Descubra e Se Surpreenda Com a Real Origem do Dia das Mães! Confira!

Você sabe qual a verdadeira origem do Dia das Mães? Confira aqui!

Já que Dia das Mães está se aproximando, decidimos contar aqui de onde veio essa tradição!

Antes de tudo, as primeiras referências ao Dia das Mães e à maternidade vêm da Grécia Antiga.

Isso mesmo!

Segundo a mitologia grega, a Mãe Terra (Gaia) era a esposa de Urano e, a personificação da natureza. Então, Gaia deu à luz o mundo inteiro e era adorada como a deusa suprema.

Mais tarde, os antigos gregos da Frígia (Ásia Menor) transmitiram a mesma adoração e admiração à deusa Cibele, que mais tarde ficou conhecida como Réia.

Réia era filha de Gaia e, ao mesmo tempo, esposa e irmã de Saturno.

Além disso, Réia também era adorada como a “Mãe dos Deuses”, que segundo escritores antigos deu à luz e criou seus filhos com leite materno.

LEIA MAIS: Panteão Grego: Um Grego te Explica a Genealogia dos Deuses!

Os antigos gregos adoravam Réia toda primavera. Pois, além de ser deusa da terra, também era deusa da fertilidade.

Além da mitologia, o culto da maternidade também é encontrado na vida secular da Grécia Antiga.

Achados arqueológicos mostram a importância do papel da maternidade, da fertilidade e do corpo feminino.

Desde os primeiros achados da cultura grega podemos ver figuras femininas com grandes quadris e seios que enfatizam as características de fertilidade do corpo feminino.

LEIA MAIS: Medeia: Conheça A Poderosa Bruxa Da Mitologia Grega!

A Origem do Dia Das Mães Na Mitologia Grega

Antigamente, o Dia das Mães era chamado de “Mothers Friendships Day” (“Dia da Amizade das Mães”).

Além disso, surgiu após um movimento americano de mulheres e mães que Ann Jarvis fundou. Esse movimento ocorreu durante a Guerra Civil Americana em 1861-1865.

Ainda, o movimento de mulheres tornou-se ativo pela paz com várias atividades. Inclusive, continuou a ativo mesmo após o fim da guerra. Participando da luta pela reunificação das famílias que haviam sido separadas durante a guerra.

Então, Ann Jarvis mais tarde quis fazer do “Dia da Amizade das Mães” um feriado anual. No entanto, em 1905, ela morreu e não conseguiu concluir seu trabalho.

Depois, sua filha, Anna Jarvis, quis homenagear a mãe e continuou seu trabalho com sucesso. Já que ela tinha como mãe a pessoa que mais havia se doado por qualquer outra pessoa no mundo.

Então, a celebração do Dia Internacional das Mães não oficial começou em 1910 na Virgínia Ocidental, onde Anna Jarvis nasceu.

Depois, em 1914, a proclamação nacional do Dia das Mães foi assinada nos EUA. E, o segundo domingo de maio foi estabelecido como um feriado nacional que homenageia todas as mães.

Por fim, hoje o Dia das Mães é comemorado em mais de 40 países ao redor do mundo.

LEIA MAIS: Descubra 11 Hábitos E Crenças Da Grécia Antiga Que Existem Até Hoje!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais