CuriosidadesReceitas

A comida da longevidade grega, mas que você jamais comeria

A comida da longevidade grega, mas que você jamais comeria
By     -   On

Existe um prato na Grécia que considerado um prato nacional na maior ilha grega, Creta, e a maioria de vocês hesitaria em experimentá-lo. No entanto, tudo o que tenho a dizer é que aqueles que experimentarem certamente não duvidarão de sua deliciosidade. Este prato é composto por caracóis. Sim, você ouviu direito!

História e nutrição dos caracóis

Os caracóis são um dos alimentos gregos mais antigos e nutritivos. O seu consumo vem de tempos antigos na Grécia. Na verdade, os antigos gregos os consideravam uma fonte de alimento nutritivo e os cultivavam para consumo próprio. Então, ao longo dos séculos, essa tradição continuou e evoluiu, com várias regiões da Grécia desenvolvendo suas próprias receitas e técnicas de preparação de caracóis.

Os caracóis têm sido considerados um afrodisíaco por muitos anos, talvez porque contenham tantos nutrientes bons em suas pequenas e brilhantes conchas, como os ácidos graxos ômega-3. Diz-se até que são o segredo da longevidade dos cretenses.

Leia mais: A melhor cerveja do mundo é brasileira, segundo premiação

Colheita e variedades de caracóis em Creta

Em Creta, os habitantes colhem os caracóis da natureza em março e abril, após as chuvas. Em seguida, eles os alimentam com farinha ou macarrão cru para engordar e limpar seus intestinos seguindo um processo específico. Na ilha, os habitantes colhem três variedades principais de caracóis: os pequenos caracóis brancos colhidos durante o verão, quando uma membrana de papel sela sua abertura.

Os habitantes colhem os caracóis grandes e grossos, que são marrom e grandes, de fevereiro a junho, quando eles estão naturalmente gordos, e após seu sono de verão, quando estão muito finos depois de um longo período sem comida e precisam engordar e se limpar, geralmente comendo trigo-sarraceno, por 10 dias.

Leia mais: 5 festivais gregos para você conhecer a alma da Grécia

Preparo e culinária

Os vendedores nos mercados gregos vendem os caracóis vivos ou adormecidos, quando uma membrana de papel sela hermeticamente a abertura em suas cascas. As variedades mais saborosas são consideradas aqueles colhidos durante o verão, pois passaram toda a primavera grega nos campos verdes ricos, comendo uma enorme variedade de ervas saborosas e aromáticas.

Os chefs gregos então embebem os caracóis em água salgada para torná-los menos viscosos.

Em seguida, as pessoas os lavam muito bem e os cozinham de acordo com a receita escolhida por cada uma. Os caracóis em Creta são como uma comida nacional, oferecidos em todos os lugares! E são deliciosos!

Leia mais: 6 bebidas favoritas dos gregos que você tem que conhecer

Receita tradicional: caracóis “Boubouristi”

Os cretenses os preparam de várias maneiras, incluindo com trigo-sarraceno (grão quebrado), cozidos com batatas e abobrinhas, fritos ou “boubouristi”. Porém, recomendamos uma das receitas mais tradicionais de Creta: Caracóis “Boubouristi”.

Ingredientes

Para duas ou três pessoas:

  • Caracóis: 400g
  • Sal grosso o suficiente
  • Azeite: meio litro
  • Alecrim: alguns ramos frescos ou uma grande pitada de alecrim seco
  • Vinagre: meio copo de vinho

Instruções

  1. Inicialmente, coloque os caracóis em água fria (cobrindo-os) e adicione 3 colheres de sopa de sal.
  2. Em seguida, deixe ferver em uma panela por cerca de 20 minutos.
  3. Por fim, serve com a famosa bebida da Creta, tsikoudia.

Konstantinos P.

Grego, morou na Grécia por quase toda a sua vida e em Londres por 3 anos. Trabalhou como Bar Manager, Bartender e Barista em Londres e na Grécia. Além de ter trabalhado nas melhores cozinhas e bares de Londres e da Grécia. Participou de renomados cursos na área e compartilhou o seu conhecimento com seus alunos pela Europa. Por ser apaixonado pelo seu país, encontrou por meio da escrita uma forma de compartilhar com os brasileiros o seu conhecimento sobre viagens, história, cultura, mitologia grega e culinária geral, trazendo o melhor da Grécia para vocês.