4 coisas que até hoje ninguém consegue explicar

Das mais simples até as mais complexas, os assuntos pendentes na ciência ainda se mostram como mistérios.

Quando olhamos para trás, há cerca de 50 anos, vemos diversas coisas que só foram possíveis de serem entendidas por conta da evolução da medicina, tecnologia e ciência como um todo. No entanto, apesar desse crescimento exponencial de conhecimento, ainda existem assuntos sem explicações da ciência que deixam todos curiosos.

4 Fatos da ciência que permanecem um mistério

1. A quantidade de genes do tomate

Uma das coisas que os cientistas não descobriram é o motivo do tomate possuir mais genes do que o ser humano, sendo uma questão em aberto até hoje. Para entendermos melhor, os genes são sequências de informações que formam o nosso DNA, e de outros organismos (como o tomate) extremamente importantes para ditar as nossas características.

Apesar de o ser humano ser muito mais complexo, com mais informações e diversidades, curiosamente o tomate possui 7.000 genes a mais que nós. No entanto, ainda não se sabe o motivo exato para isso, mas acredita-se que a explicação esteja no fato dele possuir muitas variedades genéticas.

2. O ronronar dos gatos

Outra dúvida é o ronronar dos gatos. Afinal, por que eles fazem isso? Com a observação, é possível identificar essa característica quando estão relaxados, felizes. Porém, isso também ocorre quando estão com dor.

Existem todas essas hipóteses, mas a ciência ainda não conseguiu “bater o martelo” e garantir uma resposta comprovada com resultados respaldados. Enquanto isso, nós seguimos amando esse bichinho e adorando quando isso acontece.

LEIA MAIS: O bocejo é contagioso? Veja os mitos e verdades sobre bocejar!

3. A causa do Alzheimer

Além da causa ainda não ter sido identificada, a cura para o Alzheimer também é uma incógnita para o mundo do diagnóstico e terapia. A doença afeta a memória, e por isso a identidade do indivíduo, ainda é um assunto que precisa ser muito estudado.

No entanto, tratamentos paliativos são administrados, mas alguns casos são mais agressivos e rápidos do que outros. Isso acontece por conta de fatores genéticos, ou por conta da idade avançada.

4. O efeito placebo

O cérebro é magnífico, e têm coisas ligadas a ele que ainda não possuem explicação. Por exemplo, o efeito placebo. O placebo é uma substância, sem princípios ativos, que causa melhora para o indivíduo, pois ele acredita que aquilo vai o curar.

Basicamente, é a mente curando o corpo através de fatores psicológicos. Essa espécie de tratamento pode aliviar dor, melhorar o humor, a ansiedade, a concentração, a coordenação motora e até mesmo a memória.

Gostou das curiosidades sobre assuntos sem explicações da ciência? Então não se esqueça de conferir outras informações interessantes em Brazil Greece!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais