Saúde

Como não comer por ansiedade? 10 Dicas para controlar suas emoções!

Como não comer por ansiedade? 10 Dicas para controlar suas emoções!
By     -   On

Por que comemos mais quando estamos com ansiedade? Você já se perguntou isso? A ansiedade é ligada a questões emocionais e a comida tende a funcionar como válvula de escape nos momentos de angústia. Então, nessas horas, é importante controlar a compulsão com algumas dicas de como não comer por ansiedade. 

A ansiedade provoca desregulação do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal. Traduzindo, influencia as interações entre todas essas glândulas fundamentais para o funcionamento do organismo. Então, como a alimentação libera hormônios que dão a sensação de prazer, há uma tendência em comer mais para aliviar a tristeza.

Porém, o problema é que, na maioria das vezes, não descontamos a ansiedade em um prato de salada, por exemplo. Normalmente, comemos aquilo que nos dá mais prazer, como doces, massas e outros alimentos calóricos. Aí, já viu, né? Por isso, é tão importante saber como não comer por ansiedade e, assim, evitar problemas que piorem o quadro. 

LEIA MAIS: Se Eu Parar De Comer Açúcar, O Que Acontece Com Meu Corpo? Veja 12 Fatos Incríveis!

10 Dicas de como não comer por ansiedade

Beba muita água

Além de manter seu corpo hidratado, beber muita água ajuda a não comer por ansiedade porque proporciona saciedade. Sim, às vezes, a sensação de “estômago vazio” é apenas sede. Então, vale seguir a regra dos dois litros por dia, hein? 

Evite comer a cada três horas

Há quem defenda ou critique a teoria de que o metabolismo acelera quando comemos a cada três horas. Independente da corrente, para os ansiosos, isso pode funcionar como gatilho para comer, mesmo sem fome. 

Pratique atividades físicas

Os exercícios físicos, assim como a comida, também liberam hormônios que dão sensação de prazer. A diferença é que você não ingere calorias e ainda proporciona benefícios ao organismo. Desde uma caminhada até atividades mais elaboradas, este é um aliado e tanto na substituição da comida.   

LEIA MAIS:

Priorize alimentos ricos em fibras

Além de dar uma controlada nos horários das refeições, é importante também saber o que comer. O primeiro passo é priorizar alimentos naturais e, entre eles, aqueles ricos em fibras. Verduras, frutas e hortaliças fibrosas mantêm a saciedade por mais tempo e você, consequentemente, come menos.  

Além disso, aqui vale a dica de cortar os alimentos industrializados da sua lista. Além de prejudiciais à saúde pela quantidade de gorduras e sódio, são pobres em fibras.  

Tente manter uma rotina

Por mais difícil que seja, manter sua rotina nas crises de ansiedade ajuda a não descontar na comida. Essa é uma estratégia para driblar as mudanças inesperadas e, assim, respeitar seus horários de refeição e controlar aquilo que você come. 

Refaça a dispensa

Alimentos industrializados são, claro, mais práticos e rápidos, principalmente na rotina corrida. Mas, também são verdadeiros inimigos nas crises de ansiedade. Então, evite ter doces, bolachas e refrigerantes na dispensa. Lembre-se de que a tendência é ingerir alimentos que nos dão mais prazer e que nem sempre fazem bem à saúde. 

Busque atividades que dão prazer

Assim como os exercícios físicos, fazer aquilo que mais gosta é uma válvula de escape e tanto! Então, nos momentos de ansiedade, ligue para os amigos e marque um encontro legal. Coloque sua música favorita e dance – vale até inventar coreografias. Além disso, leve o pet para passear e tire um tempo para brincar com ele. Tudo isso vai te distrair e esquecer a comida. 

Pratique o desapego

Bateu a ansiedade? Dê uma arrumada no quarto, jogando tudo o que não serve mais fora, mudando a mobília de lugar e dando uma cara nova a ele! Abra o guarda-roupas, separe aquilo que não usa mais e mande para a doação.  

Medite

A meditação ou mindfulness é a prática de atenção plena, seja em si mesmo, seja no que está fazendo. Em outras palavras, é se concentrar e sair um pouco do piloto automático. Isso vai ajudar a afastar as angústias e preocupações, tirando aquilo que você fica remoendo e fazendo com que sua cabeça fique dispersa.     

LEIA MAIS:

Descubra o que dá a ansiedade

Mais do que apenas seguir dicas de como não comer por ansiedade, é importante identificar o que causa o problema. Analise as coisas que provocam a sensação de tristeza e angústia para cortar o mal pela raiz. Afinal, nenhum sentimento deve definir aquilo que você come.  

 

Como se vê, há várias estratégias de como não comer por ansiedade. Porém, o ideal é procurar ajuda profissional para identificar a raiz do problema e cuidar da sua saúde mental. O importante é manter uma relação saudável com a comida e, mais ainda, impedir que o problema se agrave e gere transtornos mentais ainda mais sérios. 

Gostou desse artigo? Então confira muito mais no site Brazil Greece!

Luciana Gomides

Jornalista e assessora de comunicação e imprensa com experiência em Comunicação Pública, Gestão de Eventos, Marketing Digital, análise e estratégia, gerenciamento de crises, produção e redação de conteúdo. Já trabalhou em diversos projetos e segmentos na área, inclusive como gerente de Comunicação na Educação Municipal, período em que desenvolveu produtos audiovisuais para permitir o acesso a conteúdos pedagógicos durante a pandemia. Ainda, criou áreas de Ouvidoria e Eventos Virtuais. É pesquisadora de Comunicação Compartilhada/Comunitária, Marketing Público e Políticas Públicas para Comunicação. Atuou na área de turismo e hotelaria. Especialista em Marketing e Assessoria de Comunicação.