Notícias

4 profissões sobrando que precisam de mão de obra – salários de até R$ 15.000

4 profissões sobrando que precisam de mão de obra – salários de até R$ 15.000
By     -   On

No cenário global atual, a demanda por mão de obra qualificada em diversas profissões tem crescido exponencialmente. Esse fenômeno é impulsionado por uma série de fatores, incluindo avanços tecnológicos, globalização e mudanças nas necessidades do mercado. A especialização e o desenvolvimento de habilidades específicas tornaram-se essenciais para atender às exigências de setores que dependem fortemente do conhecimento técnico e da expertise de profissionais bem treinados. E hoje, separamos aqui algumas profissões que não exigem mão de obra qualificada

A importância das profissões que exigem mão de obra qualificada

Profissões que exigem mão de obra qualificada são essenciais para o funcionamento eficiente de várias indústrias, desde tecnologia da informação até engenharia e saúde. Esses setores necessitam de indivíduos que possuam não somente um conhecimento profundo, mas também a capacidade de se adaptar rapidamente a novos desafios e tecnologias emergentes. A qualificação profissional, muitas vezes adquirida através de educação formal, treinamentos especializados e certificações, é vital para garantir que os trabalhadores estejam preparados para desempenhar funções complexas e contribuir significativamente para o progresso e a competitividade das empresas.

Além disso, a valorização da mão de obra qualificada reflete-se em salários mais elevados e melhores oportunidades de carreira, incentivando o contínuo investimento em educação e desenvolvimento profissional. Este cenário sublinha a importância de políticas educacionais e de treinamento que promovam a formação de profissionais altamente capacitados, prontos para enfrentar as demandas de um mercado de trabalho em constante evolução.

Por isso, confira a seguir as principais profissões que não precisam de mão de obra qualificada no país.

Leia mais: 4 profissões que exigem só o Nível Fundamental

Algumas profissões que exigem mão de obra qualificada

Detetive de dados

Conhecido como Cientista de Dados, esse profissional é responsável por coletar, interpretar, analisar e organizar dados, visando a tomada de decisões estratégicas nas empresas. Sua atuação contribui para reduzir custos, evitar desperdícios e otimizar práticas produtivas.

Para desempenhar suas funções, é necessário ter habilidades na identificação de padrões, tendências e correlações nos dados.

A formação acadêmica pode incluir Ciência da Computação, Estatística, Matemática, Engenharia de Dados ou áreas afins. Além disso, é essencial dominar linguagens de programação, especialmente Python ou R. O salário médio para esse cargo varia entre R$ 6.000 a R$ 15.000 mensais.

Analista de TI

O Analista de Tecnologia da Informação tem a responsabilidade diária de solucionar problemas relacionados à rede de computadores, desenvolvimento de software, suporte técnico, segurança da informação, entre outras áreas.

Para ingressar nessa função, é recomendado concluir uma graduação em Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação ou áreas afins. O salário médio para esse cargo varia entre R$ 4.000 a R$ 8.000 mensais.

Leia mais: Você se sabota? 3 hábitos que te afastam do SUCESSO

Tecnólogo em Agricultura Digital

Conhecida como Agricultura de Precisão ou Agricultura 4.0, essa profissão visa aplicar soluções inteligentes no setor agrícola.

No dia a dia, os profissionais dessa área são responsáveis por otimizar a produção agrícola por meio de dispositivos, análise de dados, sistemas de localização geográfica, inteligência artificial e outras tecnologias pertinentes. Para se qualificar nesse campo, é necessário cursar Agricultura Digital ou áreas correlatas. O salário médio mensal para esse cargo varia entre R$ 2.400 a R$ 5.800.

Leia mais: Como se tornar fluente em uma nova língua com o ChatGPT?

Engenheiro de Software

Este profissional é responsável por desenvolver e implementar sistemas de softwares em empresas. Para isso, eles projetam, testam e fazem reparos e otimizações em aplicativos, programas e grandes sistemas de computação.

Para se especializar nesta área, você precisa ter graduação em Ciência da Computação, Sistemas de Informação ou Engenharia da Computação.

Mas, além disso, você deve buscar certificações e cursos de especialização em inteligência artificial, desenvolvimento web, entre outros. O salário médio mensal de alguém neste cargo varia entre R$ 6.800 a R$ 8.500.

Gostou de descobrir quais profissões falta mão de obra qualificada? Então não se esqueça de conferir outras informações interessantes no site Brazil Greece!

Júlia de Almeida

Julia é uma redatora de conteúdo criativa e versátil, com mais de cinco anos de experiência em escrita para blogs. Ela tem uma habilidade única para adaptar seu estilo de escrita a diferentes públicos e temas. Ela é especialista em criar artigos detalhados e bem pesquisados, garantindo que cada peça seja informativa e atraente. Seu portfólio inclui trabalhos em áreas como moda, viagens, cultura e estilo de vida. Além de escrever, Julia é apaixonada por fotografia e adora integrar suas fotos em seus trabalhos para tornar cada postagem ainda mais especial.