, a pessoa te evita, acenda o alerta!

Leia mais: 10 coisas pelas quais mulheres fortes jamais se culpam

4. Não ter tempo para te ver é um dos sinais de que ele não está tão a fim de você

Claro que ninguém precisa ficar grudado o tempo todo. Ademais, cada um tem sua própria vida, prioridades e obrigações. Porém, se a pessoa está sempre ocupada ou inventa desculpas para não te ver, afaste-se.

Em raras exceções, como problemas pessoais ou emocionais, isso não é sinal de desinteresse.

5. Fala muito de relacionamentos anteriores

Sem dúvidas, todo mundo tem um passado. Mas, para que ficar falando dele o tempo todo com um relacionamento atual? Falar demais sobre ex não é apenas um dos sinais de que ele não está tão a fim de você. Pior, mostra que, de certa forma, está conectado ao antigo amor.

6. Não te elogiar é outro dos sinais de que ele não está tão a fim de você

Quem não gosta de receber elogios? Ou, ainda, ver que a atenção que dispensa à outra pessoa tem valor? Pois bem, um dos sinais de desinteresse é não comentar, de forma positiva, sobre roupa nova ou corte de cabelo.

Também, uma promoção no trabalho. E, por fim, não dar valor aos esforços que você faz para ficarem juntos.

Leia mais: Estas são as principais frases usadas quando seu parceiro tenta te manipular

7. Vive falando que você é carente

Além de ser um dos sinais de que não está tão a fim de você, insinuar carência ou drama é tóxico. Mais uma vez, não é falar 24 horas por dia ou ficar junto o tempo todo. Mas, atenção de quem a gente gosta nunca é demais, certo?

Então, reconhece algum destes sinais de que ele (ou ela) não está tão a fim de você? Se sim, está na hora de partir para outra e buscar alguém que te valorize!

Se gostou desse conteúdo, não perca mais nenhuma novidade! Fique sempre de olho por aqui, no Brazil Greece.

Luciana Gomides

Jornalista e assessora de comunicação e imprensa com experiência em Comunicação Pública, Gestão de Eventos, Marketing Digital, análise e estratégia, gerenciamento de crises, produção e redação de conteúdo. Já trabalhou em diversos projetos e segmentos na área, inclusive como gerente de Comunicação na Educação Municipal, período em que desenvolveu produtos audiovisuais para permitir o acesso a conteúdos pedagógicos durante a pandemia. Ainda, criou áreas de Ouvidoria e Eventos Virtuais.É pesquisadora de Comunicação Compartilhada/Comunitária, Marketing Público e Políticas Públicas para Comunicação. Atuou na área de turismo e hotelaria. Especialista em Marketing e Assessoria de Comunicação.