Até quando vai o auxílio de R$ 600? Veja se o Auxílio Brasil tem data para acabar!

O programa disponibiliza um valor de R$ 600 para as famílias mais pobres, mas haverá modificações nos próximos meses. Saiba mais!

Nos últimos dias, gerou-se um grande zum zum zum nas redes sociais, pois foi anunciado que o Auxílio Brasil está com dias contados. O benefício foi criado pelo governo federal, em substituição ao Bolsa Família, e oferece um subsídio de R$ 600 para as famílias mais pobres. Mas, e aí: até quando vai o Auxílio Brasil?

Atualmente, o Auxílio Brasil é fornecido para cerca de 18 milhões de famílias que estão em situação de pobreza, extrema pobreza ou em regra de emancipação. Com isso, para ter direito ao benefício, é preciso que os membros da família estejam com o cadastro atualizado no CadÚnico (Cadastro Único).

Então, quer saber até quando vai o Auxílio Brasil? Continue lendo esse texto até o final para descobrir!

Até quando vai o Auxílio Brasil?

Para a felicidade de muitos, a verdade é que o Auxílio Brasil não vai acabar, mas, sim, o valor do benefício voltará a ser de R$ 400 a partir de janeiro de 2023. Todavia, os beneficiários continuarão recebendo-o normalmente todo mês.

Em suma, ele voltará a ter o seu valor original, visto que, ele teve o aumento para R$ 600 em julho de 2022, mas, no início da sua implantação, o benefício tinha o valor de R$ 400.

LEIA MAIS:

Entenda mais detalhes

O Auxílio Brasil foi instaurado em dezembro de 2021 e, desde então, o valor do benefício era R$ 400, aumentando para R$ 600, em julho de 2022. O Auxílio obteve caráter permanente de acordo com a Lei nº 14.342.

Art. 1º Fica instituído, em caráter permanente, como parte do processo de ampliação da renda básica de cidadania a que se referem o caput e o § 1º do art. 1º da Lei nº 10.835, de 8 de janeiro de 2004, o benefício extraordinário destinado às famílias beneficiárias do Programa Auxílio Brasil.

Art. 2º O benefício extraordinário destinado às famílias beneficiárias do Programa Auxílio Brasil:

I – será calculado a partir da soma dos benefícios financeiros de que tratam os incisos I, II, III e IV do caput do art. 4º da Lei nº 14.284, de 29 de dezembro de 2021, no mês de referência;

II – equivalerá ao valor necessário para alcançar a quantia de R$ 400,00 (quatrocentos reais);

III – terá caráter continuado;

IV – será pago juntamente com a parcela ordinária de referência do Programa Auxílio Brasil, no limite de 1 (um) benefício por família; e

V – integrará o conjunto de benefícios instituídos pela Lei nº 14.284, de 29 de dezembro de 2021.

Desde então, o programa atende as famílias em situação de pobreza (com renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210), extrema pobreza (renda familiar mensal per capita até R$ 105) e pessoas em regra de emancipação.

Assim, para escolher as famílias aptas, o governo federal analisa os dados dos inscritos no CadÚnico. Portanto, se você tem interesse em receber o benefício, o primeiro passo é ir até uma unidade do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) da sua região para fazer a inscrição ou atualização do CadÚnico.

E o Auxílio Gás? Até quando vai?

O Auxílio Gás, assim como o Auxílio Brasil, também foi implantado em 2021 e visa oferecer um subsídio para que as famílias tenham acesso ao gás de cozinha. Contudo, diferente do Auxílio Brasil, ele tem previsão para acabar, e continuará por 5 anos, ou seja, até 2026.

Gostou deste artigo? Confira vários outros semelhantes aqui no Brazil Greece!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está de acordo com isso. Aceitar Ler Mais