Como ficar mais alto naturalmente? 17 dicas sensacionais e que funcionam!

Além da alimentação, alongamentos e exercícios podem trazer alguns centímetros a mais 

Tamanho não é documento, como diz o velho ditado, certo? Porém, muita gente está insatisfeita com a própria altura, o que chega a influenciar a autoestima. Por isso, sempre pesquisa métodos de como ficar mais alto naturalmente. 

A altura é influenciada por uma série de fatores, como genética, hormônios e alimentação. A boa notícia é que, mesmo na fase adulta, é possível ganhar alguns centímetros a mais sem tratamentos ou medicações. 

Uma dieta rica em proteína, cálcio, zinco e vitamina D influencia de forma positiva no crescimento, bem como a prática regular de atividades físicas desde criança. Mas, alongamentos e exercícios têm papel importante em como ficar mais alto naturalmente. 

17 Exercícios para ficar mais alto naturalmente 

Exercícios com barra

O exercício com barra alonga a coluna e fortalece os músculos desta região, além de fortalecer também os da região abdominal. Você pode fazê-lo na academia ou naquelas barras instaladas em praças públicas. O correto é se pendurar e permanecer com o corpo alongado o tempo que for possível. Porém, não force demais para não prejudicar músculos e estrutura óssea. 

Andar de bicicleta 

Completa, a atividade trabalha os músculos das regiões abdominal e pernas. Procure ajustar o banco de forma a esticar um pouco as pernas para alcançar os pedais. Mas, tome cuidado, pois a distância não deve ser exagerada a ponto de prejudicar as articulações. 

Natação 

A natação é um dos exercícios mais complexos que existem, uma vez que trabalha praticamente todos os músculos do corpo e a respiração. E, já notou que não temos nadadores e nadadoras com baixa estatura?

Isso porque a natação também ajuda a crescer naturalmente. Pois, uma vez submerso, o corpo tem a carga nos discos vertebrais reduzidas e maior mobilidade nas articulações.

Então, ao nadar, o corpo se estica para quebrar a resistência da água e, consequentemente, alonga a coluna. 

Posição da cobra 

A yoga é uma das práticas que melhor trabalham a estrutura corporal e respiração. Uma de suas posições é a da cobra, que alonga a coluna, além de trabalhar os músculos dos quadris e nádegas. 

Postura da criança 

Este exercício pode ser associado à posição da cobra para ajudar a ficar mais alto naturalmente. Comece a série na posição de quatro apoios, ou seja, os joelhos e mãos apoiados no chão. Lembre-se de manter os pés sempre juntos. 

Com as palmas fixas no chão e braços retos, sente-se nos calcanhares de forma a alongar as costas. Fique por 10 segundos e, depois, faça a posição da cobra. 

Posição da vela 

Outra posição da yoga que ajuda a ficar mais alto naturalmente é a da vela. Ainda que um pouco mais complexa, ajuda a alongar bastante. Para isso, sustente o corpo sobre os ombros enquanto deixa as pernas esticadas o máximo que puder. Cuide, apenas, para que o corpo permaneça em ângulo reto. 

Sasangasana 

Também chamada de posição do coelho, alonga a coluna e alivia a tensão na região dos ombros e pescoço. Primeiro, ajoelhe-se no chão, colocando os joelhos lado a lado e mantendo a coluna reta. 

Descanse o bumbum sobre os pés enquanto segura cada calcanhar. Coloque o queixo no peito e role lentamente para a frente formando um arco com a coluna. Enquanto isso, a cabeça vai tocar os joelhos. 

Em seguida, alongue a coluna para cima, encoste e pressione a testa nos joelhos, sempre puxando os calcanhares. Fique na posição de 30 a 90 segundos. 

Posições do gato e camelo 

Primeiro, abaixe a lombar e a coluna, levante os glúteos e a cabeça e mantenha os joelhos apoiados no chão. Observe, na execução do movimento, se está arqueando as costas enquanto alonga a coluna. Fique por dez segundos até passar para a postura do camelo. Nela, faça um arco para cima com a coluna e a cabeça alinhada ao tronco.

Curvar o corpo 

Coloque-se de pé e, mantendo as pernas retas, vá curvando o corpo em direção ao chão, como se fosse tocar a ponta dos pés. Ainda que não tenha tanta flexibilidade no começo, vá aprofundando a posição até acabar com o “encurtamento”. 

Alongamento para o alto 

No movimento contrário ao anterior, o alongamento para o alto exige que você fique de pé, levante os dois braços e mova uma das pernas para trás.

Nisso, alongará o abdome e costas, mantendo na posição por dez segundos. Repita o movimento com a outra perna. 

Pular 

Jump, polichinelo, basquete, pular corda… o ato de pular fortalece musculatura e estrutura óssea, além de ajudar no alongamento. 

Alongamento vertical 

Lembra do exercício com barra? Aqui temos mais um exemplo, só que de alongamento vertical.

Primeiro, segure a barra na altura dos ombros e com as mãos afastadas também na largura dos ombros. Mantenha as palmas viradas para o lado oposto do corpo. 

Estique os braços por completo, sentindo os músculos do ombro e cotovelo também se estendendo. Fique na posição até onde aguentar para, só depois, voltar com os pés para o chão. Além de ajudar a ficar mais alto naturalmente, o exercício corrige a má postura. 

Alongamento de perna 

Posicione-se paralelamente à parede e coloque as mãos sobre ela. Jogue o peso do seu corpo nas mãos e mova uma das pernas lentamente em direção à parede. Fique por 30 segundos e repita o exercício com a outra perna. A validade deste exercício é trabalhar a musculatura da panturrilha. 

Cadeira de balanço 

Primeiro, deite de bruços sobre um colchonete ou esteira, para que não se machuque pelo contato direto com o chão. Em seguida, coloque os braços para trás, segure as pernas e levante-as de modo a formar um arco. 

Balance o corpo para trás, imitando o movimento da cadeira de balanço para, depois, voltar à posição original. Repita a série 10 vezes.   

Super-homem de joelhos 

Fique na posição de quatro apoios e, primeiro, levante uma perna, estenda-a para trás enquanto, ao mesmo tempo, levanta a mão oposta para frente.

Fique na posição por 10 segundos e repita com o outro lado. Não se esqueça de manter a cabeça alinhada com a coluna. Ah, o exercício ajuda não só a crescer naturalmente, como também ajuda no equilíbrio. 

Prancha de quadril 

Primeiro, deite-se de costas e, depois, flexione os joelhos. Com os joelhos flexionados, levante o quadril e, em seguida, volte à posição inicial. 

Inclinação lateral 

Este exercício é velho conhecido e muito simples de executar. Além de ajudar a crescer naturalmente, alonga e fortalece os músculos intercostais.

De pé e com os braços relaxados, levante o braço direito e incline a coluna para a esquerda. Fique por 10 segundos e, em seguida, repita o movimento para o lado oposto. 

 

Ainda que, por meio de exercícios e alongamentos, você descubra como ficar mais alto naturalmente, tenha ciência de que há vários fatores por trás do crescimento.

Portanto, adote uma dieta saudável, mantenha a postura correta e, acima de tudo, sua mente saudável! Peso e altura jamais devem ser motivos de chacota e, menos ainda, afetar sua autoestima!

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais