Vale a pena morar em Gramado? Veja aqui tudo o que você precisa saber!

Custo de vida, segurança, aluguel e detalhes sobre a cidade 

Você já pensou em morar em Gramado? Se já visitou a cidade, certamente sim, pois a estrela da Serra Gaúcha oferece atrativos de sobra para isso. Clima agradável, ruas limpas e organizadas, boas opções de moradia e oportunidades econômicas, a maior parte atrelada ao turismo.

A verdade é que Gramado é referência em qualidade de vida, logo, motivos não faltam para morar lá. Portanto, a seguir, trouxemos uma lista resumida com tudo o que você precisa saber sobre morar em Gramado, inclusive o custo de vida na cidade – um dos itens mais questionados. Afinal, planejamento é tudo quando se fala em mudança. 

Um pouco de Gramado 

Gramado fica na Serra Gaúcha, a 120 quilômetros de Porto Alegre e 70 quilômetros de Caxias do Sul. Além disso, tem fortes colonizações italiana e alemã, o que se vê na gastronomia e arquitetura. A temperatura confere à cidade um clima europeu, com quatro estações bem definidas e invernos rigorosos. 

Localizada a cerca de 855 m acima do nível do mar, tem população estimada de 35 mil habitantes distribuídos entre as áreas urbana e rural. Ambas são potencialmente exploradas pela atividade turística, responsável por grande parte da economia. Gramado tem IDH de 0.841, considerado alto, graças à qualidade de vida e segurança.

Além do turismo, as oportunidades de emprego também se encontram na hotelaria e indústria moveleira, chocolates e comércio.  

Como é morar em Gramado – é caro viver lá? 

Morar em Gramado.

A pergunta que não quer calar: qual é o custo de vida em Gramado? A cidade na Serra Gaúcha é uma verdadeira potência turística. Então, a consequência vem nos preços relativamente mais altos, principalmente de aluguel. Ao mesmo tempo, também dispõe de mais opções de moradia, restaurante, mercados, serviços e emprego.   

Porém, como mencionamos, o trunfo de Gramado é a qualidade de vida. A cidade é próxima à capital, Porto Alegre, garantindo acesso rápido a serviços disponibilizados por lá, mesmo porque o transporte entre ambas é rápido. Entretanto, vale lembrar que a infraestrutura gramadense não perde para aquela disponibilizada na metrópole.  

Além da excelente infraestrutura e índice de desenvolvimento humano (IDH), Gramado é praticamente ligada a Canela, outra importante cidade da Serra Gaúcha. A dobradinha dispõe de oportunidades relevantes de estudo, moradia e trabalho. 

Então, quando falamos sobre o custo de vida em Gramado precisamos analisar todo o contexto, desde a infraestrutura que a cidade oferece, passando pelo fluxo turístico, até as oportunidades de trabalho e a segurança.

Qual o preço do aluguel em Gramado?

A moradia é certamente um dos fatores que mais pesam no orçamento, mas isso também vai depender da região. Quanto mais perto do centro, mais caro do preço do aluguel. Para se ter uma ideia, o aluguel de um apartamento de 85 metros quadrados no centro custa R$ 3.200 em média. 

Enquanto isso, em bairros um pouco mais afastados, um apartamento do mesmo tamanho custa cerca de R$ 1.850 por mês. Só que os apartamentos na cidade costumam ser bem grandes, razão pela qual compensa alugar imóveis de um quarto. 

Neste caso, o aluguel cai para a faixa de R$ 1.660 o que ajuda a reduzir o custo de vida em Gramado. O valor cai mais ainda ao alugar um estúdio de 45 metros quadrados em um bairro um pouco mais afastado, cujo aluguel custa cerca de R$ 1300 mensais.

O preço dos serviços básicos em Gramado não foge ao praticado em outras cidades. O pacote de contas de eletricidade, água, coleta de lixo e aquecimento custa, em média, de R$ 190,00 a R$ 310, a depender do tamanho do apartamento. Lembrando que os preços podem variar, uma vez que, no inverno, é necessário acionar o aquecimento. 

Alimentação em Gramado 

Os preços de alimentação em Gramado também variam conforme a área, pois estamos falando de uma cidade turística. Isso significa que nas áreas onde há atrações, como Rua Coberta, por exemplo, os preços são um pouco mais altos. Restaurantes mais elegantes também têm custos elevados. Enquanto redes de fast food têm tabelas padronizadas. 

Por fim, via de regra, os preços são mais ou menos assim (sujeitos a alterações): 

  • Refeição em restaurante econômico: R$ 24 por pessoa 
  • Cappuccino: R$ 9
  • Peito de frango (500g) : R$ 7,00 
  • Queijo (500g): R$ 16,00
  • Batata (1kg): R$ 3,32
  • Ovos (dúzia): R$ 7,00 
  • Vinho: R$ 30,00 
  • Cerveja nacional: R$ 11,00 a R$ 13,00

Transporte em Gramado 

Uma das vantagens de morar na estrela da Serra Gaúcha é a sua beleza. Assim, não é nada ruim andar a pé por lá. Além do mais, trata-se de uma cidade tranquila e segura, portanto, não há perigos nisso. 

Porém, para quem reside em bairros mais afastados ou em Canela, precisa, claro, usar o transporte público. O preço médio da passagem do ônibus coletivo em Gramado é de R$ 4,25 para a modalidade comum e R$ 5,10 para o microônibus. Para quem tem carro, o litro da gasolina está em R$ 7,00 (podendo variar). 

Infraestrutura de Gramado 

Quanto custa morar em Gramado.

Gramado tem infraestrutura que não deixa nada a desejar para cidades maiores. A cidade dispõe de educação de qualidade, transporte público, saúde e está entre as 50 cidades gaúchas com melhor índice de desenvolvimento. A própria arquitetura da cidade é inspirada nos estilos alemão, italiano e português. 

O projeto em estilo enxaimel demanda que as paredes sejam levantadas sem o uso de pregos, mas caibros, sejam verticais ou inclinados. Também há regras quanto à altura dos prédios e ao limite de barulho. Completam o projeto arquitetônico os parques e ruas arborizadas, muito bem cuidados e limpos. 

A qualidade de vida da cidade também é influenciada pelo investimento em segurança, resultando no baixo índice de criminalidade e respeito às leis. 

Mercado de trabalho em Gramado? 

O mercado de trabalho em Gramado também anda aquecido. Dados do  Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, mostram que, em  julho de 2021, a cidade apresentou 1,7 mil contratações.  

Quanto aos salários, variam conforme a profissão. O site Glassdoor têm atualizações constantes sobre as principais carreiras da cidade para se ter uma ideia das remunerações pagas por lá. 

Agora que você tem uma ideia de como é morar em Gramado, sabe o quanto vale a pena viver lá. Porém, toda mudança exige planejamento para manter a qualidade de vida esperada. 

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais