Sonambulismo tem cura? Saiba o que fazer para tratar!

Será que o Sonambulismo tem cura?

Antes de mais nada,o sonambulismo é um distúrbio do sono que é mais comum durante a infância e a adolescência. Porém, pode ocorrer também na fase adulta. Nesse último caso, a condição pode não responder tão bem ao tratamento. Além disso, o mais comum é que ocorra um sonambulismo “calmo”.

Porém, em alguns casos, a pessoa pode caminhar de forma agitada. Além de poder ter comportamento agressivo ou falar coisas sem sentido.

Sofro de sonambulismo, o que fazer?

Primeiramente, o tratamento do sonambulismo envolve basicamente o controle dos fatores desencadeantes.

Controlar outros distúrbios do sono associados

Antes de mais nada, é necessário controlar alguns distúrbios do sono que possam vir associados. Por exemplo, a Apneia Obstrutiva do Sono. Apneia obstrutiva do sono é uma doença caracterizada por roncos e despertares noturnos, principalmente em pacientes obesos. Além disso, outra condição frequentemente associada ao sonambulismo é a e Síndrome das Pernas Inquietas.

Tratar outras doenças associadas

Por exemplo, doenças como a ansiedade e a depressão podem ser uma das causas de sonambulismo.

Dormir a quantidade suficiente

Além disso, deve-se evitar a privação do sono. Portanto, o ideal é dormir pelo menos 7-8 horas por noite.

Adotar medidas de higiene do sono

Ainda, a higiene do sono é fundamental e inclui medidas como:

  • Evitar cochilos ao longo do dia
  • Evitar exposição à luz antes de deitar e o uso de materiais eletrônicos. Por exemplo: videogames, TV, computadores e celulares
  • Ter um horário certo para ir para dormir e para acordar todos os dias
  • Evitar barulhos no quarto
  • Manter uma temperatura agradável no quarto
  • Evitar bebidas com cafeína até 6 horas antes de ir para a cama
  • Cessar o tabagismo
  • Evitar refeições volumosas ou “pesadas”
  • Reduzir o consumo de bebidas alcoólicas
  • Evitar assuntos estressantes próximos à hora de deitar. Por exemplo: trabalho, escola e problemas familiares
  • Organizar a programação do dia seguinte antes de ir para a cama
  • Não dormir mais que o suficiente. Então, caso se sinta descansado, levante-se e comece o seu dia imediatamente
  • Fazer atividade física diariamente
  • Evitar atividade física intensa até 6 horas antes de dormir

Proteger o ambiente

Além disso, um outro ponto importante é cuidar do ambiente ao redor, adotando medidas de proteção.

Por exemplo:

  • Trancar as portas e janelas
  • Retirar objetos pontiagudos do quarto
  • Retirar itens perigosos ou potencialmente perigosos do quarto ( medicamentos, chaves ou até mesmo armas)
  • Preferir dormir no térreo (para evitar acidentes e quedas durante a noite)
  • Em casos persistentes, pode ser interessante instalar alarmes nas portas de saída da acomodação

Fazer psicoterapia

Além disso, alguns pacientes podem se beneficiar de terapia cognitivo-comportamental. Ainda, a hipnose é uma outra opção.

Consultar um profissional do sono

Por fim, às vezes essas medidas não são suficientes. Então, nesses casos, pode ser necessário iniciar uma terapia medicamentosa.

Porém, para isso, sempre procure antes um especialista em sono para a realizar a sua avaliação.

LEIA MAIS: Pré-Diabetes Tem Cura? Saiba O Que Fazer Para Tratar!

O Sonambulismo tem cura?

Por fim, a boa notícia é que na maioria das vezes há uma solução. Pois, o sonambulismo melhora com a correção dos fatores desencadeantes. Além de melhorar também com o avançar da idade. Inclusive, normalmente cessa até a adolescência.

Porém, é importante manter o acompanhamento médico. Pois assim você terá uma melhor avaliação. Ainda, esse acompanhamento é essencial principalmente nos casos persistentes.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais