Como não comer por ansiedade? 10 Dicas para controlar suas emoções!

Estratégias para não descontar sua ansiedade na comida 

Por que comemos mais quando estamos com ansiedade? Você já se perguntou isso? A ansiedade é ligada a questões emocionais e a comida tende a funcionar como válvula de escape nos momentos de angústia. Então, nessas horas, é importante controlar a compulsão com algumas dicas de como não comer por ansiedade. 

A ansiedade provoca desregulação do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal. Traduzindo, influencia as interações entre todas essas glândulas fundamentais para o funcionamento do organismo. Então, como a alimentação libera hormônios que dão a sensação de prazer, há uma tendência em comer mais para aliviar a tristeza.

Porém, o problema é que, na maioria das vezes, não descontamos a ansiedade em um prato de salada, por exemplo. Normalmente, comemos aquilo que nos dá mais prazer, como doces, massas e outros alimentos calóricos. Aí, já viu, né? Por isso, é tão importante saber como não comer por ansiedade e, assim, evitar problemas que piorem o quadro. 

LEIA MAIS: Se Eu Parar De Comer Açúcar, O Que Acontece Com Meu Corpo? Veja 12 Fatos Incríveis!

10 Dicas de como não comer por ansiedade

Beba muita água

Além de manter seu corpo hidratado, beber muita água ajuda a não comer por ansiedade porque proporciona saciedade. Sim, às vezes, a sensação de “estômago vazio” é apenas sede. Então, vale seguir a regra dos dois litros por dia, hein? 

Evite comer a cada três horas

Há quem defenda ou critique a teoria de que o metabolismo acelera quando comemos a cada três horas. Independente da corrente, para os ansiosos, isso pode funcionar como gatilho para comer, mesmo sem fome. 

Pratique atividades físicas

Os exercícios físicos, assim como a comida, também liberam hormônios que dão sensação de prazer. A diferença é que você não ingere calorias e ainda proporciona benefícios ao organismo. Desde uma caminhada até atividades mais elaboradas, este é um aliado e tanto na substituição da comida.   

LEIA MAIS:

Priorize alimentos ricos em fibras

Além de dar uma controlada nos horários das refeições, é importante também saber o que comer. O primeiro passo é priorizar alimentos naturais e, entre eles, aqueles ricos em fibras. Verduras, frutas e hortaliças fibrosas mantêm a saciedade por mais tempo e você, consequentemente, come menos.  

Além disso, aqui vale a dica de cortar os alimentos industrializados da sua lista. Além de prejudiciais à saúde pela quantidade de gorduras e sódio, são pobres em fibras.  

Tente manter uma rotina

Por mais difícil que seja, manter sua rotina nas crises de ansiedade ajuda a não descontar na comida. Essa é uma estratégia para driblar as mudanças inesperadas e, assim, respeitar seus horários de refeição e controlar aquilo que você come. 

Refaça a dispensa

Alimentos industrializados são, claro, mais práticos e rápidos, principalmente na rotina corrida. Mas, também são verdadeiros inimigos nas crises de ansiedade. Então, evite ter doces, bolachas e refrigerantes na dispensa. Lembre-se de que a tendência é ingerir alimentos que nos dão mais prazer e que nem sempre fazem bem à saúde. 

Busque atividades que dão prazer

Assim como os exercícios físicos, fazer aquilo que mais gosta é uma válvula de escape e tanto! Então, nos momentos de ansiedade, ligue para os amigos e marque um encontro legal. Coloque sua música favorita e dance – vale até inventar coreografias. Além disso, leve o pet para passear e tire um tempo para brincar com ele. Tudo isso vai te distrair e esquecer a comida. 

Pratique o desapego

Bateu a ansiedade? Dê uma arrumada no quarto, jogando tudo o que não serve mais fora, mudando a mobília de lugar e dando uma cara nova a ele! Abra o guarda-roupas, separe aquilo que não usa mais e mande para a doação.  

Medite

A meditação ou mindfulness é a prática de atenção plena, seja em si mesmo, seja no que está fazendo. Em outras palavras, é se concentrar e sair um pouco do piloto automático. Isso vai ajudar a afastar as angústias e preocupações, tirando aquilo que você fica remoendo e fazendo com que sua cabeça fique dispersa.     

LEIA MAIS:

Descubra o que dá a ansiedade

Mais do que apenas seguir dicas de como não comer por ansiedade, é importante identificar o que causa o problema. Analise as coisas que provocam a sensação de tristeza e angústia para cortar o mal pela raiz. Afinal, nenhum sentimento deve definir aquilo que você come.  

 

Como se vê, há várias estratégias de como não comer por ansiedade. Porém, o ideal é procurar ajuda profissional para identificar a raiz do problema e cuidar da sua saúde mental. O importante é manter uma relação saudável com a comida e, mais ainda, impedir que o problema se agrave e gere transtornos mentais ainda mais sérios. 

Gostou desse artigo? Então confira muito mais no site Brazil Greece!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este website utiliza cookies para tornar sua experiência ainda melhor! Assumimos que você está de acordo, mas você pode não aceitar caso prefira. Aceitar Ler Mais