5 coisas que os brasileiros compram para parecerem mais ricos

Você também compra?

O custo de vida vem aumentando cada dia mais, e a sociedade em que vivemos hoje parece se importar muito mais com os bens de consumo e os bens materiais. Infelizmente, com o crescimento das redes sociais, fotos no Instagram, exibição do luxo, cada vez mais as pessoas têm a tendência de tentar mostrar coisas que não têm condições de comprar, ou até mesmo o que não são. Tudo isso para mostrar uma realidade virtual que, na verdade, não existe. Por isso, separamos aqui coisas que os brasileiros fazem para parecerem ricos.

Leia mais: 4 coisas que os estabelecimentos nem sempre contam aos clientes no Brasil

Coisas que os brasileiros fazem para parecerem mais ricos

A Universidade de Harvard analisou como é o padrão da classe média do nosso país, e essa pesquisa mostrou o quanto essa classe acaba tentando mostrar ser mais rica do que é e tentando passar uma imagem que muitas vezes não é a real. Ou seja, age comprando coisas mesmo sem ter condições.

Porém, é importante ter um pouco de cuidado com essa busca excessiva por parecer mais rico, por parecer perfeito, porque nem tudo que se vê nas redes sociais é realmente a realidade.

Vale ressaltar que esse tipo de atitude acaba levando a empréstimos excessivos, a usos excessivos do cartão de crédito, do rotativo, e leva a endividamentos. Ou seja, obviamente, parecer rico não é nada barato.

Então, foi pensando nisso que separamos aqui algumas coisas que os brasileiros fazem para parecer que têm mais dinheiro do que realmente têm. Lembrando que não há problema algum em comprar esses itens. E nem há problema em fazer nenhuma dessas coisas caso você tenha condições e caso você programe seu orçamento para isso. Afinal, todos nós trabalhamos para ter um pouco mais de conforto.

Porém, essa lista serve para que você tenha conhecimento dos itens e também para que saiba se planejar e reconhecer o que está ultrapassando o orçamento. Dessa forma, é possível fazer os seus desejos caberem no seu bolso. Então, vamos lá.

Leia mais: De quanto dinheiro preciso para abrir meu negócio no Brasil?

Itens e atitudes comuns para parecer mais rico

Troca de eletrônicos

A primeira atitude comum entre os brasileiros é sempre trocar os eletrônicos e os celulares para o do último lançamento. Tudo bem que, eventualmente, é necessário trocar o celular, o laptop e outros eletrônicos. Porém, o ideal é que se faça isso apenas quando é realmente necessário. Ou seja, quando o item já não está funcionando, quando ele está apresentando problemas técnicos, ou quando ele não satisfaz mais as suas necessidades.

Porém, o que acontece muitas vezes é que ao ser lançado um novo item, imediatamente os brasileiros da classe média tentam adquiri-lo, mesmo com seus custos elevados. Uma dica aqui é que caso você vá adquirir um novo aparelho, tente vender ou trocar dando de entrada o item anterior que você tem, porque assim você consegue um desconto no novo item que irá adquirir.

Só para se ter uma noção do que acontece, o mercado de compra de celulares no Brasil está entre os maiores que existem. Inclusive, as suas vendas chegam a ultrapassar 50 milhões por ano. Lembrando que os itens de tecnologia hoje em dia se tornam obsoletos com muita facilidade, com muita rapidez. Isso ocorre exatamente porque o mercado é feito para que você sempre adquira novos itens. Então, é importante ficar atento e não cair na tentação.

Viagens de luxo

O segundo item é viagem para destinos luxuosos. Não há problema nenhum em viajar para um local que você tanto sonha, para um destino internacional. Porém, o problema é que muitas vezes essas viagens acontecem simplesmente para mostrar um status que a pessoa às vezes não tem. Há destinos internacionais com preços acessíveis, e às vezes até destinos que não são descobertos pelo grande público. E são ótimas oportunidades de viagem.

A questão das viagens de luxo é que, além de terem, muitas vezes, custos de transporte caros, envolvem também altos preços de hospedagem, gastos com comida, entretenimento e com transporte. Então, é importante levar tudo isso em consideração para que você não se endivide.

Ou seja, o que se deve fazer nesse ponto é escolher o destino, planejando de acordo com o seu orçamento, e não de acordo com o que as redes sociais impõem.

Leia mais: 11 coisas que você guarda e nunca irá usar de novo

Restaurantes luxuosos

Outro item comum é a ida a bares e restaurantes caros ou sofisticados, apenas por questão de status. Aqui segue a mesma linha. Não há problema nenhum em você visitar um restaurante ou um bar que gosta. Esse momento de lazer é importante e, cada mês, a gente tem que realmente separar uma parte do nosso salário para o entretenimento.

Porém, o problema é que, muitas vezes, com as redes sociais, as pessoas vão a lugares luxuosos apenas para mostrar nas fotografias e mídia, mesmo sem ter condições de pagar. A dica aqui é, antes de escolher o restaurante ou o bar, dê uma olhada nos seus preços, pense bem no que você vai consumir.

Então, se você realmente quer muito ir a esses bares, vá porque você quer, e não simplesmente para mostrar status. Outra dica é, às vezes, você pode até comer uma coisinha antes de sair de casa, porque nem sempre as comidas nesses locais vão caber no seu bolso.

Roupas e itens de marca

Muitas vezes, uma marca realmente pode conferir maior durabilidade às roupas. Assim, às vezes, comprando algo muito mais barato pensando apenas no preço, você realmente pode pagar mais caro no final das contas devido ao fato de o item não ter qualidade.

Porém, roupas de marca, muitas vezes, podem servir apenas como um modo de ostentar no país. Então, a classe média, muitas vezes, consome esses produtos de marca simplesmente para se sentir parte da classe alta. Uma pergunta que você pode fazer a você mesmo para saber se está comprando roupa de marca por status ou simplesmente por aparência é: “vou comprar roupa para sair em fotos, para postar nas redes sociais? Ou você se sentiria bem com essa roupa, mesmo sem mostrar para ninguém, apenas saindo você mesmo, para você se divertir?” Pense bem nisso. E, é claro, sempre coloque o valor do item de marca que você irá comprar no seu orçamento e na sua planilha financeira. Deu certo? Vai caber no seu bolso? Tem dinheiro sobrando para isso? Então, tudo bem, não será problema algum comprar a sua roupa de marca.

Leia mais: 10 carros inspirados na mitologia grega, separados por um grego

Comprar automóvel com financiamento sem se planejar

Outra coisa que a classe média faz para ostentar é comprar automóvel com financiamentos que nem sempre cabem no bolso. Não tem problema nenhum em financiar, até porque nem todo mundo tem condições de comprar um carro à vista. E o carro, às vezes, é muito mais uma necessidade do que um luxo. O problema é quando ele se torna um luxo.

Isso porque, infelizmente, a sociedade ainda tem isso de ver o carro como sinônimo de sucesso. Só que aqui no Brasil, esses itens costumam ter um custo alto. Então, trocar sempre de carro ou fazer financiamento sem se planejar previamente, pode virar uma bola de neve.

Vale ressaltar que a maior parte dos carros que são vendidos no Brasil, são adquiridos meio de financiamento. E, muitas vezes, esses financiamentos levam mais de 5 anos para que sejam pagos. Considerando que boa parte da população pensa em trocar de carro em cerca de 5 anos após adquirir o item, na verdade, o item nunca será totalmente seu. Isso porque, depois desse período, você poderá entrar em um novo financiamento.

você pode gostar também