Notícias

O país da América Latina que se tornará o próximo destino gastronômico

O país da América Latina que se tornará o próximo destino gastronômico
By     -   On

Quando pensamos em um destino gastronômico, muitas cidades ou países podem vir à mente. Fora da Europa, um dos mais destacados é Lima, a capital do Peru, onde está localizado o Central, votado como o melhor restaurante do mundo em 2023.

A culinária peruana, berço do mundialmente famoso ceviche, é amplamente reconhecida. Chefs e restaurantes de renome ao redor do mundo se inspiraram ou até servem pratos peruanos. Nos últimos anos, uma tendência quente tem sido a fusão da culinária peruana com elementos da cozinha espanhola e japonesa.

Embora ninguém duvide que o Peru seja um destino gastronômico renomado, talvez, depois de Lima, outra cidade da América Latina esteja se destacando como a próxima capital gastronômica: a vizinha Bolívia. Este vasto país da América do Sul está causando um grande impacto no mundo culinário, transformando pratos tradicionais dos antigos povos Incas e Aymaras em criações modernas e inovadoras.

Leia mais: Trabalho na Alemanha: veja as oportunidades e como funciona

A revolução gastronômica na Bolívia

A capital, La Paz, abriga três restaurantes de destaque — Gustu, Ancestral e Phayawi — que atualmente estão entre os 100 melhores da América Latina. E muitos outros ainda aguardam reconhecimento. No entanto, a revolução gastronômica da Bolívia não se limita apenas a La Paz; grandes cidades como Sucre também estão se tornando centros de excelência culinária.

Quem está por trás desse sucesso?

A nova cozinha boliviana começou há cerca de uma década, segundo Marsia Taha, chef principal do Gustu. “Havia uma geração de jovens chefs que tinha a mentalidade de que deveríamos nos orgulhar de nossa identidade, nossa cultura e nossa comida”, disse Taha ao CNN Travel.

Taha e outros chefs com a mesma visão em La Paz se uniram em torno do conceito de “cozinha de zero quilômetro” — usando o máximo possível de ingredientes criados ou cultivados localmente e tendo contato direto com os criadores ou agricultores que fornecem esses produtos.

Leia mais: Taxa para visitar Veneza: novas regras e restrições para turistas

Pratos Típicos da Bolívia

Entre os pratos mais característicos estão a truta crua do Lago Titicaca com manga, a lhama com baunilha amazônica e raiz de ajipa, e peixes amazônicos com frutas douradas e yuca fermentada (mandioca), além de um tamale de cordeiro.

Outros pratos famosos da Bolívia

  • Salteñas: Pastéis assados recheados com carne, frango ou vegetais, além de azeitonas, ovos cozidos e um molho ligeiramente picante.
  • Pique Macho: Um prato generoso de carne bovina cortada em pedaços, salsicha, batata frita, ovos cozidos, pimentão, tomate e cebola.
  • Anticuchos: Espetinhos de carne bovina, geralmente de coração, marinados em uma mistura de especiarias e grelhados.
  • Silpancho: Um prato composto por arroz, batatas fritas, carne empanada e frita, coberto com um ovo frito e servido com salada de cebola e tomate.
  • Chairo: Sopa tradicional feita com carne, batata, chuño (batata desidratada), milho, feijão e legumes.
    Sopa de Maní: Sopa de amendoim com carne, batatas, macarrão e vegetais.
  • Charque de Llama: Carne de lhama seca e salgada, servida com milho, batatas e ovos.

Humintas: Massa de milho cozida no vapor, muitas vezes recheada com queijo e envolta em folhas de milho.

Esses pratos refletem a diversidade cultural e a riqueza dos ingredientes disponíveis na Bolívia, desde as terras altas até a Amazônia. A revolução gastronômica na Bolívia está apenas começando, e o país está se estabelecendo rapidamente como um destino imperdível para os amantes da boa comida.

Konstantinos P.

Grego, morou na Grécia por quase toda a sua vida e em Londres por 3 anos. Trabalhou como Bar Manager, Bartender e Barista em Londres e na Grécia. Além de ter trabalhado nas melhores cozinhas e bares de Londres e da Grécia. Participou de renomados cursos na área e compartilhou o seu conhecimento com seus alunos pela Europa. Por ser apaixonado pelo seu país, encontrou por meio da escrita uma forma de compartilhar com os brasileiros o seu conhecimento sobre viagens, história, cultura, mitologia grega e culinária geral, trazendo o melhor da Grécia para vocês.