Quem tem pressão alta pode tomar cerveja? Qual o limite seguro para o consumo?

Detalhes sobre o efeito do álcool no organismo de quem tem pressão alta.

A verdade é que mesmo quem consome álcool com frequência sabe que as bebidas alcoólicas não fazem bem ao corpo. Imagine então o efeito disso em um indivíduo que já lida com problemas de saúde no dia a dia. Inclusive, um dos problemas de saúde mais prevalentes na população é a Hipertensão Arterial, também conhecida como “pressão alta”. Então, aí que entra a dúvida de muitos: quem tem pressão alta pode tomar cerveja?

Por isso, trouxemos aqui algumas considerações sobre o consumo de álcool e quais as melhores formas de lidar com isso. Se você tem dúvidas e quer saber se quem tem pressão alta pode tomar cerveja, confira este artigo na íntegra!

Como a cerveja age no corpo?

A cerveja não age apenas como uma substância usada para diminuir a inibição durante eventos sociais. O álcool contido na cerveja afeta muitas partes do corpo, como o cérebro, os rins e o fígado, por exemplo.

Com o consumo constante, o corpo acaba por não funcionar muito bem, o que causa estresse e pode piorar a saúde. No caso de quem tem pressão alta, o consumo de álcool em grandes quantidades é ainda pior. Isso porque o álcool estimula o aumento da pressão arterial. Primeiro porque ele reduz os níveis de óxido nítrico, um dos responsáveis pelo relaxamento das paredes dos vasos sanguíneos.

Além isso, o álcool é responsável por aumentar a pressão exercida  pelo sangue nas paredes dos vasos sanguíneos, além de prejudicar o bombeamento do sangue pelo coração.

Tudo isso em conjunto contribui para o aumento dos níveis pressóricos, fazendo com que a pressão arterial possa ficar fora de controle por muitos dias.

Isso tudo sem contar que o álcool é fonte de carboidrato, contribuindo para o aumento do peso, o que impacta diretamente na elevação dos níveis pressóricos.

LEIA MAIS:

Existe uma quantidade segura de álcool para tomar quando se possui pressão alta?

Bom, tudo depende do metabolismo do corpo de cada pessoa. Existem alguns médicos e profissionais da saúde que afirmam que os homens podem beber até 2 doses de álcool por dia, o que corresponde a menos de 30 g, e que as mulheres ou indivíduos de baixo peso podem tomar até 1 dose, ou 14 g. Contudo, isso se aplica apenas para quem não possui nenhuma doença e nem faz uso de medicações.

Já no caso de quem possui pressão alta, não há quantidade segura, pois normalmente essas pessoas toleram quantidades ainda menores.

Dessa maneira, o melhor a se fazer é procurar consumir o mínimo possível e saber conversar com os amigos e entes queridos sobre a necessidade do controle.

Por fim, é importante que a pessoa com pressão alta aprenda a colocar saúde em primeiro lugar e entender que para tudo é necessário bom senso e moderação, sem ter que abandonar aquela saidinha no fim de semana com os amigos.

Se você gostou dessas dicas, não deixe de acompanhar outras novidades em nosso site Brazil Greece para saber mais.

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais