Curiosidades

Por que você deveria pensar bem antes de usar o Wi-Fi do hotel?

Por que você deveria pensar bem antes de usar o Wi-Fi do hotel?
By     -   On

Em um mundo cada vez mais conectado, a segurança online se torna vital. Ao se hospedar em um hotel, você já parou para pensar nos riscos do Wi-Fi gratuito do hotel? Descubra os perigos ocultos e como proteger seus dados nesse cenário.

Um benefício que esconde riscos

Quando nos hospedamos em um hotel, a maioria de nós espera uma boa conexão de internet. Entretanto, essa comodidade pode ocultar riscos que não são amplamente discutidos. O Brasil é, infelizmente, um dos líderes em ciberataques, tornando o uso de redes públicas uma atividade potencialmente arriscada.

Entendendo a exposição nas redes compartilhadas

Em locais como hotéis, shoppings e aeroportos, diversas pessoas utilizam a mesma rede. Isso significa que potenciais cibercriminosos também podem estar online, explorando vulnerabilidades para executar seus atos mal-intencionados.

A segurança na rede varia conforme diversos fatores, e por isso, o uso cauteloso é sempre aconselhável.

Fortalecendo a segurança online

Ao conectar-se a uma rede Wi-Fi, principalmente em ambientes públicos, medidas adicionais de segurança são vitais. Se um cibercriminoso acessar o roteador, ele pode monitorar as atividades online de todos os conectados. Dados pessoais, fotos, documentos e senhas podem ser expostos.

Para contrapor esses riscos, o uso de ferramentas de proteção, como firewalls e VPNs, são essenciais. A VPN, por exemplo, mascara sua localização virtual, tornando sua atividade online menos visível a olhos indesejados.

Leia mais: 8 Filmes com mensagens profundas para pessoas com QI alto

Conexões aparentemente facilitadas

Encontrar uma rede Wi-Fi aberta pode parecer conveniente, mas é preciso cautela. Redes sem senhas podem ser utilizadas por cibercriminosos como “iscas” para atrair vítimas desavisadas.

Além disso, redes com nomes parecidos podem confundir os usuários, sendo uma delas potencialmente perigosa. Sempre é aconselhável verificar com um funcionário do local sobre a rede oficial do estabelecimento.

Leia mais: 8 maneiras de conseguir uma grana extra de R$ 2.000 por mês

A aparência engana, evite páginas falsas

Os cibercriminosos são astutos. Um roteador pode ser manipulado para direcionar usuários a sites maliciosos que se assemelham a páginas legítimas.

Portanto, é importante verificar se o site possui “https” no início do endereço, indicando uma navegação mais protegida. Além disso, assegure-se de que o endereço acessado é o pretendido. Caso necessite fazer transações bancárias ou pagamentos, o ideal é esperar por uma conexão confiável.

Nossa busca incessante por conectividade não deve nos deixar cegos aos riscos. Se optar por não usar a internet do hotel, lembre-se de desativar a opção de conexão automática em seus dispositivos. A segurança online deve ser uma prioridade, independentemente de onde estivermos conectados.

Agência Texty

Agência Texty é uma equipe de redatores profissionais especializados em marketing de conteúdo, produção de conteúdo para web, inbound marketing, estratégias de SEO avançadas.