Quanto tempo você tem que trabalhar para se aposentar no Brasil?

Fique atento às regras.

Todos nós trabalhamos com o objetivo de ter uma vida melhor e, o que é uma vida melhor do que ganhar dinheiro descansando? É justamente por isso que muitos se perguntam: quando posso me aposentar no Brasil? Bem, planejar a aposentadoria é uma etapa essencial na vida de qualquer trabalhador. Porém, é também algo confuso. Isso porque as regras e os requisitos para se alcançar esse direito no país podem ser complexos e, muitas vezes, um pouco complicados. Desde a Reforma da Previdência em 2019, as normas mudaram, impactando diretamente no tempo de contribuição necessário e nas idades mínimas para se aposentar.

Leia mais: País europeu dá 500 euros mensais para os avós que cuidam dos netos

Quantos anos preciso contribuir para aposentar no Brasil?

Antes de mais nada, como já mencionamos acima, a Reforma da Previdência de 2019 no Brasil trouxe mudanças significativas para os critérios de aposentadoria, visando melhorar a sustentabilidade do sistema de seguridade social do país. Antes da reforma, era possível se aposentar por tempo de contribuição sem uma idade mínima específica, desde que o indivíduo tivesse contribuído por 30 anos (mulheres) ou 35 anos (homens). Porém, com a reforma, foram estabelecidas idades mínimas para a aposentadoria, sendo 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. Além de exigir no mínimo 15 anos de contribuição para ambos os sexos

Portanto, para se aposentar pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), os brasileiros devem ter contribuído por um período considerável. Além dos critérios acima, para quem planeja uma aposentadoria antecipada, com menos tempo de contribuição, as exigências são diferentes: 15 anos para mulheres e 20 anos para homens, mas com idades mínimas de 62 e 65 anos, respectivamente. Porém, nesse caso, o valor é de apenas 60%, ou seja, pode não ser um bom negócio financeiramente falando.

Leia mais: 5 sobrenomes mais antigos do Brasil: veja se o seu é um deles

Como isso impacta na renda?

Assim, optar por uma aposentadoria com menos tempo de contribuição pode tornar o seu sonho mais próximo. Porém, significa, também, receber um valor menor. Nesse cenário, com apenas os 60% do total acumulado durante o período de contribuição, essa quantia que pode não ser suficiente para manter o padrão de vida desejado na terceira idade. Então, é mais um fato a se considerar.

Leia mais: Quanto custa morar em Lisboa? Os valores irão te surpreender

Regras de idade e contribuição: entendendo os números

Portanto, para entender melhor quantos anos é preciso trabalhar para se aposentar no Brasil, é importante saber que, além dos anos de contribuição, a idade também desempenha um papel essencial na definição da elegibilidade para aposentadoria. Assim, como já mencionado, os homens podem se aposentar com no mínimo 65 anos de idade e 20 anos de contribuição; mulheres com 62 anos de idade e 15 anos de contribuição. Mas, além disso, ambos os sexos devem cumprir um período de carência de 180 meses efetivamente trabalhados para terem direito ao benefício.

Considerando a transição etária pela qual o país vem passando, provavelmente haverá outras reformas previdenciárias até você se aposentar. Portanto, para você que sonha em viver uma aposentadoria tranquila, pode ser que uma boa opção seja fazer investimentos a fim de não depender apenas do INSS.

Embora o caminho possa parecer longo e às vezes complexo, um planejamento cuidadoso e uma compreensão clara das regras podem ajudar a garantir que os anos de aposentadoria sejam confortáveis e seguros. De qualquer forma, para mais informações detalhadas, sempre consulte o site do INSS ou fale com um especialista em previdência. Lembrando que é importante se manter atualizado(a) já que novas  mudanças podem ocorrer a qualquer momento.

você pode gostar também