Inverno Em Santiago: 9 Dicas Imperdíveis Para Curtir A Sua Viagem!

Atividades para curtir ao máximo a vibrante capital chilena na estação mais fria do ano 

AntO inverno em Santiago é, sem dúvidas, uma época mágica, graças às montanhas ao redor e à agitação cosmopolita. Inclusive, há muito o que fazer na cidade na época mais fria do ano. Por exemplo, atividades culturais e ao ar livre, aproveitar a gastronomia e curtir as estações de esqui próximas. 

Além disso, rodeada pelos picos nevados da Cordilheira dos Andes, Santiago é uma estrela em ascensão. Ainda, dona de culinária vibrante e infinitas opções de entretenimento, a cidade sempre tem alguma coisa a fazer no inverno, seja qual for o seu perfil. Quer ver só? 

O que fazer no Inverno Em Santiago

Apreciar a vista da Cordilheira dos Andes em um dos mirantes de Santiago

Inverno em Santiago: Sky Costanera.

Uma das melhores coisas a fazer em Santiago no inverno é admirar o horizonte dominado pela Cordilheira dos Andes. O Cerro Cristobal, por exemplo, fica no centro da cidade e tem um teleférico que leva ao topo. 

Como faz muito frio, de repente, a coragem de enfrentar as baixas temperaturas pode faltar. Então, vá à Gran Torre, no Costanera Center. O arranha-céu é o mais alto da América do Sul e sua plataforma de observação no último andar tem panorama de 360 ​​graus das Cordilheiras. 

Estações de esqui 

Inverno em Santiago.

O Chile é um destino de esqui de categoria internacional. Logo, uma das principais atividades em Santiago no inverno é esquiar! A apenas 2 horas da cidade, Portillo é o lar de algumas das melhores pistas de downhill. Mas nem precisa ir tão longe!  

Ali mais perto, o Valle Nevado tem a maior área esquiável da América do Sul, em três vales separados. Também, Farellones, um vilarejo com várias atividades de inverno, além do esqui. 

Vinhos e mais vinhos 

Santiago no inverno: vinícolas.

Tem coisa melhor do que esquentar a alma com um bom vinho? A reputação de vinhos finos do Chile foi conquistada graças aos melhores vinhedos localizados a apenas uma hora de distância da capital. Nos passeios, você aprende sobre o processo de vinificação e a história do vinho no país, além das degustações. Mas não isso! 

Fora das vinícolas, os bares de vinho de Santiago, como Bocanariz ou La Liguria, servem o navegado, a versão chilena do vinho quente (o nosso quentão). 

Gastronomia 

Inverno em Santiago.

Seja para um jantar elegante, seja para pratos típicos ou um lanche rápido, Santiago tem tudo! Para comida de rua, os carrinhos de empanada e sopaipilla estão em todas as esquinas. Já a culinária de excelência é servida nas fuente de sodas da cidade, com pratos sazonais, por exemplo, cazuela ou pantrucas. 

City tours

Inverno em Santiago.

Os passeios turísticos em Santiago no inverno podem até ser prejudicados pelas baixas temperaturas, mas um bônus adicional é ter pouca gente nos locais turísticos populares! O esplendor da Catedral Metropolitana de Santiago sem as massas de pessoas. Bairros badalados, como Lastarria e Bellavista, apenas com santiaguinos. 

A casa do poeta Pablo Neruda sem a multidão dos grupos de turismo. Sem falar nos museus finos de Santiago, como o Museu de Belas Artes, o Museu da Memória e dos Direitos Humanos, o Museu Nacional, o Museu de História Natural.

Valparaíso e Viña Del Mar

Inverno em Santiago: Vinã del mar.

Por que não Valparaíso no inverno? Pertinho da capital, a cidade portuária abriga a Festa de San Pedro, no último final de semana de junho. Nela, pescadores são homenageados em um festival que pede paz e esperança. 

Cajón del Maipo

Santiago no inverno: Embalse el Yeso.

O vale, que fica a pouco mais de 15 km da capital, é uma das mais bonitas opções do que fazer em Santiago no inverno. As estradas sinuosas cortam as Cordilheiras e param em mirantes incríveis. Uma opção extra é visitar Embalse el Yeso no inverno, também. 

A vista de Santa Lucia

Inverno em Santiago: cerro santa lucia.

Santa Lucia é uma pequena mas linda colina que dá uma vista estelar de Santiago no inverno. No topo, é possível perceber o contraste extremo entre cidade e natureza. Também o belo jardim um pouco mais abaixo.

O pisco sour 

Inverno em Santiago: Pisco Sour.

Já falamos do vinho, mas uma das mais espirituosas coisas a experimentar em Santiago no inverno é o pisco sour. A bebida típica é forte, amarga e, por isso, a melhor forma de provar é com Coca Cola. 

Que roupas levar para Santiago no inverno?

Antes de mais nada, o tipo de roupa apropriada em Santiago no inverno depende do tipo de passeio. Pois nem sempre neva na capital. Mas as baixíssimas temperaturas são sempre presentes nas estações de esqui, por exemplo. 

Além disso, se o frio for moderado ou intenso, a roupa térmica é imprescindível na cidade ou nas montanhas. Ainda, é interessante usar roupas com tecidos de fios naturais e sintéticos no lugar do algodão, uma vez que o material  facilita a entrada do vento frio.

Por fim, vai ao Chile e se animou com o que fazer em Santiago no inverno? Estique a viagem e veja, também, o que curtir nos arredores, como as estações de esqui, Viña del Mar e Valparaíso. 

LEIA MAIS: Como É Bariloche No Inverno: Tudo Que Você Precisa Saber!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais