Europa

15 coisas que você não pode deixar de fazer em Edimburgo na Escócia!

15 coisas que você não pode deixar de fazer em Edimburgo na Escócia!
By     -   On

Edimburgo é a capital da Escócia e uma das cidades mais bonitas da Europa.

Inclusive, isso também é revelado pelo apelido do lugar “The Beauty of Scotland“, ” A Beleza da Escócia”.

Cercada por castelos medievais, esta cidade é dividida em duas partes!

A primeira é a Cidade Velha Medieval e a outra é a Cidade Nova de arquitetura georgiana construída no século 18.

Além disso, o nome da cidade significa “Fortaleza de Edwin“. Pois refere-se ao rei do antigo Reino Medieval da Nortúmbria, que viveu no século 7.

Ainda, Edimburgo tornou-se um importante centro espiritual.

Vale acrescentar que também ganhou o apelido de “Atenas do Norte“. Isso devido aos muitos edifícios neoclássicos e às grandes universidades, que lembram a Atenas antiga.

Então, vejamos agora…

15 coisas que você não deve deixar de fazer em Edimburgo!

Fotografar o Partenon de Edimburgo semi-acabado

O que fazer em Edimburgo na Escócia: Monumento Nacional da Escócia.
O templo neoclássico semi-acabado localizado em Calton Hill.

Antes de mais nada, esse é um dos pontos turísticos mais importantes de Edimburgo!

O Monumento Nacional da Escócia, começou a ser construído em 1826, inspirado no Partenon de Atenas.

É um templo de arquitetura neoclássica, construído em homenagem aos soldados escoceses que perderam a vida durante as Guerras Napoleônicas.

Além disso, fica no famoso Calton Hill Park e oferece vistas deslumbrantes.

No entanto, devido à falta de recursos, nunca foi concluído e até hoje permanece inacabado.

Visitar o Museu Nacional da Escócia

Depois de conversarmos sobre os antigos templos gregos, vamos dar um passeio juntos pelo Museu Nacional da Escócia.

Antes de mais nada, vem um pensamento ao olhar para a coleção de 300 vasos da Grécia Antiga…

Mas o que esses vasos da Grécia Antiga estão fazendo em um museu escocês?

Os antigos gregos e escoceses

O que fazer em Edimburgo na Escócia: ver a estátua do filme coração valente.
Aqui em Edimburgo, conversamos sobre história e descobrimos muita coisa em comum.

A conexão da Escócia com a antiga civilização é principalmente visível no antigo nome da Escócia, “Caledônia”.

Especula-se que pode ter vindo de “Kalidona”.

Kalidona era uma cidade-estado na Grécia Antiga que passou por migrações para o lugar que hoje chamamos de Escócia.

Adivinhe… Há historiadores que acreditam que os escoceses são de origem grega.

Mas claro que estamos falando sobre a história antiga da Escócia, que até hoje não foi totalmente explorada.

Além da coleção grega do museu, você terá a oportunidade de conhecer o país desde os tempos pré-históricos até hoje.

Uma surpresa espera por você no Museu Nacional da Escócia.

E se isso não bastasse, que tal a chance de ver o corpo empalhado de Dolly de perto?

Isso mesmo, você ouviu direito! Esta é a ovelha que entrou para a história como o primeiro mamífero clonado.

Caminhar pela Estrada Real

O que fazer em Edimburgo: andar pela Royal Mile.
Nesta rua histórica você vai aprender tudo sobre a Escócia!

Depois, saindo do Museu Nacional, vamos dar um passeio até a famosa Royal Mile, no coração da cidade velha.

É uma estrada pavimentada medieval que há 500 anos é atravessada pelos reis e rainhas do país.

Inclusive, lá você encontrará músicos itinerantes que vestem a tradicional saia escocesa e seguram o tradicional instrumento escocês, a famosa Gaita de Fole.

Visitar o Palácio Real da Escócia e a igreja histórica

O que fazer em Edimburgo.
A histórica igreja em ruínas da Abadia de Holyrood e o palácio de mesmo nome onde a Rainha Elizabeth hoje mora no verão.

No lado oeste da estrada está o Castelo de Edimburgo.

Enquanto que no leste está o Palácio de Holyroodhouse, que é a residência oficial do monarca britânico na Escócia.

Além disso, o nome deste palácio vem da histórica igreja da Abadia de Holyrood, que você encontrará nesta rua medieval.

Porém, a visita à igreja só é possível através do palácio e o ingresso inclui as duas atrações.

Explore o lendário Castelo de Edimburgo

O que fazer em Edimburgo: Castelo de Edimburgo.
O Castelo de Edimburgo é uma das atrações mais importantes da Escócia.

Antes de mais nada o Castelo de Edimburgo, definitivamente vale a visita.

Inclusive, a entrada é gratuita e você será recompensado com uma visão de perto da coleção exclusiva da Coroa Real conhecida como “Honra da Escócia”. Além disso, essa coleção consiste na famosa coroa real, no cetro real e na espada real, bem como em outras jóias preciosas.

Entrar na histórica Catedral de Santo Egídio ( St Giles)

O que fazer em Edimburgo: Catedral St Giles.Depois de concluir o passeio pelo castelo, você pode continuar sua caminhada até a Royal Mile para conhecer outras atrações, como a Catedral de St. Giles.

É uma das igrejas mais importantes da Escócia porque desempenhou um papel importante nas reformas do país.

Além disso, a entrada nesta igreja paroquial medieval é gratuita.

Por fim, para os que gostam de história, a Catedral de St. Giles foi construída em 1121.

Descobrir o símbolo do coração que os escoceses cuspiram

O que fazer em Edimburgo: O coração de Midlothian.
O coração conhecido como “The Heart of Midlothian”, no qual alguns escoceses cospem hoje, é o emblema do time de futebol de mesmo nome.

Depois da Catedral, saindo dela, você encontrará um mosaico em forma de coração, O Coração de Midlothian.

O coração marca a entrada do famoso prédio Old Tolbooth em Edimburgo, que foi demolido em 1817.

Além disso, esse é um prédio público que abrigou as primeiras sessões do Parlamento e mais tarde se tornou a prisão mais horrível da Escócia.

Inclusive, a partir de 1785 as execuções públicas começaram neste local.

Ainda, segundo a tradição, os escoceses cospem no coração em sinal de desprezo e não em sinal de sorte que alguns escrevem.

Conhecer o “Hachiko” de Edimburgo

O que fazer em Edimburgo na Escócia: estátua do cachorro Bobby.
A estátua do cachorro Bobby está localizada perto do Museu Nacional da Escócia.

Porém, se você acha que esta é a história mais dramática de Edimburgo, então você nunca ouviu a história de John Gray e o cachorro Bobby.

Este é um cão Skye Terrier que provou ser o melhor amigo do homem.

Isso aconteceu quando John morreu de tuberculose e foi enterrado em Greyfriars Kirkyard.

Bobby logo tocou o coração dos habitantes locais quando se recusou a deixar o túmulo de seu mestre, mesmo nas piores condições climáticas, Edimburgo.

Então, por quatorze anos, o fiel cão do morto permaneceu em vigília constante até sua morte em 1872.

Depois, a baronesa Angelia Georgina Burdett-Coutts, comovida com a história, pediu permissão à Câmara Municipal para erguer uma fonte com a estátua de Bobby colocada no topo .

Participar do maior Festival de Arte do mundo

O que fazer em Edimburgo na Escócia. Festivais da Escócia.
Fringes é o maior festival de arte do mundo e acontece do início de agosto até o final do mesmo mês.

Porém, é hora de deixar de lado as histórias dramáticas.

Então vamos falar sobre eventos mais felizes, como os maravilhosos festivais de Edimburgo que alegram a cidade.

Inclusive, a Escócia é o lar do maior festival de arte do mundo, chamado Edinburgh Fringe. Este festival dura mais de 20 dias, e dele participam mais de 50.000 visitantes.

Comprar no mercado tradicional de Edimburgo

O que fazer em Edimburgo na Escócia: visite o mercado tradicional.
No Grassmarket você deve experimentar o tradicional bolo escocês.

Antes de mais nada, Edimburgo é uma cidade que tem de tudo!

E o que nunca falta em uma cidade grande e importante? Um mercado tradicional!

Então, bem no coração do centro histórico de Edimburgo, atrás do castelo, fica o bairro Grassmarket.

Inclusive, essa é uma das áreas mais pitorescas e vibrantes da cidade.

Além de ser um paraíso de comerciantes, designers e artesãos independentes, atua desde a Idade Média e oferece as melhores lojas de Edimburgo.

Além disso, a área também é conhecida por abrigar alguns dos melhores restaurantes de Edimburgo!

Por fim, abriga também alguns dos bares mais movimentados e ecléticos.

Descobrir os parques mais bonitos da Escócia

O que fazer em Edimburgo na Escócia: visitar os parques.
O parque conhecido como Princes street Gardens!

Mas o que mais o impressionará em Edimburgo é o verde infinito que cobre a cidade.

Além disso, o norte de Atenas possui 32 parques, que incluem alguns dos mais belos parques da Escócia.

O mais famoso deles é Calton Hill.

Mas há também outros parques muito populares!

Por exemplo: o Princes Street Gardens, o Royal Botanic Garden e o parque Holyrood que abriga o Trono do Rei Arthur.

Desfrutar da mesma visão da qual o Rei Arthur já desfrutou uma vez

O que fazer em Edimburgo Na Escócia.
Uma das atividades obrigatórias em Edimburgo é caminhar até o “Arthur’s Seat “.

Primeiramente, esse é um antigo vulcão que é o pico principal das colinas de Edimburgo.

Além disso, de acordo com a lenda,  “Arthur ‘s Seat“, o Trono do Rei Arthur, foi nomeado após o Rei Arthur.

Ainda, alguns afirmam que foi o local do mítico Camelot.

Experimentar a bebida tradicional escocesa

O que fazer em Edimburgo na Escócia: provar o uísque escocês.
Em Edimburgo, você encontrará bares em cada esquina que oferecem o sabor de várias marcas de uísque escocês.

Então, quando terminar de conhecer os pontos turísticos, é hora de desfrutar do Scotch Whisky, o famoso uísque escocês.

Inclusive, Edimburgo é famosa por seus bares maravilhosos onde você pode experimentar o uísque que seu coração deseja.

Além disso,  ir a Edimburgo e não experimentar o Whisky, é como ir a Santorini e não provar o seu vinho.

Descobrir as melhores áreas de alimentação em Edimburgo

Ainda em Edimburgo, você encontrará todos os tipos de restaurantes!

Por exemplo, desde os com estrelas Michelin até mercados de produtores que vendem produtos locais.

No entanto, o show é roubado pela Leith Walk, que é conhecida por servir a melhor comida de Edimburgo. É um caminho de 20 quilômetros que acompanha o rio que corta o coração da cidade.

Além disso, ela começa em Balerno a oeste, passando por muitos pontos de interesse e termina em Leith a nordeste.

Tirar fotos na rua mais fofa de Edimburgo

O que fazer em Edimburgo Escócia.
Logo abaixo desta bela varanda estão as lojas coloridas

Antes de mais nada, Victoria Street é a obra-prima do arquiteto Thomas Hamilton e foi construída entre 1829 e 1834.

Inclusive esse é o homem por trás das maravilhas neoclássicas de Edimburgo.

Inicialmente, Victoria Street foi chamada de Bow Street até 1837, quando a Rainha Victoria subiu ao trono.

Além disso, se trata de uma rua curva de paralelepípedos no centro histórico de Edimburgo que conecta a ponte George IV e o mercado Grassmarket.

Ainda, a rua é conhecida por seus edifícios históricos de pedra com lojas coloridas no térreo.

Vale acrescentar que Victoria Street e The Shamble em York, Inglaterra, estão reivindicando a mesma coisa…

Acontece que York afirma que The Shambles Street foi a inspiração para Harry Potter. Além disso, afirma também que o Leadenhall Market de Londres forneceu as imagens externas para o filme.

Porém, Edimburgo reivindica os “direitos” do verdadeiro Beco Diagonal.

O que fazer em Edimburgo na Escócia: Victoria Street, rua com casas coloridas.
Edimburgo: rua com lojas coloridas, Victoria Street.

 

Brazil Greece

Equipe de redatores com foco na produção de conteúdo relacionado a viagens, saúde, cultura, curiosidades e dicas em geral. Temos no nosso time profissionais gregos que compartilham com vocês assuntos da Grécia e da cultura grega, como comidas, receitas, tradições, além de assuntos relacionados à Grécia Antiga e à Mitologia Grega.