América LatinaOutros DestinosSaúde

Como é o sistema de saúde para turista em Cuba? Preciso de seguro viagem?

Como é o sistema de saúde para turista em Cuba? Preciso de seguro viagem?
By     -   On

Hoje veremos como o sistema de saúde em Cuba funciona e por que os médicos desse país são famosos em todo o mundo. Talvez você tenha ouvido dizer que os médicos de Cuba estão incluídos na lista dos melhores médicos do mundo!

Mas o que poucos sabem sobre o país de Fidel Castro e Che Guevara é o grande número de médicos que servem o país. Embora seja um país de apenas 11.000.000 de habitantes, estima -se que os médicos do país sejam quase 100.000, resultando em um médico correspondente para cada 110 pacientes.

A reputação dos médicos de Cuba e solidariedade internacionalista

Mas você estará se perguntando como surgiu esse grande número de médicos que supera até os países mais sofisticados do mundo! De acordo com o artigo 50 da Constituição Cubana, revisada em 1976, “todo cidadão tem o direito de proteger e cuidar de sua saúde”. Afinal, era um dos slogans da Revolução Cubana!

A reputação dos médicos de Cuba se espalhou pela solidariedade médica internacionalista do país em países terceiros do mundo, que começou em 1960. Segundo algumas fontes do Canadá, mais de 300.000 funcionários médicos de Cuba prestaram assistência a 158 países.

Até agora tudo maravilhoso! Mas vamos lá, eu fui a um hospital em Cuba quando cortei a minha cabeça no país no último dia de nossa viagem à ilha e as coisas eram diferentes do que eu tinha ouvido.

Minha experiência pessoal em um hospital de Cuba

Então, depois que o destino nos enviou para um hospital de Cuba, eu esperava que eles atendessem estrangeiros na emergência. Porém, mesmo sangrando, ao invés de suturar a ferida, foi colocada apenas uma gaze sem fixação por cima da lesão. E, cobraram apenas para envolver a minha cabeça com uma faixa, sendo que a faixa não envolvia o local da lesão.

LEIA MAIS:

É importante ter um seguro de viagem para ir a Cuba?

Bem, aqui entra um fato importante caso você esteja indo de viagem para Cuba: o seguro viagem é realmente importante!

Isso porque no país, diferentemente do que ocorre no Brasil, não há atendimento público para estrangeiros, mesmo em situação de emergência, apenas caso você pague, é claro.

Então, no nosso caso, contratamos um seguro viagem que cobriu o valor.

Porém, não podemos reclamar da maioria dos funcionários. Eles foram bem prestativos e tentaram ajudar.

É claro que não é correto julgar um sistema inteiro por um incidente individual. No entanto, não há dúvida de que, mesmo em Cuba, o tratamento dos cidadãos é desigual.

Como é o sistema de saúde em Cuba

Sim, os cubanos são excelentes médicos e o sistema de saúde em Cuba é muito bom. No entanto, existem hospitais públicos para hospitais pobres e públicos para os ricos. Algo que os cubanos também nos disseram durante a nossa estadia na ilha do Caribe.

Como os cidadãos nos disseram, se você tem dinheiro, sobrevive mas, se você não tiver, as chances de sobreviver, são menores. Então, se você é pobre ou estrangeiro, não espere tratamento igual!

Por mais estranho que possa parecer, essa é a verdade amarga. Lembre-se de que também há uma escassez de medicamentos, o que torna o trabalho dos médicos ainda mais difícil.

Em hospitais públicos para os pobres, a situação é muito difícil, mas de forma alguma culpo os médicos, que recebem um salário absurdamente baixo para fazer um trabalho que assume enormes responsabilidades, como já contamos no artigo como é viver em Cuba e como foi vivenciar o Furacão Ian.

Obviamente, essa é uma situação que você encontra em outros países supostamente desenvolvidos mas, pelo menos nos países mais desenvolvidos os médicos recebem um bom salário.

Apesar dos problemas, pelo menos os cidadãos de Cuba têm assistência médica gratuita, o que você nem sempre você encontra facilmente, mesmo nos países mais desenvolvidos do mundo.

Finalmente, gostaria de dizer que, através de experiências, sempre aprendemos, a verdade é essa!

Mas o que mantemos no final é a conclusão de que, se não houvesse tantas coisas para separar as pessoas, tudo seria diferente neste mundo! No final, essas barreiras só tornam a vida mais pesada e as pessoas menos felizes.

Por isso, atitudes como o racismo, a homofobia e vários outros tipos de agressão são inadmissíveis. Pelo menos em Cuba, não vimos situação de racismo.

No entanto, o sistema de saúde de Cuba é muito parecido com o sistema de saúde na Grécia, que também é famoso por ter excelentes médicos!

Gostou deste artigo? Então confira vários outros semelhantes aqui no Brazil Greece!

Konstantinos P.

Grego, morou na Grécia por quase toda a sua vida e em Londres por 3 anos. Trabalhou como Bar Manager, Bartender e Barista em Londres e na Grécia. Além de ter trabalhado nas melhores cozinhas e bares de Londres e da Grécia. Participou de renomados cursos na área e compartilhou o seu conhecimento com seus alunos pela Europa. Por ser apaixonado pelo seu país, encontrou por meio da escrita uma forma de compartilhar com os brasileiros o seu conhecimento sobre viagens, história, cultura, mitologia grega e culinária geral, trazendo o melhor da Grécia para vocês.