Curiosidades sobre tatus super interessantes e que você tem que conhecer!

Os armadilhos ou tatus são pequenos mamíferos da família dos Dasipodídeos e separamos aqui as principais curiosidades sobre tatus que você tem que conhecer.

Os tatus são famosos pelo seu corpo coberto por um casco ósseo. Além disso, o seu próprio nome significa “pouco encouraçado” em espanhol e é pronunciado “Armadillo”.

Ao contrário do que possa ter ouvido, o tatu não é nem um roedor, nem um marsupial.

Além disso, é o único mamífero com uma concha dura que atua como a sua armadura natural. Esse casco exterior é formado por placas ósseas chamadas osteodermas e cresce naturalmente sobre a pele.

Um tatu fêmea dá à luz bebês vivos após um período de gestação de três a cinco meses, que se pode estender a um período de oito a nove meses.

Curiosidades sobre tatus

Quais são as espécies de tatus?

Curiosidades sobre tatus.
Tatu bola.

Existem vinte espécies diferentes de tatus pertencentes à ordem Cingulata, família dos Dasipodídeos, distinguidos pelo número de bandas na sua “armadura”.

Além disso, todas as espécies de tatu são nativas das Américas, onde habitam uma variedade de ecossistemas.

Os tatus estão intimamente relacionados com outros animais da superordem Xenarthra, como tamanduás e preguiças sul-americanas.

Este grupo é exclusivo da América do Norte e do Sul e não está intimamente relacionado a nenhum outro grupo de mamíferos.

Por fim, o mamífero mais confundido com o tatu é o pangolim (Pholidota).

O tatu americano

Curiosidades sobre tatus.

Nos Estados Unidos existe apenas o tatu comum, ou tatu de nove bandas (nome científico: Dasypus novemcinctus) que é muito comum no Texas.

O tatu brasileiro foi símbolo da Copa do Mundo

O tatu de três bandas é a única espécie que pode rolar em uma bola como camuflagem para se proteger de seus caçadores.

Além disso, ele vive apenas no Brasil e se chama Tatu Bola.

Aliás, em 2014 ele foi o mascote da Copa do Mundo realizada no Brasil.

LEIA MAIS:

O menor tatu do mundo

Curiosidades sobre tatus.
O tatu-fada-rosa é o menor do mundo.

O Tatu-fada-rosa (Chlamyphorus truncatus) ou pichiciego é a menor espécie de tatu e vive na Argentina.

É tão pequeno que não ultrapassa os 15 cm e cabe na palma da mão de uma pessoa.

Além disso, ele tem a capacidade de se enterrar inteiro em segundos se estiver assustado. Por fim, é um animal noturno e se alimenta principalmente de formigas e larvas de formigas.

Que animais comem tatus?

Os coiotes são os principais predadores dos tatus, seguidos por pumas, lobos, ursos, guaxinins e grandes predadores, como falcões e águias.

Como o Tatu se defende?

Quando assustados, os tatus podem saltar até um metro e meio. Normalmente esse salto assusta qualquer criatura que tente pegar o tatu para o almoço.

Infelizmente, esse salto não é suficiente para evitar os carros, que são a causa mais comum de morte do tatu.

Um tatu pode prejudicar humanos?

Antes de mais nada, os tatus são animais selvagens e todos os animais selvagens devem ser tratados com cuidado e respeito. Mas, o tatu médio não é uma criatura perigosa.  Eles são capazes de ferir humanos com suas garras fortes se manuseados incorretamente. Porém, na maioria dos casos fugirão quando se sentirem ameaçados.

As pessoas comem tatus?

Um novo estudo mostra que quem come carne de tatu corre o risco de contrair hanseníase. No entanto, existem sociedades no Brasil, Argentina e EUA que comem tatus.

Os tatus podem ser animais de estimação?

Tatus não são animais de estimação domesticáveis como gatos e cachorros. Eles são animais selvagens que você não pode controlar, pois precisam de espaço para vagar e cavar e são principalmente ativos à noite.

Gostou deste artigo? Então confira muito mais no site Brazil Greece!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais