Veneza: Tudo sobre a cidade europeia que está afundando!

 

Ruas de Veneza ficam alagadas após enchente…

Veneza inundada…” 

Chuvas alagam mais da metade de Veneza e danificam a famosa Basílica de São Marcos…

Essas eram as notícias que chegavam até nós poucos dias antes da nossa viagem.

Com a viagem já marcada, passagens aéreas compradas e hotel já reservado, a única certeza em nossas mentes era a de que tínhamos acertado no roteiro escolhendo essa cidade incrível como uma das nossas paradas!

Afinal, não sabemos ao certo quanto tempo temos antes de Veneza desaparecer…

Um pouco sobre Veneza…

mapa-de-veneza
Veneza é banhada pelo Mar Adriático, que faz parte do Mar Mediterrâneo.

Veneza, que está na lista dos Patrimônios da Humanidade, é conhecida como a cidade dos canais e exala romantismo e arte. 

Localizada ao nordeste da Itália, é banhada pelo Mar Adriático.

A cidade é cheia de vielas e canais, o que a torna possível de ser explorada em poucos dias. 

O Mar Adriático é uma parte do Mar Mediterrâneo, que banha: Albânia, Bósnia Herzegovina, Croácia, Eslovênia, Itália  e Montenegro.

A história de Veneza é mágica!!

Sobre a construção de Veneza

construcao-de-veneza
Construção de Veneza: várias estacas de madeiras, fincadas no fundo do mar, ainda hoje servem de base para edifícios da cidade!

A cidade foi construída em meio a cerca de 118 ilhas na Lagoa de Veneza, localizada na parte norte do Mar Adriático.

A sua construção ocorreu após a queda do Império Romano do Ocidente, no quinto século d.C. Durante esse período, os bárbaros tentavam conquistar as terras romanas e os colonos viram então a necessidade de ter uma base para resistir à invasão.

Eles precisavam então de uma fortificação para sua defesa.

Para que pudessem usar a região como um forte, construíram vários canais e pontes entre as ilhas.

Depois disso, drenaram as suas margens com pedaços de madeira.

Várias estacas de madeira também foram lançadas no mar e fincadas na lama ao fundo das suas águas, servindo posteriormente como base para muitos edifícios da cidade.

Difícil acreditar, mas as madeiras continuam lá desde a construção de Veneza, sustentando diversas edificações.

Porém, como há a pressão dos edifícios contra o solo, a cidade segue afundando.

Ao longo do tempo, foram feitos reforços nas margens dos canais para fortalecê-los.

Hoje Veneza conta com cerca de 150 canais e 400 pontes.

Os Enigmas da cidade flutuante 

Ao escrever esse artigo, começamos a viajar na história da cidade de Veneza e nos seus enigmas. Foi então que uma série de perguntas surgiram nas nossas cabeças!

– Veneza está afundando?

– Quanto Veneza está afundando? 

– Qual a causa das enchentes?

– Por que as estacas de madeira não apodreceram? 

Para não nos prolongarmos nesse assunto, dedicamos um artigo só para isso! Você pode conferir no link abaixo!

Como ir a Veneza?

praça-de-sao-marco-veneza
A rota de chegada mais escolhida é a de Roma a Veneza.

Muitos optam por chegar a Veneza saindo de Roma, pela maior facilidade de pegar voos que partem do Brasil em direção à capital. A distância de Roma a Veneza é de cerca de 526 km.

Mas uma  opção mais rápida é pegar um trem de Milão a Veneza. Em pouco mais de duas horas você chegará ao seu destinoA distância de Milão a Veneza é  cerca de 278 km e você consegue voos diretos saindo do Brasil para Milão com bons preços.

Mas, voltando para a opção mais escolhida…

Como ir de Roma a Veneza?

gondola-veneza-italia
Partindo de Roma, há várias maneiras de chegar a Veneza.

Para quem está em Roma, há diversas maneiras de ir à famosa cidade dos canais, vamos postar aqui algumas delas!

✈ Avião

Veneza possui dois aeroportos. O principal da cidade é o internacional, que se chama Marco Polo e fica a cerca de 13 km da cidade. 

O outro aeroporto é o Antônio Canova que fica em Treviso, a 40 Km de Veneza e recebe voos de companhias low cost, empresas de baixo custo muito comuns na Europa.

✈ Trem

Utilizar transporte público é uma das maneiras mais eficazes para chegar a Veneza. Em Roma, dirija-se a Estação Roma Termini com destino a Estação Venezia Santa Lucia.

Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteria e custam em torno de € 40,00. Contudo, sugerimos que esteja preparado para imprevistos e realize a compra com antecedência pela internet. 

O percurso do trem dura, em média, quatro horas e, na nossa opinião, é a melhor opção.

Sempre que possível optamos por viajar de trem pela Europa, as estações são lindas, as paisagens são deslumbrantes e dependendo da estação, você ainda consegue fazer compras enquanto esperam o trem. 

No entanto, nem sempre compensa, se você está na dúvida, esse artigo pode te ajudar a decidir: 

Ônibus

Utilizar o ônibus para chegar a Veneza pode não ser tão fácil. Vale lembrar que Roma fica na região central e Veneza está localizada a nordeste da Itália. Com isso, a duração média da viagem é de sete horas, mas o tempo de percurso pode demorar até cerca de oito horas.  

Se ainda assim o ônibus for a sua escolha, você pode se dirigir à Estação de Tiburtina, que tem Bolonha como destino. Ao chegar lá, pegue um ônibus com destino ao Aeroporto Marco Polo de Veneza. Após isso, pegue outro ônibus com destino à Estação Santa Lucia.

Caso prefira ir direto, sem paradas, pegue um ônibus na estação Tiburtina que vai até a estação Tronchetto de Veneza, a duração da viagem é de cerca de 6h 45 min

Os horários sofrem variações de acordo com a estação e o valor da passagem varia entre € 50,00 e € 60,00.

Tour em grupo

Um tour em grupo também é uma opção. Além de poder fazer novas amizades e conhecer novas culturas, os preços podem ser melhores. Isso se dá porque os valores são divididos com mais pessoas que têm o mesmo objetivo que o seu: conhecer um lugar magnífico.

Carro alugado

Caso esteja acompanhado ou com um grupo de amigos, alugar um carro é uma opção.

A vantagem é que você poderá dirigir no seu tempo e com tranquilidade.

A desvantagem é que o percurso é longo e o trânsito pode ser  intenso.

Além disso, embora as estradas sejam bem sinalizadas, elas podem confundir quem não está acostumado.

Talvez você não esteja familiarizado com algumas sinalizações e alguns pardais podem passar despercebidos.

Lembrando que há pedágios no caminho e que o valor pode ser bem alto.

Se você pretende ir de carro para Veneza e quer saber o que é  necessário, escrevemos mais a respeito no final do post!

✈ Tour privativo

Para quem prefere uma experiência personalizada, a opção de fazer um tour privativo guiado pode ser mais interessante.

Além de não perder tempo desnecessariamente, é seguro e cômodo. 

Você pode fazer a compra pela internet e alguns deles incluem, além do guia:  transporte, hotel e um passeio de gôndola.

A nossa escolha…

spiez-suica
Parada na Estação de Spiez para pegar o trem em direção a Veneza.

Como estávamos na Suíça, pegamos um trem de Spiez em direção a Veneza pela Trenitalia. Fizemos a compra pela internet com antecedência. O trajeto, com uma troca de trem, durou 5 h e 23 minutos

O trem faz uma parada em Milano Centrale e chega a Venice Mestre. Essa parte do trajeto dura cerca de 2 horas.

É permitida a entrada carro em Veneza?

Em Veneza, as opções de locomoção  são: meios aquáticos via canal e caminhada pelas calçadas para pedestres.

Os carros não são permitidos já que não há ruas para que eles transitem.

Mas caso você esteja viajando de carro pela Europa e decida passar alguns dias em Veneza, você pode estacionar o seu veículo no estacionamento de Tronchetto, por cerca de € 25,00-30,00 a diária.

Portanto, caso opte por viajar de Roma para Veneza de carro, é necessário estacionar e continuar a pé ou de ferry.

Como ir do Aeroporto Marco Polo a Veneza?

vista-ferry-veneza
Pegamos uma Ferry do Aeroporto de Veneza ao centro.

Chegando pelo  Aeroporto Marco Polo, você pode ir a Veneza de ônibus, táxi, ferry, táxi aquático ou de transfer.

É importante saber que a última estação  em que é permitido o acesso por  meio de transporte terrestre é a Piazalle Roma, de lá você poderá completar o seu trajeto de balsa, de táxi aquático ou a pé.

Nossa experiência

taxi-aquatico-veneza-italia
Táxi aquático é uma oportunidade de viver uma experiência diferente em Veneza.

Para ir de Marco Polo a Veneza, pegamos um ferry, pagamos cerca de € 15,00 e o trajeto durou cerca de 35 minutos

Na volta, de Veneza para o aeroporto, optamos por nos aventurar no táxi aquático, e foi uma experiência incrível! O watertaxi custou € 100,00. Ele recebe até 6 pessoas, porém uma taxa extra é cobrada no caso de mais de 4 pessoas.

Outro detalhe: no táxi aquático é permitida apenas uma mala grande por pessoa. 

Não é a opção mais econômica, mas caso você esteja em grupo e com poucas malas, não deixe de viver essa experiência!

O que fazer em Veneza? 

✈ Tour de gôndola

passeio-gondola-veneza-italia
O Passeio de Gôndola é considerado a atração número um de Veneza.

O passeio de gôndola é considerado a atração número um de Veneza.

Há vários pontos de paradas ao longo da cidade, mas é importante escolher algum que seja próximo ao ponto turístico que você quer conhecer.

O percurso varia conforme o local de abordagem do gondoleiro. 

Gondoleiro é a pessoa que guia a gôndola. Eles usam camisa listrada e geralmente cantam, contam histórias e assobiam. 

Vale mencionar que nem todos falam inglês ou outro idioma que não seja o italiano.

Portanto, se fatores como comunicação e ouvir histórias são essenciais para você, escolha com cautela o seu gondoleiro.

Apenas de gôndola você terá acesso a tesouros escondidos, visto que não há outra maneira de chegar até lá. 

⤿ Quanto custa o passeio de gôndola em Veneza?

Os valores variam conforme o número de pessoas,a estação do ano e o horário.

A média de valor para um passeio de cerca de 30 minutos, é de € 80,00 para até 6 pessoas.

À noite, esse mesmo passeio pode custar até € 120,00.

✈ Canal Grande

canal-grande-veneza-italia
Caminhando pelo Canal Grande à noite você verá Veneza por outro ângulo.

O Canal Grande é o principal e o maior canal da cidade, ele tem a forma de um S ao contrário e através dele você poderá ir às principais atrações da cidade.

Gôndolas e vaporettos trafegam por vários pontos do canal, durante o trajeto e cruzando  algumas pontes, é possível observar antigos palácios e lindas construções com fachada gótica. 

Além disso, você passa sob a emblemática Ponte Rialto e ele te conduzirá à Praça de São Marcos.

O canal possui cerca de 5 metros de profundidade e em alguns pontos, a sua largura chega a 90 metros.

✈ Ponte Rialto

ponte-rialto-veneza-italia
Sobre a Ponte Rialto em Veneza você encontrará várias lojas famosas.

A Ponte Rialto conta com um sólido arco de pedra que sustenta lojas famosas e repletas de pedestres.

Com cerca de 48 metros de comprimento, é a mais antiga das pontes que cruzam o Canal Grande e já foi reformada diversas vezes desde a sua construção no século XVI.

É um ponto turístico que vale à pena ir por diversas razões: fica perto da Igreja de São Bartolomeu, é possível observar diversos barcos e, por fim, é um lugar que rende fotos fantásticas

✈ Praça de São Marcos

praca-de-sao-marcos-veneza-italia
A Praça de São Marcos concentra as principais atrações de Veneza.

A Praça de São Marcos é a famosa praça de Veneza que abriga os principais monumentos da cidade.

Sua construção foi iniciada no século IX e no início era apenas um pequeno espaço à frente da Basílica de São Marcos

Hoje, o lugar está repleto de pessoas ( e de pombos…) e permite que você veja a grandiosa Basílica ao fundo, que se opõe às ruas estreitas de Veneza. 

Também na praça você verá o Palácio Ducal e o Campanário da Basílica.

✈ Basílica de São Marcos

basilica-de-sao-marcos-veneza-italia
A Basílica de São Marcos ostenta a arquitetura Italo-bizantina.

A Basílica de São Marcos é um notório símbolo da arquitetura Italo-Bizantina. Localizada na Praça de São Marcos e conectada ao Palácio Ducal, ela é a igreja mais famosa de Veneza. 

A construção data do século IX, possui detalhes em ouro e uma fachada gótica e também ficou conhecida como Chiesa d’Oro ( Igreja de Ouro). 

Foi construída para guardar o corpo de um dos quatro evangelistas, San Marco. A decoração conta a história da cidade, que era o elo entre o Oriente e o Ocidente e a imponência do edifício representa o poder Veneziano da época. 

✈ Campanário de São Marcos 

campanario-de-sao-marcos
O Campanário de São Marcos é a construção mais alta de Veneza.

O campanário é uma torre de sino, que foi originalmente construída para ser um farol. 

Com cerca de 99 metros de altura, ela  é considerada o edifício mais alto da cidade. É um lugar que proporciona uma vista panorâmica da cidade, além do seu valor histórico. Para que você aproveite melhor o passeio, o dia deve estar limpo e o céu claro.

✈ Ponte dos Suspiros

ponte-dos-suspiros-veneza
A Ponte dos Suspiros liga a sala de interrogação do Palácio Ducal à Prisão.

A Ponte dos Suspiros é uma ponte fechada com pequenas janelas que liga a sala de interrogação do Palácio Ducal à prisão.

Recebe esse nome pois os prisioneiros ao serem transportados para a prisão através dessa ponte, suspiravam ao ver pelas suas janelas os raios de sol pela última vez.

✈Murano e Burano

burano-italia
Burano é uma charmosa vila de pescadores.

A sua viagem pode ficar ainda melhor se você pegar o vaporetto e ir até a famosa cidade dos artesãos, Murano. Uma vez lá, você poderá ver peças trabalhadas em vidro e o Museu do Vidro.

Burano é uma charmosa vila de pescadores, que propicia a ida ao Museu Scuola dei Merletti.

✈ Libreria Acqua Alta

libreria-acqua-alta-veneza
Libreria Acqua Alta em Veneza é considerada uma das mais bonitas do mundo.

Essa livraria é considerada uma das mais bonitas do mundo. Uma vez nesse lugar, você conseguirá ver uma gôndola passando ao seu lado, no mesmo nível. 

Devido às frequentes enchentes, o acervo para leitura foi disposto dentro de banheiras, o lugar também possui lixos à prova d’água e em uma das salas há uma gôndola tamanho real.

É uma experiência que com certeza vale a pena.

Onde ficar em Veneza?

Para decidir onde ficar em Veneza, é importante entender um pouco a respeito da sua geografia.

Durante a nossa escolha de hotel em Veneza, a primeira dúvida que surgiu foi : ficar na parte continental ou na ilha?

Como assim?

Veja no mapa de Veneza.

mapa-de-veneza
Você pode escolher entre ficar em Mestre ou na Ilha.

Mestre é a parte continental que está ligada a Veneza pela Ponte da Liberdade. Partindo de lá, para chegar à ilha, que fica a cerca de 10 km de Mestre, você deve cruzar a ponte. E aqui a gente não recomenda que você use o seu carro, pois o estacionamento ao chegar na ilha é bem mais caro que estacionar na parte continental .

O trajeto até Veneza leva cerca de 15 minutos e você pode usar o transporte público. A vantagem de se hospedar em Mestre é que os preços são bem melhores e pode ser uma opção durante a alta temporada, pois Veneza é uma cidade de custo elevado.

⤿ Sobre a parte da Ilha

onde-ficar-em-veneza-italia
Ficando no centro, você poderá ir a pé aos principais pontos turísticos.

Veneza, que é a região turística, compreende seis bairrosCannaregio, Castello, Dorsoduro, San Marco, San Polo e Santa Croce.

Todos são ótimas opções, já que ficam na ilha e você poderá ir a pé aos principais pontos turísticos da cidade. 

A nossa escolha foi ficar na região de San Marco, bem no núcleo de Veneza.

A poucos minutos a pé você chega às principais atrações, como a Praça de São Marcos, a Ponte Rialto e a Ponte dos Suspiros.

Com a vantagem de ter muitos restaurantes e bares próximos, o único detalhe é que os preços por lá são um pouco “salgados”. 

Além disso, ficando no centro, você tem a oportunidade de caminhar durante a noite ao longo do Canal Grande, apreciando os seus lindos canais, as suas pontes e as suas construções que remetem ao renascentismo.

veneza-a-noite
Veneza à noite.

Ficando em San Polo, você também estará bem localizado, perto da Ponte Rialto.

Caso opte por Santa Croce, ficará um pouco mais afastado do centro, pouco mais de 15 minutos. É nesse local que fica a última estação de Veneza com acesso permitido a veículos, a Piazzale Roma.

Um detalhe…

Vamos lembrar que a parte turística é uma ilha! Logo, você não terá auxílio de automóveis, como carros e ônibus para levar as suas malas. O principal meio de transporte utilizado em Veneza são os vaporettos, que é considerado um ônibus flutuante. 

Avalie com cautela a localização, pois carregar peso pode ser mais estressante do que o trajeto.

Quantos dias ficar em Veneza?

Uma pergunta difícil de ser respondida, mas a gente diria que 2 dias seria uma quantidade boa para visitar pelo menos os principais pontos turísticos locais.

E para finalizar, alguns tópicos importantes…

passeio-de-gondola-em-veneza
Passeio de Gôndola em Veneza.

Como ter internet na Itália?

Seja para se comunicar com os amigos e familiares, seja para usar as redes sociais ou simplesmente para usar o GPS e otimizar a sua locomoção pela cidade, ter um SIM CARD com internet facilita e MUITO a sua viagem

Aplicativos como Maps para IOS e o Google Maps são de grande utilidade te mostrando os melhores meios de chegar ao seu destino. A gente sempre usa nas nossas viagens!

Hoje em dia, preferimos comprar o SIM CARD ao chegar na Europa e compramos o pacote de acordo com a quantidade de dias de viagem.

Porém, caso não queira perder tempo procurando uma loja na Europa para comprar o seu, você pode comprar daqui do Brasil mesmo. A opção que usamos na ocasião foi easysim4you e funcionou bem. A empresa nos deu o suporte necessário quando precisamos adicionar mais dias ao nosso pacote.

O seguro viagem é obrigatório na Itália?

Além de ser essencial no seu planejamento financeiro, o seguro viagem é obrigatório para viajar para a Itália e para a maioria dos países europeus.

O seguro deve cobrir pelo menos € 30.000,00 de despesas.

O que é necessário para dirigir na Itália?

Para dirigir na Itália, você vai precisar da sua CNH( Carteira Nacional de Habilitação) e do seu passaporte válidos.

Além disso, é recomendável emitir a sua PID (Permissão Internacional para Dirigir), pois ela também pode ser cobrada por algumas locadoras de carro e caso você seja parado pela polícia rodoviária.

Na maioria das vezes, a PID não é cobrada, mas caso prefira estar seguro, ela é emitida pelo DETRAN de cada estado e você deve conferir no seu estado se a opção de emiti-la pela internet está disponível.

veneza-italia

✰ Dicas bônus ✰

★ Carro:  a menos que você já esteja de carro, seja por causa de uma road trip ou por algum outro motivo, não aconselhamos que vá a Veneza dessa forma. O motivo é simples: você não poderá usar o carro para se locomover na ilha e ainda terá que pagar caro pelo estacionamento. 

★ Água da torneira: você pode beber a água da torneira em Veneza, pois ela é considerada segura! Inclusive, ao andar pela cidade, você encontrará diversas fontes de água potável dispostas pelo caminho. 

★ Horário de funcionamento dos restaurantes: ATENÇÃO!! Os restaurantes não costumam ficar abertos até tarde para o jantar, muito fecham entre 21:30 e 22 h. 

Lembrando que no inverno os horários podem ser ainda mais restritos. Passamos por uma dificuldade no nosso primeiro dia para encontrar um restaurante para jantar. Por fim, acabamos no Hard Rock Cafe da cidade, que também foi uma ótima opção. Porém, se você está à procura de um jantar italiano típico, não deixe para sair tarde! 

★ Day trip: algumas pessoas perguntam se vale a pena um bate e volta de Roma a Veneza. Confesso que consideramos a opção, porém a nossa conclusão foi a de que seria extremamente cansativo. Primeiro porque Veneza merece mais de um dia e segundo porque Roma não é tão perto assim. Uma viagem de 4 horas pode te deixar exausto o suficiente a ponto de não curtir a cidade ao máximo.

★ Malas: lembre-se de que na ilha você terá que carregar as malas até o hotel, já que o acesso de carros não é permitido! Portanto, pense bem na hora de escolher quantas malas levar e na hora de escolher a localização do seu hotel. 

Além disso, caso opte por táxi aquático, só é permitido uma mala grande por pessoa e caso haja 5 malas ou mais por táxi, uma taxa extra será cobrada.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais