10 Lendas de Natal para se Encantar – ou Assustar! 

A data cheia de magia é, também, repleta de lendas transmitidas por gerações 

O Natal está chegando e, com ele, toda a magia que a data representa!

Além das confraternizações em família e o espírito de união, aparecem também as Lendas de Natal.

Encantadoras ou assustadoras, as histórias são transmitidas por gerações.  

Além disso, as lendas de Natal trazem consigo a magia da data, tornando-a ainda mais especial, principalmente para crianças. Mas, há também histórias horripilantes, algumas delas, até representadas em filmes de terror. 

10 lendas de Natal para contar – ou não

A Lenda do Pinheiro de Natal

Lendas de Natal: Pinheiro de Natal.

Uma das mais belas lendas de Natal é a do Pinheiro!

Dizem que, na noite de Natal, três árvores foram colocadas junto ao presépio: uma tamareira, uma oliveira e um pinheiro.

Quando o Menino Jesus nasceu, cada uma ofereceu um presente.

A oliveira deu azeitonas, enquanto a tamareira ofereceu tâmaras. 

O pinheiro, porém, não tinha frutos, então, as estrelas pousaram sobre os seus galhos e o iluminaram.

Então, o Menino Jesus, olhando para a árvore, levantou os bracinhos e sorriu.

Foi aqui que o pinheiro tornou-se a árvore típica de Natal.

A Lenda da Vela de Natal

Lendas de Natal: Vela de Natal.

A lenda da Vela de Natal conta a história de um pobre sapateiro que vivia em sua cabana, próxima à aldeia.

Era de costume do sapateiro deixar uma vela acesa à noite para iluminar o caminho dos viajantes.

Um dia, os jovens da aldeia precisaram partir para lutar na guerra, mas o sapateiro continuou deixando as velas. 

Os moradores da aldeia, então, acenderam uma vela nas suas casas na véspera de Natal e, à meia-noite, os sinos da igreja anunciaram o fim da guerra.

Assim, os jovens puderam voltar para suas casas, no que ficou conhecido como o milagre das velas.

Daí, nasceu a tradição de acender velas na noite de Natal. 

A Lenda da Rosa de Natal 

Lendas de Natal: Rosas de Natal.

Você sabia que existe, entre as lendas de Natal, uma que fala sobre a Rosa de Natal?

Na noite em que o Jesus nasceu, uma pastora guardava seu rebanho e, então, avistou os pastores e três Reis Magos indo até onde estavam Maria, José e o bebê.

Diante dos presentes que eles levaram, a pastora ficou triste por não ter nada a oferecer. 

Foi aí que um anjo passou e transformou suas lágrimas em rosas brancas.

Ela apanhou as flores e as levou como oferta ao Menino Jesus.

O Sonho do Pai Natal

Lendas de Natal: Sonho de Papai Noel.

Claro que, entre as Lendas de Natal, deve ter alguma sobre o Papai Noel.

Mais precisamente, sobre o Sonho do Pai Natal.

Diz-se que, enquanto dormia, ele sonhou ser véspera de Natal e que todos estavam felizes, sem guerras, rancor, ódio ou pobreza.

Ao contrário, tudo era amor, compreensão, alegria e carinho.

O Pai Natal acordou e, infelizmente, viu que tudo foi um sonho, o que o deixou muito triste.

Foi aí que ele declarou que continuaria a ajudar todos a ter um Natal realmente feliz!

Para isso, prepararia suas renas, trenó, os encheria de presentes para distribuir.

Assim, nasceu a tradição das entregas dos presentes de Natal, ou seja, o Papai Noel!

Lenda da Flor de Natal 

Lendas de Natal: Flor de Natal.

Além da Lenda da Rosa de Natal, também há a Lenda da Flor de Natal.

Na missa de Natal, a menina Pepita ficou triste por não ter nada a oferecer ao Menino Jesus.

Resolveu compartilhar com o primo Pedro que, então, confortou-a, dizendo que o amor era o que importava, especialmente diante dos olhos de Jesus. 

A menina recolheu ramos secos pelo caminho e, apesar de achá-los simples demais, ainda assim deixou como oferta.

Quando os ramos foram depositados, ganharam uma cor vermelha brilhante, um verdadeiro milagre de Natal.

Assim, nasceu mais uma tradição, a das flores de Natal.  

Krampus 

Lendas de Natal: Krampus.

Chegou a hora das lendas de Natal assustadoras!

A mais famosa delas, talvez, seja a do Krampus.

Se o Papai Noel presenteia as crianças que se comportaram bem, Krampus, o espírito travesso, vem para assustar e punir os mal comportados.

E não se engane!

Ele vem com o Bom Velhinho mesmo!

Inclusive, o espírito virou filme em 2015, estrelado por Toni Collette.  

Gryla, a bruxa do Natal 

Lendas de Natal: Bruxa do natal, Gyrla.
Andrii Gladii, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons.

Além do Krampus, tem também a Gryla, a bruxa do Natal.

Esta lenda de Natal vem da Islândia e, segundo consta, a mulher com três cabeças e três olhos sinistros em cada uma, além de chifres, vem para devorar as crianças desobedientes.  

Knecht Ruprecht

Lendas de Natal: Knecht Ruprecht.
Fonte: Pretty Attitude Rewards.

Tá achando que o Papai Noel tem só o Krampus como parceiro para punir as crianças más?

Não, ele vem com o Knecht Ruprecht, o oposto do bom velhinho.

A lenda de Natal alemã conta que o espírito do mal também castiga meninos e meninas desobedientes.

Ele chega usando máscara e manto marrom de pele, além de um saco cheio de cinzas. Credo!  

Belsnickel 

Lendas de Natal: Belsnickel.

Olha, tantos espíritos malignos provam que o melhor negócio é se comportar bem durante o ano!

A lenda alemã de Belsnickel, por exemplo, passa de casa em casa, coberto de trapos, alertando as crianças desobedientes que, caso não melhorem suas atitudes, levarão uma surra! 

Pere Fouettard 

Lendas de Natal: Pere Fouettard.
Lidine Mia, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons.

Por fim, o Pere Fouettard é bem um personagem de filmes de terror.

Reza a lenda de Natal que Pere era um açougueiro malvado que matou três garotos e os colocou dentro de barris.

São Nicolau, então, achou os meninos e castigou o maldoso açougueiro. A partir daí, ele teria que acompanhar Papai Noel na noite de Natal. 

 

Só que o castigo iria também para as crianças desobedientes. Daí, no lugar de presentes, deixa carvão e, ainda por cima, as chicoteia. 

 

Então, você conhecia tantas Lendas de Natal? Assustadoras ou não, elas sempre remetem às tradições que ainda são preservadas. No caso daquelas que remetem ao nascimento de Jesus, a paz e o amor. Quanto às lendas perversas, o fato de se comportar bem, não só as crianças, como também adultos.  

LEIA MAIS: 8 Lendas Francesas Para Mergulhar Nos Mistérios Do País!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais