Sexta-feira 13: Por Que é Considerado O Dia Do Azar? Descubra Agora!

Existem várias crenças a respeito deste dia tão místico. Veja algumas delas!

Famosa no mundo inteiro, a sexta-feira 13 é conhecida por ser assombrada e trazer consigo a má sorte e diversas superstições.

No entanto, muitos desconhecem o real motivo do dia ter tal fama. Ao longo de muitos anos, incontáveis foram as crenças e mitos sobre a data, fazendo com que a história fosse perpetuada.

Assim, confira a seguir porque sexta-feira treze é considerado “dia de azar”.

Leia mais: Conheça A Cerveja Que Conquistou O Mundo E 5 Tipos Que Você Tem Que Provar!

Por que sexta-feira treze é considerado dia de azar?

Antes de mais nada, a origem exata da crença ainda é um mistério.

Porém, existem várias versões que ajudam a explicar esse receio com o número 13.

LEIA MAIS: Confira As 29 Superstições Gregas Mais Interessantes!

A Ceia de Cristo

Uma dessas histórias é ligada ao cristianismo. Uma vez que, na última ceia de Jesus, que aconteceu em uma quinta-feira, ele estava reunido com 12 discípulos, o que totaliza 13 pessoas presentes no local.

Então, Cristo morreu no dia seguinte, numa sexta-feira.

LEIA MAIS: Olho Grego: O Significado E A Crença Grega Para Tirar O Mau-Olhado!

O Apocalipse

Além disso, a igreja também fala sobre informações contidas no livro do Apocalipse, que apontam que o número 13 é como se fosse a marca do anticristo.

LEIA MAIS: Descubra 11 Hábitos E Crenças Da Grécia Antiga Que Existem Até Hoje!

A Mitologia

Uma outra famosa explicação está associada à mitologia.

Pois, nativos dos países nórdicos contam que o deus Odin teria realizado um banquete para o qual chamou 12 divindades.

O deus da discórdia e do fogo, Loki, não teria sido convidado e, por conta disso, causou diversos transtornos que acabaram culminando na morte de um dos convidados.

Assim, a superstição local fala que toda vez que há o encontro de 13 pessoas, a ocasião termina em tragédia.

LEIA MAIS: Mitologia Grega: Descubra Como O Mar Egeu Recebeu O Seu Nome!

A História

Também há uma crença que faz ligação com a História.

O rei Felipe IV, líder da monarquia francesa, notou que o seu poder estava sendo ameaçado pela Igreja e decidiu se filiar à ordem religiosa dos Cavaleiros Templários.

No entanto, teve sua filiação negada.

Então, ao receber a notícia ficou tão irritado que ordenou, em uma sexta-feira, mais especificamente no dia 13 de outubro de 1307, a morte de todos os cavaleiros templários.

LEIA MAIS: Os Pensamentos De Filósofos Gregos Que Irão Te Ajudar Na Vida!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais