Harpias: Conheça As Mensageiras do Submundo!

As Harpias eram criaturas míticas na Grécia antiga que, além de mensageiras do Submundo, agiam como punição enviada por Zeus.

As Harpias eram criaturas fantásticas da mitologia grega, com corpo de pássaro e cabeça de mulher.

De acordo com a mitologia, elas eram filhas do deus do elemento líquido Taumante e da oceânide Electra.

A versão de Homero e seu simbolismo

Mas, de acordo com Homero, Harpia era apenas um monstro e não vários e o seu nome era Podarcis.

Nas epopéias homéricas, Podarcis acasalou-se com Zéfiro, a personificação do vento oeste, dando vida aos cavalos imortais de Aquiles, Xanto e Bálio, famosos por sua velocidade.

Já o poeta lírico Stesichorus menciona que Harpia deu à luz os cavalos dos Dióscuros, que eram os deuses da luz.

As Harpias simbolizavam os ventos e é por isso que antes de seu aparecimento, sempre havia um rugido alto.

Inclusive, em Creta, elas simbolizavam o tornado.

Mensageiras do submundo

Além disso, as Harpias tinham a obrigação de entregar às divindades ctónicas, Erínias, os criminosos e aqueles que infringiam as leis.

Porém, existe também a versão que afirma que eram na verdade mensageiras do deus Hades (Plutão).

Ao contrário de sua irmã Iris, a deusa do arco-íris, que era a mensageira dos deuses do Olimpo.

Além disso, o nome “harpias” significa “aquelas que agarram” e vem do grego antigo “arpax”.

Ainda, as Harpias viviam no limite do mundo e frequentemente atacavam pessoas, principalmente crianças e almas humanas.

Inclusive, gregos antigos acreditavam que os marinheiros que não voltavam das suas jornadas, haviam sido capturados por esses monstros míticos.

Os Argonautas libertam Fineu

Mitologia grega, as Harpias e Fineu.
Representação em um antigo vaso onde as Harpias roubam a comida do adivinho Fineu.

Na obra “As Argonáuticas“, as Harpias são descritas por Apolônio, o Rodiano, como punições enviadas por Zeus porque o vidente Fineu havia revelado as suas intenções ao povo.

Depois de deixá-lo cego, Zeus o condenou a não poder comer, colocando as Harpias para confiscar sua comida.

Porém, Zetes e Calais, os dois filhos alados do Norte, ajudaram Fineu a se livrar das Harpias.

No entanto, eles não mataram as Harpias, pois a sua irmã Iris, interveio e prometeu que os monstros deixariam Fineu em paz.

Na verdade, de acordo com uma versão, junto com os Argonautas estava o deus da Medicina, Asclépio, que devolveu a visão a Fineu, fazendo com que ele pudesse ver a luz novamente.

As harpias hoje em dia

Harpia da mitologia grega hoje.
A harpia vive principalmente na floresta tropical e hoje está localizada principalmente no Brasil.

Hoje, a maior ave de rapina do mundo chama-se Harpia e vive na América Latina.

Esta é uma enorme águia famosa por sua pluma característica.

Os nomes científicos latinos do gênero Harpia, bem como do gênero Harpyja, são uma tradução direta da palavra grega ” Άρπυια” (“Arpia”).

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais