4 hábitos que engordam: qual deles você tem?

A maioria das pessoas tem problemas com seu peso, e deseja emagrecer. Porém, existem alguns hábitos que podem tornar a perda de peso mais difícil.

A perda de peso é um tema que frequentemente desperta interesse e preocupação em muitas pessoas. Seja por razões estéticas, de saúde ou ambas, o processo de emagrecimento pode ser desafiador, mas também gratificante.

Além disso, muitas pessoas relatam uma dificuldade. Isso pode acontecer por vários motivos. Por isso, listamos algumas práticas que engordam mais comuns e simples, mas que podem estar atrapalhando seus objetivos.

Pequenas ações cotidianas que podem contribuir para o ganho de peso

1.   Falta de água

Ela é necessária para o bom funcionamento do metabolismo. Portanto, sem ela, ele pode diminuir, o que dificulta a perda de peso.

Muitas vezes, confundimos a sede com a fome. Quando estamos desidratados, nosso corpo pode enviar sinais de fome, levando-nos a comer desnecessariamente.

Ao beber água suficiente, podemos evitar essa confusão e controlar melhor nosso apetite, facilitando o controle das porções e a adesão a uma dieta saudável para perda de peso.

LEIA MAIS: Truque fácil para manter os morangos frescos e fazer durar mais uma semana

2. Comer muito rápido

Quando comemos rapidamente, tendemos a perder a conexão com nossos sinais de fome e saciedade. Nosso cérebro precisa de tempo para processar as informações e enviar os sinais de saciedade ao nosso corpo.

Podemos ingerir uma quantidade maior de alimentos antes que o cérebro tenha tempo de sinalizar que estamos satisfeitos, levando ao excesso de calorias.

3. Comer pouco

Quando você consome poucas calorias, seu corpo entra em modo de conservação de energia. Isso significa que seu metabolismo desacelera para preservar suas reservas de energia.

Essa desaceleração metabólica dificulta a perda de peso, pois seu corpo queima menos calorias para realizar suas funções diárias.

A falta de nutrientes pode levar a problemas de saúde, como fraqueza, fadiga, problemas de pele, comprometimento do sistema imunológico e desequilíbrios hormonais.

LEIA MAIS: Jornalistas enganam sommelier e vinho barato recebe nota alta

4. Não dormir bem

A falta de sono afeta os hormônios que regulam o apetite, a saciedade e o metabolismo. Portanto, pode levar a um aumento na produção de grelina, o hormônio da fome, e a uma diminuição na produção de leptina, o hormônio da saciedade.

Isso pode resultar em um aumento do apetite e na tendência de comer em excesso.

Gostou deste artigo? Então, confira vários outros semelhantes aqui no site Brazil Greece!

você pode gostar também